22 de fev de 2018

Jovens empresários de todo o país participam quinta e sexta-feira em São Luís de assembleia da Conaje

Jurandy Teophilo e Shirley Cunha, dirigentes da Aje-MA recepcionam jovens
empresários de todo o país na assembleia geral da Conaje em São Luís
GIRO ECONÔMICO

Começa nesta quinta-feira (22) e prossegue até amanhã (23), no Pestana Hotel, em São Luís, a 84ª Assembleia Geral Ordinária da Confederação Nacional dos Jovens Empresários (AGO/Conaje), evento que vai reunir jovens lideranças de todo o país, dos mais diversos setores da economia. São esperados aproximadamente 150 participantes, que irão deliberar sobre ações, projetos e eventos futuros da entidade. 

Como prévia da programação, na quarta-feira (21), lideranças locais estarão reunidas na Federação do Comércio (Fecomércio), no Calhau, para alinhar os assuntos a serem apresentados na assembleia. Nesta quinta, o Café Político reunirá o secretário nacional de Juventude, Francisco Assis da Costa Filho, e o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do Maranhão, Davi Telles. Na mesma data, o governador Flávio Dino receberá representantes da Conaje num jantar na Casa do Maranhão.

No dia 23, durante o Almoço Empreendedor, a pauta será a apresentação de cases de sucesso aos participantes. Após a realização da AGO, os jovens empresários farão uma visita a alguns destinos turísticos de São Luís. 

Calçados - Voltada para empresários lojistas, será aberta, domingo (21) e prossegue até terça-feira da próxima semana, dia 27, no Multicenter Sebrae, no Cohafuma, em São Luís, a Calçados Brasil, maior feira do gênero na região Nordeste. Nesta sua sexta edição, a expectativa é movimentar cerca de R$ 20 milhões em negócios, com a comercialização de calçados, bolsas, cintos e acessórios. No evento serão lançadas coleções Outono-Inverno, com a reunião de mais oitenta marcas distribuídas em trinta estandes. 

Pronatec - Foram abertas segunda-feira (19) e prosseguem até 19 de março as inscrições para o programa Pronatec Turismo Voluntário, parceria dos ministérios do Turismo e da Educação, pelo qual serão ofertadas 207.375 vagas para cursos destinados a maiores de 15 anos, residentes em qualquer unidade da Federação. Os cursos, com carga horária de 160h a 300h, são de Inglês, Espanhol, Libras, Mensageiro, Recepcionista, Reciclador, Agente de Microcrédito, Produtor de Cerveja, Auxiliar de Fiscalização Ambiental e outros. 

Jornaleiros - Das mais de 300 bancas de revistas que existiam em São Luís restaram pouco mais de cinquenta e muitas delas desapareceram com os projetos de adequações dos espaços públicos, o que prejudica sensivelmente no segmento do jornalismo impresso. 








O secretário nacional da Juventude, Francisco Assis da Costa Filho, no registro com o presidente Michel Temer, participa nesta quinta-feira (22) do café político promovido pela Associação do Jovem Empresário, na abertura da assembleia nacional da Conaje, no Pestana Hotel





Bolsa - A Assembleia Legislativa aprovou, terça-feira (20), requerimento do deputado Rafael Leitoa (PDT) para votação, em regime de urgência, do Projeto de Lei 354 do Poder Executivo, que cria a Bolsa Preceptor e a Bolsa Residente. O Bolsa Residente será de até R$ 3,3 mil, concedida a residentes médicos, e o Bolsa Preceptor será de até R$ 2 mil e deverá ser concedida, exclusivamente, aos integrantes designados para atuar como preceptor. As Bolsas não se incorporarão à remuneração ou proventos dos beneficiados. 

Crescimento - O Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, cresceu 1% ano passado e atingiu o valor de R$ 6,51 trilhões, segundo o Monitor do PIB da Fundação Getulio Vargas (FGV). Entre os segmentos dos serviços, o destaque ficou com o comércio (1,8%). Também cresceram os grupos de transportes (1,1%), imobiliários (1%) e outros serviços (0,7%). Tiveram queda os serviços de informação (-1,7%), intermediação financeira (-1,6%) e administração pública (-0,6%).

21 de fev de 2018

Em Pinheiro, número de foliões superou o da população do município, segundo o secretário estadual de Turismo

A população de Pinheiro (sede e zona rural) é de 81.924 pessoas, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE). Pelos cálculos do Ministério do Desenvolvimento Agrário, a faixa dos brasileiros que vivem no campo é de 36% da população, o que, se aplicado no município, daria 29,4 mil pessoas vivendo fora da sede, que seria ocupada por cerca de 52 mil pessoas.

