31 de ago de 2013

Censura: Show do Bonde das Maravilhas é proibido em São Luís por causa do apelo sexual

O juiz da 1ª Vara da Infância e Juventude de São Luis, José Américo Abreu Costa, suspendeu a realização dos shows de funk do “Bonde das Maravilhas”, neste sábado (31) e domingo (1º), em São Luís. A suspensão atendeu a pedido da 1ª Promotoria de Justiça da Infância e Juventude de São Luis.

Os shows seriam realizados na Associação Atlética do Banco do Estado do Maranhão (AABEM), na Forquilha; na Choperia Fernando, no Anjo da Guarda; no Espaço Caribe, no São Raimundo, e no Espaço do Povão, na Cidade Olímpica.

De acordo com o juiz, o Ministério Público deixou claro na Ação Civil Pública com pedido de liminar várias irregularidades na apresentação do grupo de funk, tais como ofensas a dispositivos do Estatuto da Criança e do Adolescente, a menoridade civil da maioria das integrantes do grupo, músicas que fazem apologia ao sexo e à violência, danças com forte apelo sensual, “o que vai de encontro aos princípios da proteção e prevenção da criança e do adolescente enquanto sujeito peculiar de pessoa em desenvolvimento”.

Há ainda a constatação que os organizadores do evento já respondem processo junto a 1ª Vara da Infância e Juventude de São Luis por descumprimento de normas do ECA – no que se refere à entrada e permanência de crianças e adolescentes em evento inapropriado. Em maio deste ano, os organizadores trouxeram o mesmo grupo para realizar um show em São Luis e descumpriram ordem judicial, que proibia a entrada e permanência de pessoas menores de 18 anos.

Miss Maranhão está ansiosa pela ida ao Miss Brasil, em BH, a primeira viagem fora do Maranhão

Em visita ao presidente da Assembleia Legislativa, Arnaldo Melo (PMDB), a Miss Maranhão, Ingrid Gonçalves, disse que sua ida a Belo Horizonte dia 28 de setembro para disputar o Miss Brasil será sua primeira viagem para fora do Maranhão.

“Estou muito ansiosa. Essa é a minha primeira viagem, mas sem dúvidas farei o possível para representar o Maranhão da melhor maneira possível e alavancar o meu Estado”, disse Ingrid, que viajará no próximo dia 12, onde passará por preparação para finalmente concorrer ao título.

A Miss Maranhão, que é estudante de Serviço Social,  foi eleita no dia 20 de junho, no Teatro Arthur Azevedo. Ela, que derrotou outras 28 candidatas, vai representar o estado no Miss Brasil.

Deputada quer disciplinar comércio de alimentos nos estabelecimentos de ensino do Maranhão

A deputada Francisca Primo (PT) é autora do projeto de lei que visa a disciplinar a comercialização de alimentos nas escolas de educação básica, incluindo elaboração de cardápios e ações para nutrição adequada de crianças e adolescentes. O objetivo é buscar normatizações para prevenir e controlar a obesidade infantil e das doenças crônicas decorrentes de uma má alimentação.

A deputada citou algumas vantagens de se aderir uma alimentação correta, como conscientização da população sobre a importância de uma alimentação sadia e econômica; cuidados que devemos ter para evitar os problemas da má alimentação, levar as escolas a oferecerem produtos mais saudáveis e, às crianças e aos adolescentes, a recriarem seus hábitos alimentares como também influenciarem positivamente os pais em casa.

Ela explicou que, com esse projeto, a comercialização deverá ser feita por estabelecimentos previamente licenciados pela autoridade sanitária competente estadual ou municipal, somente com a expedição do competente alvará. Além disso, não serão licenciados nem terão seus alvarás renovados os estabelecimentos situados em escolas de educação básica que venderem bebidas de baixo teor nutricional ou alimentos ricos em açúcar, gordura saturada, gordura trans ou sódio.

Ainda de acordo com o projeto, o Sistema Único de Saúde – SUS desenvolverá ações de educação nutricional, de promoção de alimentação saudável e de prevenção e controle de distúrbios nutricionais e de doenças associadas à alimentação e nutrição de crianças e adolescentes.

Hilton Gonçalo diz que fez mais como prefeito de Santa Rita do que Luís Fernando em São José de Ribamar

Na tentativa de se firmar como alternativa à sucessão de Roseana Sarney em 2014, o ex-prefeito de Santa Rita Hilton Gonçalo (foto) garante que conseguiu melhorar os índices sociais do município que governou mais do que o secretário estadual de Infraestrutura, Luís Fernando, quando prefeito de São José de Ribamar.

Segundo Gonçalo, o Índice de Desenvolvimento Humano de Santa Rita passou de 0,446 em 2000 para 0,609 em 2010 - um crescimento de 36,55% - enquanto o de São José de Ribamar  passou de 0,572  para 0,708 no mesmo período, o que representa um crescimento de 23,78%. Os dois foram eleitos prefeitos em 2004, mas a diferença é que Luís Fernando não terminou seu mandato e Gonçalo foi até o fim, ou seja, até 2012.

Os dados são do Atlas de Desenvolvimento Humano do Brasil, divulgado recentemente.

Na educação, no ano de 2010, 97,7% das crianças entre 5 e 6 anos de Santa Rita estavam matriculados em escola, no mesmo quesito a prefeitura de São José de Ribamar tinha 93,9%. Enquanto que Hilton Gonçalo conseguiu diminuir o analfabetismo da população de 18 anos ou mais, em 28,80%, Luís Fernando só alcançou a redução de 14,07% no mesmo quesito e período.

Hilton Gonçalo chega a enaltecer esses dados: “é fundamental para o nosso estado, considerado um dos mais pobres, uma educação de qualidade, temos que investir nesta área, ela é fundamental”, destacou.

Ainda na educação, o Índice de Desenvolvimento de Educação Básica (IDEB), Santa Rita foi o município que mais avançou no Maranhão, em 2009 os números da cidade era de 5 pontos (índice máximo), enquanto que o esperado pelo Ministério da Educação era de 2,8, isso quando avaliado crianças do 4º e 5º ano, ou seja, Hilton Gonçalo quase que dobrou a expectativa. Por outro lado em São José de Ribamar a marca foi de 4,6 pontos.

No quesito habitação Hilton Gonçalo volta a apresentar índices superiores ao de Luís Fernando. Em Santa Rita, quando assumiu, apenas 17,29% tinham água encanada e em 2010 esse número cresceu  77,57%. Já Luís Fernando recebeu São José de Ribamar com 43,51% das residências com água encanada e quando saiu deixou com 74,61%.

Quando ao aumento da renda per capita da população, a administração de Hilton Gonçalo volta a ser superior que a de Luís Fernando. Em Santa Rita a renda média per capita cresceu 203,01% nas últimas duas décadas e durante a administração de Gonçalo o crescimento foi de 91,53%. Já em São José de Ribamar a renda per capita média cresceu 154,86% nas últimas duas décadas e durante a administração do peemedebista cresceu 59,02%.

Comparativo entre as administrações de Hilton Gonçalo e Luís Fernando
  1. 97,7% das crianças entre 5 e 6 anos na escola em Santa Rita
  2. 93,8% das crianças entre 5 e 6 anos na escola em São José de Ribamar
  3. 28,80% a redução da taxa de analfabetismo em Santa Rita
  4. 14,07% a redução da taxa de analfabetismo em São José de Ribamar
  5. 5 pontos o Índice de Desenvolvimento de Educação Básica em Santa Rita
  6. 4,6 pontos o Índice de Desenvolvimento de Educação Básica em São José de Ribamar
  7. 77,57% das residências tem água encanada em Santa Rita
  8. 74,61% das residências tem água encanada em São José de Ribamar
  9. 91,53% foi o crescimento da renda per capita em Santa Rita com Hilton Gonçalo
  10. 59,02% foi o crescimento da renda per capita em São José de Ribamar com Luís Fernando

José Hugo Machado quer contar mais vinte anos de história

GIRO ECONÔMICO 

Na sessão de autógrafos, quinta-feira (29), do livro Uma Vida em Construção, que tem como biografado José Hugo Machado, proprietário do Hotel Luzeiros, a escritora Joyce Cavalcante disse que uma das exigências feitas ao empresário, e que ele cumpriu à risca, foi o de anotar diariamente num caderno as lembranças de sua vida, a fim de ajudá-la na redação da história. Todos os dias, portanto, Hugo registrava alguma coisa e passava para a secretária, que remetia por e-mail. Como Joyce acha que ainda será necessária uma segunda edição para se compreender a trajetória de vida deste empreendedor, já lhe entregou um novo caderno, onde fará novas anotações, pois daqui a dez anos pretende acrescentar um capítulo novo nesta obra.

Diante da revelação, o empresário, que está com 80 anos, não se conteve e cortou o discurso, pois, de acordo com ele, não serão mais dez anos a serem acrescentados na próxima edição e sim vinte, isto é, quando estiver completando um século, Hugo ainda quer está contando conquistas. 

Educação na Expoema - José Hilton Coelho de Souza, presidente da Federação da Agricultura, é quem está à frente da programação educativa da Expoema 2013. O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) vai realizar durante o evento cursos e palestras voltados para a orientação de agropecuaristas e colaboradores visando a melhorar o nível de competitividade na atividade rural, como justifica o líder classista.

Hotelaria em baixa - Paulo Coelho, presidente do Sindicato dos Hoteis, Restaurantes, Bares, Lanchonetes e Similares (Sindhorbs), diz que o setor nunca havia passado por uma crise tão acentuada quanto a que está atravessando neste momento de baixa movimentação turística, por isto advogado uma maior aproximação das autoridades de turismo do estado e do município para definirem políticas que possam atrair mais visitantes ao Maranhão.

Abertura oficial - A abertura oficial é somente neste domingo, mas os portões do Parque Independência, onde será realiza a 57ª Expoema, abriram sábado para o primeiro grande show da exposição, que tem como atração Silvano Sales, um dos maiores nomes do Arrocha. Também serão abertas as mostras paralelas BovShop, Zebu Shopping e Shopping Santa Luzia.

A deputada Francisca Primo (PT) pegou uma carona na decisão do Senado e também apresentou na Assembleia Legislativa projeto de lei para disciplinar comercialização de alimentos nas escolas de educação básica, incluindo elaboração de cardápios e ações para nutrição adequada de crianças e adolescentes

Opção pela Pequena - A Caixa Econômica vai deixar de financiar grandes empresas, segundo o ministro da Fazenda, Guido Mantega. O banco vai concentrar sua atuação no crédito às MPEs, a pessoas físicas e no financiamento habitacional. De acordo com o ministro, a manutenção dos empréstimos às grandes companhias exigiria que o Tesouro Nacional reforçasse o capital da instituição financeira. Ele ressaltou que existe uma limitação que obriga o governo a definir um foco para as atividades da Caixa.

Resíduos sólidos - O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e a Federação dos Municípios do Maranhão (Famem) iniciaram entendimentos para uma parceria sobre elaboração de Planos de Gestão de Resíduos Sólidos. Por lei federal, os municípios devem ter seus planos implantados até agosto de 2014, e os documentos precisam ser aprovados ainda em dezembro deste ano. O Senai é uma das entidades do Sistema Fiema – Federação das Indústrias do Estado do Maranhão.



30 de ago de 2013

Bira do Pindaré quer mais um feriado no estado

O deputado estadual Bira do Pindaré (PT) apresentou projeto de lei que institui o feriado estadual bancário em comemoração ao dia.

O projeto garante o não funcionamento dos estabelecimentos bancários situados no Estado do Maranhão no dia 28 de agosto. O objetivo é transformar o dia em feriado bancário no âmbito do Estado do Maranhão, a exemplo do que já ocorre em Estados como Paraíba e Piauí e em diversas cidades brasileiras.
Na visão do parlamentar, a categoria bancária é uma das categorias mais presentes no cotidiano da população. Desempenham importante função como profissionais na oferta de serviços indispensáveis para o desenvolvimento social e econômico, tendo sido reconhecida profissionalmente desde a criação do Banco do Brasil por Dom João VI.

Para o deputado Bira, que é bancário e presidiu o Sindicato dos Bancários do Maranhão, os profissionais são expostos a altos níveis de pressão, extrapolação de jornada e vítimas de doenças relacionadas ao trabalho, assaltos a banco e, no caso do setor privado, de elevada rotatividade.


29 de ago de 2013

Roseana diz que está entristecida com a morte de operários maranhenses em queda de prédio em São Paulo

Em nota divulgada nesta quinta-feira (29), a governadora Roseana Sarney lamentou a morte de seis operários maranhenses em acidente numa obra de construção civil no bairro São Mateus, em São Paulo.
Morreram neste acidente Marcelo de Sousa Rodrigues, 22 anos (Barra do Corda); Leidiano Teixeira Barbosa, 27 (Barra do Corda); Felipe Pereira dos Santos, 20 (Imperatriz); Raimundo Barboza de Souza, 38 (Imperatriz); Ocirlan Costa da Silva, 19 (Mirador); e Antônio Carlos Carneiro Muniz, 36 (Grajaú).

Eis a íntegra da nota:

Entristecida com a morte dos sete maranhenses no desabamento de obra no estado de São Paulo, a governadora Roseana Sarney se solidarizou com familiares e amigos dos operários naturais dos municípios de Imperatriz, Caxias, Grajaú e Barra do Corda.

“Uma grande tristeza se abateu sobre todo o estado, pois eram jovens e trabalhadores, que ainda teriam muito a contribuir para o Maranhão. Que Deus conforte os familiares”, declarou a governadora, complementando que a Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania (Sedihc) está auxiliando as famílias nesse momento de dor e sofrimento
.