Pelos cálculos do secretário estadual de Cultura e Turismo, Diego Galdino, 240 mil pessoas participaram do carnaval no município. Dividindo-se esse número por quatro dias, de sábado a terça-feira, chega-se a 60 mil, ou seja, é como se toda a população da cidade, incluindo-se crianças, idosos, inválidos, hospitalizados, evangélicos e outros que não gostam de carnaval ou estavam trabalhando, tivesse ido para as ruas e recebesse o reforço de mais 8 mil foliões de outros lugares.

Alguém consegue imaginar o impacto de 8 mil pessoas numa cidade como Pinheiro, precisando de alimentos, bebidas, água para asseio, acomodação e espaço público para dividir com os moradores da cidade?  Quem fez os cálculos dos foliões para o secretário certamente sabe.

Não se sabe qual a base o secretário para superdimensionou o carnaval por ele organizado, mas Galdino (foto) estima também que mais de 500 mil pessoas caíram na folia na capital, o que significa dizer que um público correspondente à metade da população foi atraído pela programação do Carnaval de Todos, incluindo o pré-carnaval.

Se as festas pré-carnavalescas tivessem ocorrido por todo o mês de janeiro e parte de fevereiro teriam sido cinco finais de semana, o que daria 10 datas (sábado e domingo), chegando a 14 com os dias de carnaval propriamente ditos, isto é, uma média de 35,7 mil pessoas por dia.

Mais modesto, o prefeito de São Paulo, João Dória, estima que um público correspondente a 1 milhão (incluindo-se os turistas) participou das festas de Momo na capital paulista, menos de 10% da população. Talvez por isso é que o turismo nos outros estados não deslancha e no Maranhão está bombando, como dizem as autoridades com o endosso dos empresários do setor. Avante!


Espera por emprego pode chegar a mais de 14 meses, conclui pesquisa da Confederação dos Lojistas

GIRO ECONÔMICO

Pesquisa O Desemprego e a Busca por Recolocação Profissional no Brasil, realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em todas as capitais mostra que o tempo médio de desemprego já chega a 14 meses entre os entrevistados, maior do que o observado em 2016, quando girava em torno de 12 meses. 

Segundo o estudo, 59% dos desempregados são do sexo feminino, com média de idade de 34 anos; 54% têm até o ensino médio completo, 95% pertencem às classes C/D/E e 58% têm filhos, a maioria menor de idade. Entre os que já tiveram um emprego antes, 34% atuavam no segmento de serviços, enquanto 33% no setor de comércio e 14% na indústria. A média de permanência no último emprego foi de aproximadamente dois anos e nove meses. 

No último emprego, 40% dos desempregados possuíam carteira assinada, 14% eram informais e 11% autônomos ou profissionais liberais. Já 8% dos desempregados atuais estão buscando a primeira oportunidade profissional. 

Conaje - Diretores da Associação dos Jovens Empresários do Maranhão (Aje-MA) participam nesta quarta-feira (21), na Federação do Comércio, de uma prévia para a assembleia da Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje), quinta e sexta-feira, no Pestana Hotel, evento que começa com um Café Político com participação do secretário nacional de Juventude, Francisco Assis da Costa Filho, e o secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Maranhão, Davi Telles.

Correios - A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos recebe até o dia 28 de março, propostas de renegociação de dívidas de clientes por meio do Programa de Realização de Acordos (Praect). Inspirado no Refis do Governo Federal e com base na Lei nº 9.469/97, o programa visa a oferecer condições vantajosas tanto para pessoas físicas quanto jurídicas. Entre as vantagens do acordo estão a possibilidade de refazer contratos comerciais com a estatal, reutilização serviços a crédito e reabilitação para licitações. 

Cidadania - O Instituto de Cidadania Empresarial (ICE-MA) completou nesta terça-feira (20) 17 anos. No dia 20 de fevereiro de 2001, um grupo de empreendedores maranhenses dava início a esse trabalho de sensibilização empresarial para o investimento social privado, com atuação em todo o Maranhão, especialmente em São Luís. 





O cirurgião de tórax Elias Amorim (C) com a equipe que fez as primeiras cirurgias estonose de traqueia no Hospital Universitário Presidente Dutra, procedimento que teve como orientador Artur Gomes Neto da Santa Casa de Misericórdia de Maceió (AL)


Combustível  - A Petrobras começou a divulgar, nesta segunda-feira (19), o preço médio do litro da gasolina e do óleo diesel nas refinarias e nos terminais do Brasil. Os valores não consideram tributos. Segundo justificativa da empresa, a mudança tem o objetivo de dar mais transparência à composição do preço para o consumidor final. Com o reajuste que passou a vigorar nesta terça-feira (20), o preço médio do diesel comercializado pela Petrobras passa a ser de R$ 1,7369; já o da gasolina, R$ 1,5148.