Justiça Federal pune município por ter nome de Edison Lobão e ignora o que tem nome de José Sarney

José Sarney é nome de município na Baixada Ocidental
A decisão da Justiça Federal, que expediu liminar em favor do Ministério Público Federal para que a União suspenda repasses de verbas federais ao município de Governador Edison Lobão, caso seu nome não seja alterado dentro de 90 dias, pode afetar outros municípios também.
No bolo das homenagens com a farra de criação de 81 municípios emancipados em 1998, consta ainda outra homenagem a pessoas vivas, Presidente Sarney, na Baixada Ocidental. Trata-se de uma homenagem ao senador pelo Amapá José Sarney, que é maranhense de Pinheiro e foi presidente da República.
A decisão de punir Governador Edison Lobão é fruto de ação civil pública movida contra o Município, a União e o Estado do Maranhão, com o objetivo de alterar o nome da cidade, que desrespeita a Constituição Federal carregando nome de importante político da região, ainda vivo.
Para o MPF, o batismo de um município com o nome de um ex-governador e que atualmente ocupa o cargo de Ministro de Minas e Energia, cria uma forte pessoalização da coisa pública, causando a identificação do político de maneira intrínseca à própria população. Na mesma situação encontra-se o município de Presidente Sarney, na Baixada Ocidental, ou seja, o mesmo critério deveria ser adotado para Presidente Sarney, pois o homenageado foi deputado federal, governador e senador pelo Maranhão e, além da Presidência da República, chefiou também o Congresso Nacional, por quatro vezes.
A Justiça Federal poderia punir também quem criou a homenagem, no caso a Assembleia Legislativa, que é o único com poderes para alterar o nome, evitando que a suspensão de verbas federais prejudique quem não tem nada a ver com esta bajulação e talvez até se envergonhe dela: a população, que vai ficar desassistida de alguns programas federais.

Presidente da Associação Comercial, Luzia Rezende, recebe título de cidadã maranhense na Assembleia

Luzia e Afonso Manoel na festa de aniversário da ACM
Natural de Teresina (PI), filha de um dos mais renomados empresários do ramo de material e equipamentos para panificação, Olívio J. Fonseca, a empresária Luzia Fonseca Rezende recebe nesta quinta-feira, na Assembleia Legislativa, o diploma de Cidadã Maranhense. A distinção é de autoria do deputado Afonso Manoel Ferreira (PSD), ex-presidente da Associação Comercial do Maranhão, entidade hoje presidida pela homenageada.
Graduada em Ciências Contábeis pela Universidade de Fortaleza (Unifor), Luzia Rezende, que dirige as empresas da família em São Luís, destacou-se na política empresarial maranhense após ingressar na Comissão da Mulher Empresária, na ACM. Na entidade ela foi também vice-presidente por dois mandatos consecutivos e foi eleita ano passado a primeira mulher a dirigir a Associação Comercial.
Para o autor da proposta, Afonso Manoel, trata-se de um justo reconhecimento da classe política maranhense a uma mulher que vem contribuindo decisivamente a favor do desenvolvimento sócio-econômico do estado.
A empresária diz que o reconhecimento da Assembleia Legislativa ratifica o seu sentimento de maranhensidade, pois, mesmo não esquecendo as origens, está muito identificada com o Maranhão e sente filha do estado.

Petrobras recebe estudos sobre impactos ambientais do porto e do gasoduto da Refinaria de Bacabeira

GIRO ECONÔMICO

Para os que andam meio apreensivos com o ritmo lento das obras de construção da Refinaria Premium I, no município de Bacabeira, um alento: a Fundação Sousândre, órgão vinculado à Universidade Federal do Maranhão (UFMa), já entregou à Petrobras os estudos coordenados pelo professor Antônio Carlos de Castro sobre os impactos ambientais com as construções de um terminal portuário no Itaqui e a tubulação que vai transportar óleo bruto para refino. Com base nesses estudos, serão realizadas, provavelmente no mês de outubro, novas audiências públicas, nas cidades de Bacabeira e de São Luís, para que sejam solicitadas as licenças ambientais que garantirão o início das obras.
Os serviços da Petrobras em Bacabeira estão paralisados desde o ano passado, após a conclusão da parte de terraplenagem, o que gerou um certo incômodo por parte de investidores que apostam no projeto e da população em geral, com medo de o projeto não ter continuidade, o que de certa forma começa a ser desfeito.

Coca-Cola - Neste sábado (31), a Solar Refrescos, fabricante e distribuidora dos produtos Coca-Cola no Nordeste e parte da região Norte, realiza em sua sede, no Outeiro da Cruz, o Congresso Técnico da Copa Coca-Cola 2013, que tem por objetivo promover o encontro dos representantes das equipes e da imprensa com os organizadores da competição que terá inicio dia 14 de setembro. Na ocasião serão sorteados os times para compor as chaves do torneio.

Biografia de José Hugo - Depois de “Paixão por Lisboa”, livro em que narra sua trajetória como empresário do ramo imobiliário na capital portuguesa, José Hugo Machado brinda seus admiradores com uma nova obra, “Uma Vida em Construção”, de autoria da escritora Joyce Cavalcante, que conta sua história por completo, desde a infância no Ceará. A sessão de autógrafo será hoje às 19h30, no Hotel Luzeiros, um dos seus empreendimentos em São Luís.

O empresário Ilson Mateus, ao centro com Antônio Freitas (Sindicato dos Atacadistas), que nesta quinta-feira (29) inaugura novo supermercado em Santa Inês, em recente evento com José Ribamar Ewerton (Frimesa) e o presidente do Sindicato de Supermercados, Manoel Barbosa (D)

Edital do Senac - Foi lançado segunda-feira (26), pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Edital do Processo Seletivo para contratação de servidores pela instituição. As vagas são para Assessor Técnico I (Supervisor Pedagógico), que traz como requisitos ter nível superior em Pedagogia, experiência mínima de seis meses em supervisão e coordenação pedagógica e conhecimentos em Informática Básica.

Comemoração de aniversário - Após receber o título de Cidadã Maranhense, hoje na Assembleia Legislativa, Luzia Fonseca Rezende vai recepcionar um pequeno grupo de convidados especiais num almoço no Bianca Recepções, no Olho d´Água, onde será comemorada também a mudança de idade de sua mãe, Maria do Socorro Fonseca, que veio de Teresina especialmente para esta data.

Paralisação de ônibus - As empresas de transporte coletivo podem suspender suas atividades amanhã por conta de uma greve que está sendo anunciada pelo Sindicato de Motoristas, Fiscais e Cobradores, que pedem mais segurança para desempenharem suas atividades. De acordo com a entidade, somente este ano já foram registrados mais de 400 assaltos a ônibus, pondo em risco a integridade física desses profissionais.

28 de ago de 2013

Metade dos alunos matriculados no IFMA é de cotistas, segundo Ministério da Educação

Metade dos alunos do Instituto Federal de Ensino Tecnológico do Maranhão (IFMA) é de cotistas. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira pelo Ministério da Educação (MEC), que contabiliza dos 1.490 matriculados na instituição, 745 como beneficiados pelo sistema de cotas.