Construção  - A Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) do Senado deve analisar, nesta quarta-feira (21), projeto de lei que destina 5% das unidades construídas no âmbito do Programa Minha Casa Minha Vida aos trabalhadores da Construção Civil. A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), autora do projeto, observa que as exigências burocráticas impedem que segmentos carentes de atendimento habitacional sejam beneficiados. No caso dos operários, diz ela, a exclusão é particularmente perversa, pois eles são a mão de obra responsável pelo sucesso do programa.

20 de fev de 2018

Senai recebe inscrições para curso de pós-graduação Lato Sensu de Segurança em Redes de Computadores

GIRO ECONÔMICO

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Maranhão (Senai-MA) está com inscrições abertas para a pós-graduação Lato Sensu em Segurança em Redes de Computadores, com aulas ministradas pela Faculdade Senai Fatesg. O curso de uma parceria entre as federações das indústrias do Maranhão (Fiema) e do Goiás (Fieg). A especialização tem como público-alvo profissionais graduados ligados às áreas de Ciências da Computação, Informática, Telecomunicações, Engenharia, Administração e áreas afins. 

O principal objetivo do curso é fornecer aos participantes as mais recentes técnicas e tecnologias para qualificar profissionais das áreas que buscam ampliar e aprofundar seus conhecimentos e experiências em gestão segura da informação.

Os interessados podem se inscrever pela internet, clicando no banner disponível no site da Fiema (www.fiema.org.br) e as aulas estão previstas para iniciar no mês de março. 

Senac - Teve início nesta segunda-feira (19) e prossegue até hoje (20) a Reunião Anual de Avaliação – Análise dos Resultados 2017 e Diretrizes Estratégicas para 2018 do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), órgão vinculado ao Sistema Federação do Comércio. O evento conta com a participação de diretores, gerentes, coordenadores e assessores do órgão no estado, que vão analisar os resultados atingidos ao longo de 2017 e a concepção de proposições estratégicas para alcançar os objetivos institucionais este ano. 

Nutrição - O Serviço Social da Indústria (Sesi) iniciou nesta segunda-feira (19) e prossegue nesta terça (20), em Mirinzal com curso “Alimentação e Nutrição” numa parceria com a Companhia Energética do Maranhão (Cemar), pelo programa Energia Profissional Cemar. O objetivo é transmitir aos participantes conhecimentos sobre alimentação saudável, bem como ensiná-los a fazer pratos nutritivos, reutilizando alimentos de fácil acesso eque normalmente são desperdiçados. Estão reservadas cem vagas. 

Cheques - O número de cheques devolvidos como do total de movimentados em janeiro foi de 1,92%, uma redução em relação ao ano anterior (-0,15 p.p.). Na comparação mensal, o percentual de cheques devolvidos sobre movimentados permaneceu estável em relação a dezembro, associado ao crescimento compensatório entre os cheques movimentados (0,7%) e devolvidos (0,8%) em janeiro. 

O diretor do Serviço Nacional de Aprendizagem Industria (Senai), Marco Moura Silva, com os alunos selecionados no Maranhão para a Olimpiada do Conhecimento. Também no registro a ex-jogadora de basquete Iziane Castro, Raimundo Arruda e Nadia Escorte 



Estoques  - A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) deu início nesta segunda-feira (19) e prossegue até a primeira semana de março a fiscalização de estoques de arroz, milho e trigo em armazéns do governo federal e da iniciativa privada nos estados do Rio Grande do Norte, Bahia, Espírito Santo e do Distrito Federal filiados ao Programa de Vendas em Balcão, que oferece os produtos a preços de mercado atacadista nos estados com dificuldade de abastecimento em períodos de entressafra. 

Economia - O nível de atividade econômica no país registrou crescimento de 1,04% em 2017, em comparação com 2016, segundo o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) divulgado hoje (19) pelo Banco Central (BC). O indicador foi criado pelo BC para tentar antecipar, por aproximação, a evolução da atividade econômica. Mas o indicador oficial é o Produto Interno Bruto (PIB), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que será divulgado em março.