De acordo com o MEC, do total de universidades federais do país, 34% já atendem a meta de reserva de vagas mínima de 50% para alunos oriundos de escolas públicas, prevista para 2016. No caso dos institutos federais, 83% já atingiram a meta dos próximos anos. De acordo com a Lei nº 12.711/2012, a meta no primeiro ano (2013) era de 12,5% das vagas reservadas para cotistas no ensino superior.

Os dados foram apresentados na tarde desta quarta-feira, 28, pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante (foto), em evento de celebração de um ano da política de cotas nas universidades e institutos federais.

Entre as dez universidades federais com maior oferta de vagas para cotistas estão a Universidade Federal do Pará (UFPA), que reserva 4.284 das 8.569 vagas ofertadas. As universidades Federais de Mato Grosso (UFMT) e de Sergipe (UFSE) também integram a lista.

Torcidas Gaviões da Fiel e Independente, do São Paulo, são banidas do Estádio Mané Garrincha, de Brasília

O governo do Distrito Federal (GDF) proibiu as torcidas organizadas Gaviões da Fiel, do Corinthians, e Independente, do São Paulo, de entrarem no Estádio Nacional Mané Garrincha ou em qualquer centro esportivo do DF nos próximos dois anos. A medida foi anunciada nesta quarta-feira (28) pelo secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, Sandro Torres Avelar, e o secretário extraordinário da Copa 2014, Claudio Monteiro.
Há duas semanas, no jogo entre Flamengo e São Paulo, integrantes da torcida organizada do São Paulo foram acusados de participar da agressão que deixou um torcedor do Flamengo gravemente ferido na área externa do estádio. No último domingo (25), corintianos e vascaínos se enfrentaram dentro da arena.
"Precisamos tomar uma medida decisiva, que seja uma resposta efetiva de que nós não vamos admitir esse tipo de comportamento aqui no Distrito Federal", disse o secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar.
A partir de agora será exigida para todas as organizadas, tanto locais como de fora, a apresentação do cadastro atualizado dos associados como condição para participar de eventos. Para facilitar a identificação dos torcedores, o cadastro deve ter nome completo, fotografia, filiação, RG, CPF, estado civil, profissão, endereço e escolaridade. A relação deve ser encaminhada, com cinco dias de antecedência.
"Esta iniciativa é a prova cabal de que esses vândalos não podem superar o poder do Estado. A maior finalidade é dar segurança e poder trazer as famílias de volta ao estádio", ressaltou o secretário extraordinário da Copa 2014, Claudio Monteiro.

Edison Lobão convoca comitê para tratar de blecaute no Nordeste e nega fragilidade do sistema

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, convocou para esta quinta-feira (29) uma reunião extraordinária do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) para analisar o blecaute que atingiu a Região Nordeste na tarde desta quarta-feira (28).

O ministro esteve na sede do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), no centro do Rio de Janeiro, para tratar do tema. Segundo Lobão, a queda de energia não significa fragilidade no sistema do país, episódio que ocorreria em qualquer país do mundo.

“O impacto foi forte. Tomamos todas as providências no sentido de restabelecermos prontamente, na medida do possível, e depois cuidamos de investigar as causas. A população já está atendida com o restabelecimento e as capitais foram atendidas em no máximo duas horas. O governo está tomando todas as providências necessárias. Fragilidade não existe. O sistema é bom, é forte, é igual aos melhores sistemas do mundo. Esses episódios acontecem aqui, aconteceram recentemente nos Estados Unidos, por queimadas também, e em todas partes do mundo”, disse.

Lobão e o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) informaram que a interrupção no fornecimento de energia na Região Nordeste foi causada por uma queimada em uma fazenda no município de Canto do Buriti, no Piauí, que resultou no desligamento de linhas de transmissão na região.

Evo Morales dá as ordens: Brasil deve mandar senador Pinto Molina de volta à Bolívia

O presidente boliviano, Evo Morales, disse nesta quarta-feira (28), em entrevista coletiva no palácio do governo, que o Brasil precisa explicar a fuga do senador Roger Pinto Molina, que estava asilado, por vontade própria, na embaixada brasileira em La Paz, e deveria mandá-lo de volta a seu país para responder na Justiça a várias acusações de corrupção.

Na entrevista, Morales ratificou a decisão de lutar contra a corrupção pública e ressaltou que, conforme acordos internacionais, "devolver" o senador à Bolívia "seria a melhor forma de contribuir com esta luta.

Morales disse que espera uma resposta oficial do governo brasileiro à nota oficial enviada pela chancelaria boliviana. Ele também denunciou a ação de grupos conservadores do Brasil, que, segundo ele, querem o enfrentamento entre os governos boliviano e brasileiro. “Querem criar desconfiança”, disse.

De acordo com o presidente, a vida do senador nunca esteve em perigo na Bolívia. Se quisesse, Pinto Molina poderia, inclusive, se deslocar por qualquer região boliviana, embora estivesse proibido de viajar ao exterior, ressaltou Morales.

O senador deixou a embaixada brasileira, onde passou cerca de um ano e meio, na última sexta-feira (23), com o apoio do encarregado de Negócios (equivalente a embaixador provisório) do Brasil na Bolívia, Eduardo Saboia, que assumiu a responsabilidade pela operação.

Caroline Regadas e Wladimir Teobaldo recebem título de cidadania honorária na Câmara de São Luís

A Câmara Municipal de São Luis concedeu, na manhã desta quarta-feira (28), títulos de cidadania honorária aos empresários Caroline Regadas Lobato e Wladimir Teobaldo Albuquerque. As homenagens foram sugeridas pelo vereador Ivaldo Rodrigues (PDT)
Nascida em Fortaleza, Caroline Regadas é filha do empresário Marcos Regadas, proprietário da construtora Franere e se destaca em São Luis por conta das ações filantrópicas. Num emocionado discurso, ela destacou que chegou em São Luis ais 15 anos e que teve que ajudar o pai na formação dos três irmãos mais jovens, por conta da morte da mãe, Herbenes, vitimada por um câncer cerebral.
Wladimir Teobaldo Albuquerque, empresário da construção civil fez um discurso rápido e emocionado, lembrando que chegou em São Luis no dia 27 de dezembro de 1987, para trabalhar na extinta Telma, empresa de telefonia que deu origem à Telemar, como analista de sistema.
Natural de Campina Grande, na Paraíba, ele trabalhou ainda na Mardisa, concessionária de caminhões, HCG e Grupo J. Macedo, antes de começar empreendimento próprio, como vendedor de cimento no Cohatrac.

Rendimento da caderneta poupança deve mudar a partir desta quinta-feira, se taxa Selic subir

A poupança pode voltar a ter a remuneração antiga a partir de amanhã (29). Isso vai acontecer se a taxa básica de juros, a Selic, for elevada como esperam analistas do mercado financeiro. Atualmente, a Selic está em 8,5% ao ano e aexpectativa das instituições consultadas pelo Banco Central (BC) é elevação de 0,5 ponto percentual. O Comitê de Política Monetária (Copom) do BC vai anunciar hoje (28) à noite a decisão sobre o valor da Selic.

No ano passado, o governo mudou a regra de remuneração da poupança. Manteve o rendimento de 0,5% ao mês (6,17% ao ano) mais Taxa Referencial (TR) com taxa básica de juros (Selic) acima de 8,5%, e determinou que, quando os juros básicos da economia estiverem iguais ou inferiores a 8,5% ao ano, a caderneta rende 70% da Selic mais a TR.

Para o diretor executivo de Estudos e Pesquisas Econômicas da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), Miguel José Ribeiro de Oliveira, mesmo com a elevação da taxa básica de juros para 9% ao ano, os rendimentos da poupança vão continuar “interessantes” quando comparados com os fundos de renda fixa.

Segundo ele, isso ocorre porque a caderneta de poupança tem ganho garantido por lei (TR + 6,17% ao ano) e não tem qualquer tributação. Os fundos de renda fixa têm tributação do Imposto de Renda sobre seus rendimentos. Quanto menor o prazo de resgate, maior a tributação. Além disso, no caso dos fundos, os bancos cobram taxas de administração.

Quem está mandando no sistema penitenciário do Maranhão são os presos, diz agente carcerário em audiência na Assembleia Legislativa

Ao participar terça-feira (27) de audiência pública sobre o Sistema Carcerário, na Assembleia Legislativa do Estado, o vice-presidente do Sindicato dos Servidores do Sistema Penitenciário do Estado do Maranhão (Sindspem), César Bombeiro, deixou claro que a situação caótica do Sistema Penitenciário do Maranhão é de responsabilidade do Governo do Estado. "Hoje quem manda no sistema penitenciário são os presos”, destacou Cesar Bombeiro.

Ele afirmou que o quadro de agentes sofre diuturnamente e é injustamente responsabilizado pela terrível situação do sistema penitenciário. “Os agentes penitenciários são monitorados e os bandidos fazem o que querem. Agentes são explorados com serviço dobrado e os terceirizados contratados e despreparados recebem R$ 700". 

Cesar relatou também o caso de mulheres que se prostituem dentro de Pedrinhas. “Todo dia no Maranhão acontecem fugas e homicídios dentro do sistema penitenciário. Para que serve o videomonitoramento e a segurança externa do presídio?”, questionou.

O bipo Dom Xavier, que preside a Associação de Proteção e Assistência Carcerária (Apac), ressaltou a importância da entidade no processo de ressocialização dos presos de São Luís e no auxilio a sociedade. O defensor público Bruno de Almeida destacou a carência na estrutura física, material e recursos humanos do sistema penitenciário do MA. 

Bruno afirmou que presos são transferidos do interior para São Luís e ficam sem guia executória, portanto, abandonados e esquecidos. “Os presos também estão misturados em celas e a necessidade de investimentos em alternativas para penas privativas de liberdade não existem”, esclareceu.

Por sua vez o juiz Roberto de Paula, da Vara de Execução Penal, protestou contra os Poderes instituídos do Maranhão, que não cumprem seu papel junto ao sistema penitenciário. Para ele, o Complexo Penitenciário de Pedrinhas está completamente falido e deveria ser implodido.

Roberto defendeu a municipalização do sistema penitenciário e a construção de presídios de alvenaria com capacidade para 150 pessoas e trabalho para os detentos. “Nós temos celas que cabem 2 presos com 10 pessoas. Não se resolve o problema do sistema penitenciário com construção de presídios como fortalezas gigantes para 3000 ou 4000 pessoas. Se resolve com presídios pequenos em comarcas ou cidades e seleção entre presos”, esclareceu.



Os representantes da ouvidoria e da Sejap disseram que também sofrem com a situação do sistema penitenciário e as denúncias de fugas, homicídios e tentativas de homicídios são frequentes.

Ministério Público abre investigação para apurar condições de trabalho dos médicos cubanos no Brasil

O Ministério Público Federal (MPF) no Distrito Federal abriu nesta terça-feira (27) uma investigação para apurar as condições de trabalho oferecidas aos médicos cubanos que vão trabalhar no Brasil. Eles vão atuar em locais que não atraíram nenhum profissional do Programa Mais Médicos do governo federal.

Segundo o MP, o objetivo do inquérito civil é analisar se as normas internas e internacionais de proteção aos direitos humanos estão sendo cumpridas. Para embasar a investigação, o MPF pediu aos ministérios da Saúde e da Educação e à Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) informações sobre o programa. O prazo para o envio é 15 dias, após a notificação.

De acordo com o Ministério da Saúde, 4 mil médicos cubanos devem chegar ao país. Na primeira etapa do acordo, que começou na segunda-feira (26), 400 profissionais desembarcaram no Brasil e mais 2 mil são aguardados no dia 4 de outubro. Os profissionais não vão precisar fazer o exame para revalidar o diploma de medicina.

O governo federal vai pagar uma bolsa de R$ 10 mil aos profissionais cubanos. O valor será repassado ao governo de Cuba, com a intermediação da Opas para posterior pagamento aos médicos.

Incompetência política retardou reconhecimento do Maranhão como Zona Livre da Aftosa

GIRO ECONÔMICO

A incompetência política das lideranças maranhense foi o principal motivo para o retardo do reconhecimento do Maranhão como Zona Livre da Febre Aftosa. A opinião é do presidente da União Nacional dos Fiscais Agropecuários (Unafa) e do Sindicato dos Servidores dos Servidores da Fiscalização Agropecuária do Estado do Maranhão (Sinfa), Francisco Saraiva Júnior. Ele recorda que em 2004, ainda no governo José Reinaldo, foi feito o primeiro concurso para formação do quadro de fiscais agropecuários, sendo que dois anos antes foram iniciadas as campanhas sistemáticas de vacinação que resultaram na erradicação da doença dos pastos. De lá para cá, nenhum caso foi registrado e o Maranhão, que era Zona de Risco Desconhecido, pulou para Médio Risco, e somente agora vai ser reconhecido Zona Livre, juntamente com estados que conseguiram avançar em seus status mais rápida e surpreendentemente.

Caso os políticos maranhenses tivessem pressionado mais, a Zona Livre já estava decretada há anos, mas o reconhecimento somente agora vai sair, dia 02 de setembro, se não houver novo adiamento por parte do Ministério da Agricultura.

Ainda Aftosa - E por falar em Aftosa, nenhum político maranhense se pronunciou até o momento sobre a Zona Livre do estado, mas o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) fez a diferença ao discursar segunda-feira para proclamar o reconhecimento da elevação do status sanitário em sete estados nordestinos, com ênfase, claro, para a nova realidade da pecuária de Alagoas, que ele representa. Segundo Renan, a partir da próxima semana, a bovinocultura nordestina, que é uma das melhores do Brasil, será mais valorizada.

Planos de Saúde - Está marcada para esta quarta-feira à tarde, na Assembleia Legislativa, audiência pública para debater a situação dos usuários de plano de saúde que estão sem assistências das operadoras das quais são clientes. O evento será realizado com a participação de membros de três comissões: Direitos Humanos, Saúde e Assuntos Econômicos.