19 de fev de 2018

Após repercussão do blog, Márcio Jerry corrige entrevista a O Imparcial sobre limites de candidaturas pelo PCdoB

Após ampla repercussão da notícia publicada pelo blog sobre os limites impostos para candidaturas a deputado federal pelo PCdoB, que ele preside no Estado, o secretário de Comunicação e Assuntos Políticos, Márcio Jerry (foto), corrigiu pelas redes sociais a entrevista concedida ao jornal O Imparcial, na qual disse que o partido teria apenas dois candidatos à Câmara Federal e 20 à Assembleia Legislativa.  Na correção, diz que sua intenção foi dizer que o PCdoB elegerá dois federais, mas as candidaturas estão liberadas.

"Uma correção à entrevista que concedi ao jornal O Imparcial na edição deste domingo: o projeto do @PCdoBMaranhao é eleger dois federais e não de ter apenas dois candidatos a federal. Partido poderá, sim, ter mais candidatos", disse ele pelo Twitter.

Tão logo o blog reproduziu trecho da entrevista, vários filiados do partido passaram a manifestar inquietação, já que sentem-se no direito de pleitear o cargo e alguns estão há anos trabalhando para se viabilizarem, o que tornaria um esforço em vão com esse limite que o jornal divulgou, segundo nova versão do secretário, de forma equivocada.


Diretores e gerentes do Senac reúnem-se em São Luís para avaliarem ações de 2017 e traçarem metas de 2018

Teve início nesta segunda-feira (19), a reunião anual de avaliação – Análise dos Resultados 2017 e Diretrizes Estratégicas para 2018 do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), órgão vinculado ao Sistema Federação do Comércio (Fecomércio).

O evento, que será encerrado nesta terça-feira (20), conta com a participação de diretores, gerentes, coordenadores e assessores do órgão no Estado para uma análise dos resultados atingidos ao longo de 2017 e a concepção de proposições estratégicas para alcançar os objetivos institucionais este ano.

Passageiros ficam expostos à chuva em paradas de ônibus, mas Prefeitura dá prioridade é para sinalização eletrônica

No bairro da Alemanha, passageira na chuva aguardando a  sualocomoção
A Prefeitura de São Luís está colocando em funcionamento um dos mais sofisticados e caros sistemas de vigilância eletrônica no trânsito da capital a fim de flagrar motoristas em comportamentos inadequados, o que pode render pesadas multas ao infrator.

As câmaras colocadas em diversos trechos das principais avenidas da cidade podem registrar com nitidez inquestionáveis situações como, por exemplo, manuseio de celular, sustentar o volante com apenas uma mão, motorista e passageiros sem cintos de segurança etc.

A justificativa da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT) é a necessidade de tornar o sistema de trânsito mais seguro, mais humanizado, de forma a garantir àqueles que no seu dia-a-dia necessitam sair de casa, no deslocamento para o trabalho, escola, lazer ou outras necessidades, e devem retornar a seus lares seguros, isto é, a Prefeitura quer apenas proteger o cidadão, e não aumentar sua receita com pesadas multas.

Até aí tudo bem, mas não dá para compreender como uma administração municipal que está partindo para o seu sexto ano tenha disponibilidade orçamentária para um investimento tão alto e não disponha de recursos para cuidar do básico, como, por exemplo, garantir aos usuários do transporte coletivo pelo meno um teto para se proteger do Sol ou da chuva nas paradas de ônibus que a Prefeitura escolhe onde devem ficar.

Passageira se protege do Sol na sombra do prédio em frente a uma parada de
ônibus na Avenida dos Africanos, no bairro do Coroado: transporte humanizado
Em diversos pontos desta cidade, o que mais se vêem são pontos de ônibus, com a devida placa de identificação de que ali é lugar de embarque e desembarque para quem se locomove por ônibus, sem nenhuma proteção, como é o caso de uma parada de ônibus na Avenida dos Franceses, a altura do antigo terminal rodoviário, no bairro da Alemanha, onde os passageiros ficam desprotegidos, como atesta a foto principal desta postagem em que uma senhora se protege com uma sombrinha (ou guarda-chuva), o que não impede de se atingida por jatos d´água lançados pelos veículos que transitam pelas vias alagadas da cidade.

O tratamento desumano da Prefeitura mereceria um questionamento da Câmara Municipal, que é a legítima representante da população e fiscalizadora do Poder Executivo, mas seria o caso também de uma ação do Ministério Público e de outros organismos de proteção da sociedade, inclusive o Procon, que nos tempos atuais, quando quer, fiscaliza até obras em BRs, aeroportos e tudo o mais que não diz respeito ao Governo do Estado e às gestões dos aliados deste.