Comemoração de aniversário - Quem desembarca hoje em São Luís, vindo de Teresina (PI), para comemorar, amanhã (29), nova idade entre os maranhenses é Maria do Socorro Fonseca, casada com Olívio J. Fonseca, que emprestou seu nome para as empresas da família. Além do aniversário, motiva a festa na capital maranhense a distinção pela Assembleia Legislativa da filha Luzia Fonseca Rezende, presidente da Associação Comercial, como cidadã honorária do Maranhão.

Troca de cumprimentos entre a governadora Roseana Sarney e o presidente do Banco do Nordeste, Ary Joel de Abreu Lanzarin, após assinatura de convênios para novas ações do banco em favor do desenvolvimento maranhense

Palestra de Trinchão - O secretário estadual da Fazenda, Cláudio Trinchão, participou nesta terça-feira à noite, na capital paulista, do segundo debate sobre a questão tributária brasileira e a viabilidade de reformas nessa área, num evento promovido pelo jornal Folha de São Paulo. Participaram do debate Andrea Calabi, secretário da Fazenda de São Paulo, e Everardo Maciel, consultor e ex-secretário da Receita Federal.

Touro Bakcup - Os pecuaristas maranhenses que apostaram no enriquecimento genético de seus rebanhos como aquisição de sêmen do touro Backup, que seria filho do Fajardo da GB, mas agora os exames atestam como seu pai outro touro, o Gabinete da IT, ainda aguardam um pronunciamento oficial da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) para medirem a extensão dos estragos ou dos ganhos com esta troca de paternidade, que tem tudo a ver com bicho de chifre.

27 de ago de 2013

Justiça manda tirar nome de Edison Lobão de município e ameaça cortar verbas se decisão for descumprida

A Justiça Federal expediu liminar em favor do Ministério Público Federal para que  a União suspenda repasses de verbas federais ao município de Governador Edison Lobão, caso o nome do município não seja alterado dentro de 90 dias. A decisão é fruto de ação civil pública movida contra o Município, a União e o Estado do Maranhão, com o objetivo de alterar o nome da cidade, que desrespeita a Constituição Federal carregando nome de importante político da região, ainda vivo.

Para o MPF, o batismo de um município com o nome de um ex-governador do Estado do Maranhão, e que atualmente ocupa o cargo de Ministro de Minas e Energia, cria uma forte pessoalização da coisa pública, causando a identificação do político de maneira intrínseca à própria população. Na mesma situação encontra-se o município de Presidente Sarney, na Baixada Ocidental.

A Justiça considerou que a “rotulação de nome de pessoa física a um município é a forma mais evidente para promover pessoalmente um político, tornando possível conduzir os cidadãos ao erro - que podem vincular os recursos oriundos de convênios ao político e sua família”. Na decisão, a Justiça determina que a União suspenda, dentro de 90 dias, a realização de qualquer transferência voluntária de recursos federais – com exceção das transferências que são destinadas a ações na saúde, educação e assistência social -, caso o nome do município não seja alterado.

Conforme a Lei que dispõe sobre a denominação de logradouros, obras serviços e monumentos públicos (nº 6.454, de 24 de outubro de 1977), é proibido, em todo o território nacional, atribuir nome de pessoa viva a bem público, de qualquer natureza, pertencente à União ou às pessoas jurídicas da administração indireta.
As proibições desta Lei são aplicáveis às entidades que, a qualquer título, recebam auxílio dos cofres públicos federais e, em caso de infração, acarreta na suspensão do recurso. Porém, segundo apontado pela Controladoria Geral da União (CGU), o município tem recebido, de forma regular, repasses de verbas voluntárias da União, e não existe, até o momento, nenhum procedimento visando o bloqueio dos repasses.

Município de Governador Edison Lobão – o município foi instituído pela Lei Estadual do Maranhão nº 6.194, de 10 de novembro de 1994, sancionada pelo vice-governador do Maranhão, José Ribamar Fiquene, no período em que Edison Lobão renunciou ao cargo de governador do estado para concorrer ao Senado Federal.

Festival de música barroca será lançado na próxima terça-feira na cidade histórica de Alcântara

Com um concerto para convidados especiais, será lançado na próxima terça-feira (03), o III Festival de Música Barroca de Alcântara, promovido pela Aliança Francesa, Equinox do Brasil, Governo do Estado e o Institut Français. O Festival acontecerá este ano entre os dias 12 e 22 de dezembro nas cidades de Rosário, Bacabeira,Alcântara e São Luís.
Nesta Avant Première, músico francês François Lazarevitch, fundador do grupo Les Musiciensde Saint Julien, apresentará um programa inédito para gaita de fole, intitulado 100 Anos da Gaita de Fole na França.
Esta ano o Festival destacará a “Música holandesa nos trópicos” e acolherá oito grupos musicais que darão 14 concertos e várias atividades pedagógicas.

PROGRAMAÇÃO:
Data: terça-feira, 03 de setembro de 2013.
Hora: 19:00 hrs
Local: Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos - Rua do Egito, Centro, São Luís.
Entrada franca

Sem pressão por aumento de salários, custo da construção civil cai em agosto, segundo FGV

O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M) teve decréscimo de 0,31% em agosto, com alta de 0,73% em julho. No acumulado do ano, houve elevação de 6,71% e nos últimos 12 meses, de 7,74%. O índice é um dos três componentes do Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M), medido pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV) e que serve de base de cálculo em renovações de contratos de aluguel.

O resultado de agosto foi influenciado pela mão de obra que ficou praticamente estável, com variação de 0,03% ante alta de 1,05%. Nos últimos 12 meses, a contratação de profissionais para obras na construção civil foi 9,81% maior, enquanto que em materiais, equipamentos e serviços, o custo aumentou 5,56%, com destaque para as peças de instalações hidráulicas (9,56%). No conjunto, esse quesito teve elevação de 0,63% em agosto, ante 0,37%, em julho.

De acordo com avaliação técnica da FGV, a estabilidade da mão de obra é consequência do fim do período de reajustes salariais na maioria das sete capitais onde é feita apuração. No período ocorreram pequenos ajustes referentes aos dissídios em Salvador, Porto Alegre e São Paulo.

A maior taxa do INCC-M foi constatada em Porto Alegre, mas com expressivo decréscimo de 0,68% ante 3,67%. Em Salvador, o índice aumentou de 0,19% para 0,30%; em Belo Horizonte de -0,01% para 0,27%; no Rio Janeiro, de 0,10% para 0,34%; em São Paulo, de 0,16% para 0,27%: em Brasília, de 2,01% para 0,14% e no Recife, de 0,31% para 0,27%.

Patrícia Castilho, ex-prefeita de Montes Altos é denunciada por improbidade administrativa

O Ministério Público ingressou, nesta terça-feira, 27, com Ação Civil Pública por improbidade administrativa contra a ex-prefeita de Montes Altos Patrícia Maciel Ferraz Castilho por conta das irregularidades na prestação de contas do município identificadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), referentes ao exercício financeiro de 2005.

O promotor de justiça Ossian Bezerra Pinho Filho destaca, dentre atos de improbidade administrativa, a não aplicação do percentual mínimo exigido na Constituição Federal para a manutenção e desenvolvimento da educação; a falta de processo licitatório para aquisição de bens e serviços no valor de R$ 1.279, 697 milhão; o fracionamento de despesas no montante de R$ 264.527,12 mil; a falta de repasse de recursos para o Poder Legislativo municipal; além de falhas na execução das despesas, como pagamentos em duplicidade e valor da nota de empenho superior ao montante licitado.

De acordo com o Ministério Público, a ex-prefeita Patrícia Castilho fraudou o caráter competitivo da licitação porque vários procedimentos não foram publicados, impossibilitando a participação universal de todos os possíveis concorrentes. Já o fracionamento de despesas foi utilizado com o fim de burlar o processo licitatório, desrespeitando dispositivos da Lei n° 8.666/93, a Lei de Licitações.

Em caso de condenação, a legislação prevê o ressarcimento integral do dano ao erário municipal, perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio da ex-gestora, perda da função pública que eventualmente esteja exercendo ou venha a exercer, suspensão dos direitos políticos pelo prazo de cinco a oito anos, pagamento de multa civil de até duas vezes o valor do dano ou de até 100 vezes a remuneração recebida, proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócia majoritária, pelo prazo de cinco anos.

Servidores têm 45 dias para responder Censo do Judiciário

Os 272 mil servidores de todos os órgãos do Judiciário terão 45 dias para responder as questões do 1º Censo Nacional do Poder Judiciário. A pesquisa foi lançada nesta segunda-feira para definir o perfil dos magistrados e de servidores. Está é a primeira vez que o censo é feito no Judiciário.

O questionário que está disponível no site do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Os servidores deverão fornecer dados pessoais e funcionais. De acordo com o conselho, as informações serão mantidas em sigilo, e os participantes não poderão ser identificados. O tempo estimado para responder às 26 perguntas é cinco minutos.

Estão aptos a responder as questões os servidores dos tribunais superiores e da Justiça Estadual, Federal, Trabalhista, Eleitoral e Militar. Segundo o CNJ, não podem participar da pesquisa servidores cedidos a órgãos de outros poderes, estagiários e funcionários terceirizados. O levantamento também não envolve magistrados, que serão indagadoss em uma segunda etapa do censo.

De acordo com o conselheiro Emmanoel Campelo, do CNJ, o censo é um retrato inédito do Judiciário e vai permitir que o conselho possa melhorar os serviços prestados à população. Para a conselheira Maria Christina Peduzzi, “a excelência na prestação jurisdicional depende da excelência dos servidores e dos magistrados”.

Afinal de contas, quem é o pai de Backup?

GIRO ECONÔMICO

A notícia caiu como uma bomba entre os selecionadores de Nelore de todo o país, inclusive do Maranhão, onde vários de seus descendentes estão espalhados por fazendas locais. Um exame da Universidade Estadual de São Paulo comprovou que o touro Backup da raça Nelore, avaliado em R$ 20 milhões, não é filho de outro afamado boi, o Fajardo da GB, mas de um que tem currículo menos nobre, Gabinete do IZ. Isto significa dizer que alguém andou pagando mais pelo que comprou e vai ter de cobrar menos pelo que vai vender. Pelo que disseram sobre Backup, ele já forneceu mais de 600 mil doses de sêmen, que geraram mais de 480 mil bezerros, provocando uma movimentação superior a R$ 300 bilhões em fazendas do Brasil, Bolívia e Paraguai. Cada dose do seu sêmen custa entre R$ 61,00 e R$ 89,00, e agora não se sabe como vão ficar os negócios que o envolvem. Pior ainda: como fica a credibilidade sobre certificação de animais.
Diretor da Associação dos Criadores do Maranhão e dono da Fazenda Santa Luzia, Ruy Dias de Souza diz que vários fazendeiros maranhenses têm descendentes de Backup em seus pastos, e todos esperam por uma comprovação genética sobre o animal.

Investimento em Agronegócio - O vice-presidente da Caixa Econômica Federal, Fábio Lenza, chega a São Luís amanhã para anunciar os investimentos deste banco oficial em agronegócio. Ele concede entrevista coletiva às 11h, na sede da superintendência regional (Praça João Lisboa), onde vai detalhar quanto a CEF destinará para este setor. O Maranhão, pela sua tradição em agricultura e pecuária, está entre os estados prioritários para esta diversificação nos negócios da Caixa

Competição equestre - Pelo menos duas competições de tambor e baliza estão marcadas para São Luís no mês de setembro. De 04 a 07, na Chácara Valente, no município de Paço do Lumiar, será realizada a 3ª Copa São Luís de Tambor e Baliza, enquanto no Quartel da Polícia Militar, de 13 a 15, a III Etapa do VI Circuito ATBM (campeonato maranhense), com participação de competidores dos estados do Maranhão e Ceará.

Expectativa na Abav - Maria Antonieta Uchoa, presidente da seccional maranhense da Associação Brasileira das Agências de Viagens (Abav-MA), está otimista quanto à participação de empresários locais na Feira das Américas (Abav 2013), que será realizada de 04 a 08 de setembro, em São Paulo. Segundo ela, será a maior delegação de empresários locais para este que é o maior evento de turismo da América Latina.
João Sampaio Magalhães, presidente da Associação Maranhense de Supermercados (Amasp), reúne hoje às 19h sua diretoria com a Vigilância Sanitária para um debate sobre as práticas adotadas pelas empresas supermercadistas locais quanto à qualidade dos alimentos disponibilizados em suas prateleiras









Treinamento na Infraero - A Infraero vai capacitar gestores de aeroportos de 119 cidades brasileiras para aperfeiçoar e desenvolver a aviação regional no Brasil. As atividades fazem parte de um contrato assinado quinta-feira (22) entre a empresa e a Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República (SAC) e vai envolver cursos nas áreas de operações aeroportuárias e de combate a incêndio. A primeira turma iniciará as atividades em setembro.

Debate sobre Combustíveis - O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, foi quem primeiro se pronunciou sobre o polêmico reajuste nos preços dos combustíveis exigidos pela Petrobras, mas na hora de tratar o assunto concretamente a presidente Dilma Rousseff o deixou de fora e convidou apenas Maria das Graças Foster (presidente da Petrobras), Gleisi Hoffmann (Casa Civil) e Fernando Pimentel (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), que definiram aumento somente quando o dólar baixar.

Secretário Cláudio Trinchão participa de debate sobre tributos no jornal Folha de São Paulo

O secretário de Estado da Fazenda, Cláudio Trinchão, participa, nesta terça (27), às 20h, do segundo debate sobre a questão tributária brasileira e a viabilidade de reformas nessa área, promovido pelo jornal Folha de São Paulo.

Debaterão a reforma tributária, nesse segundo encontro Cláudio Trinchão, coordenador do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) e secretário da Fazenda do Maranhão; Andrea Calabi, secretário da Fazenda do Estado de São Paulo; e Everardo Maciel, consultor e ex-secretário da Receita Federal.

A questão das disparidades regionais na Federação brasileira, o problema dos incentivos e a guerra fiscal, com uso do ICMS como instrumento de política econômica, deve ser o fio condutor do debate.

O secretário Cláudio Trinchão, que representa o posicionamento dos Estados do Norte e Nordeste, vai enfatizar questões como a necessidade do texto da Reforma Tributária definir recursos adicionais para o Fundo de Desenvolvimento Regional, a ser criado para financiar as unidades menos desenvolvidas e compensar a perda de autonomia para conceder benefícios e atrair empresas para seus territórios.

A guerra fiscal permitiu um avanço na industrialização de muitas regiões, e insatisfação de estados produtores, como São Paulo e outros, que viveram uma fuga de indústrias para outras regiões. A reforma fiscal proposta pelo Governo pretende acabar com isso. O argumento é que o modelo se esgotou e começou a dar prejuízos para o país.

O repórter especial da Folha Gustavo Patu será o mediador do encontro. O debate acontece no auditório do jornal, que está localizado na Alameda Barão de Limeira, 425, nono andar, na região central de São Paulo.


26 de ago de 2013

Justiça proíbe secretário de Segurança Pública, Aluisio Mendes, de excluir gratificações de policiais

As Câmaras Cíveis Reunidas do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) determinaram ao secretário de Estado de Segurança Pública, Aluísio Mendes, que se abstenha de excluir gratificações e vantagens da remuneração dos servidores integrantes do Grupo Operacional de Atividade da Polícia Civil do Maranhão, que se encontrem com processo de aposentadoria em tramitação.

 A decisão unânime também inclui o restabelecimento imediato do pagamento aos que já foram atingidos pela medida, em respeito ao artigo 22, parágrafo 6º da Constituição Estadual, que garante o afastamento de servidores com pedido de aposentadoria após 60 dias da data do protocolo, independente de formalidade e sem prejuízo da remuneração.

O órgão colegiado do TJMA concordou com o pedido feito em mandado de segurança pelo Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol/MA), Associação dos Servidores (ASPCEMA) e Associação dos Delegados (Adepol/MA) contra ato do secretário.

As instituições representantes das categorias alegaram que os servidores nessa condição tiveram seus vencimentos reduzidos em razão da retirada de vantagens que compõem a remuneração. Relataram ter tentado solucionar a controvérsia administrativamente junto à autoridade, sem qualquer êxito, e procuraram a via judicial.

O Estado do Maranhão contestou os argumentos, suscitando preliminar de decadência. Afirmou que o ato foi conhecido pelos impetrantes em meados de 2012, sendo que a ação foi ajuizada em dezembro do mesmo ano, depois de transcorridos os 120 dias previstos na Lei nº 12.016/2009. No mérito, defendeu a ausência de direito líquido e certo dos impetrantes.

O desembargador Marcelo Carvalho Silva (relator), que já havia deferido liminar, citou precedentes do STJ, segundo os quais, nas relações jurídicas de trato sucessivo, como é o caso de pagamento de dotações remuneratórias a servidores públicos, o ato impugnado renova-se mês a mês. Rejeitou a preliminar, acompanhado pelos demais membros.


Banco do Nordeste estima em R$ 2,3 bilhões seus investimentos no Maranhão ao longo de 2013

O presidente do Banco do Nordeste, Ary Joel de Abreu Lanzarin, disse segunda-feira (26), ao se encontrar com a governadora Roseana Sarney, no Palácio dos Leões, que o BNB deverá aplicar R$ 2,3 bilhões no estado. Na oportunidade foram assinados dois acordos de cooperação visando o incremento da produção na área de pesca e aquicultura e o combate à pobreza extrema.

Ary Joel de Abreu Lanzarin destacou ainda que até o final de 2013, o banco deve chegar a 30 agências instaladas no estado. “Temos uma parceria histórica com o governo e um compromisso com o desenvolvimento do Maranhão”, declarou.

"“Este ano, temos a previsão de atingir R$ 2,3 bilhões de recursos em todos os investimentos, incluindo a indústria, agricultura, comércio, empreendedorismo individual, agricultura familiar, enfim, todos esses segmentos que vão contribuir para gerar mais emprego e agregar mais renda"”, assinalou, observando que, em 2013, serão investidos cerca de R$ 400 milhões em um público de 167 mil empreendedores individuais que trabalham no Maranhão e essa parceria visa ampliar o volume de recursos e pessoas.

Também presentes à reunião, os secretários chefe da Casa Civil, João Guilherme Abreu; de Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar, Fernando Fialho; de Pesca e Aquicultura, Dayvson Franklin; o superintendente regional do Banco, Heron Mendes; e o superintendente federal da Pesca e Aquicultura no Maranhão, Junior Verde.

Empresa que vai lançar foguete em Alcântara recebe R$ 33 milhões para aumento de capital social

Foi publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (26) decreto em que o governo federal autoriza a transferência de R$ 33,33 milhões para o aumento de capital social da empresa binacional Alcântara Cyclone Space. Parceiro do empreendimento – que tem o objetivo de desenvolver tecnologia espacial para lançamento do foguete Cyclone-4 a partir da Base de Alcântara, no Maranhão – o governo da Ucrânia depositará igual valor.

O foguete Cyclone-4 está sendo construído na Ucrânia, por meio de acordo de cooperação tecnológica assinado em 2003. Segundo a Agência Espacial Brasileira, o investimento inicial para a criação da binacional era US$ 105 milhões. Em junho de 2008, durante reunião do Conselho de Administração da Alcântara Cyclone Space na Ucrânia, decidiu-se por aumentar o capital da empresa para US$ 375 milhões.

Criada em 2007, a Alcântara Cyclone Space vai explorar, em bases comerciais, os serviços de lançamentos do foguete, para colocar satélites em órbita.
 
(Agência Brasil)

Reunião de prefeitos da região tocantina com Luis Fernando na casa de Madeira foi positiva, diz Dr. Pádua


Em pronunciamento feito na tarde desta segunda-feira (26), na Assembleia Legislativa, o deputado Dr. Pádua (PSD) disse que o encontro de sexta-feira passada na casa do prefeito Sebastião Madeira, de Imperatriz, foi altamente positivo. Segundo ele, mais de 30 prefeitos da região sudoeste do estado, bem como os secretários estaduais de Infraestrutura, Luis Fernando; de Fazenda, Cláudio Trinchão; e das Cidades, Hildo Rocha.
Dando um caráter técnico à reunião, Dr. Pádua disse que "esse encontro deveria ter sido realizado há alguns anos, pois entendo que esse fortalecimento dos municípios contribui na melhoria da qualidade de vida da população da região Tocantina".
Semana passada, ao anunciar o encontro, o deputado Antônio Pereira (DEM), que também é da região, deu um caráter político, pois, segundo ele, seria para antecipar o apoio desses gestores à candidatura de Luis Fernando ao governo do estado.“Em momento algum vamos tratar de assuntos inerentes à administração pública. A reunião será em ambiente fechado, dentro da Casa do prefeito Sebastião Madeira. Portanto, dentro da legalidade”, disse ele naquela oportunidade.
Dr. Pádua parabenizou a iniciativa do prefeito Sebastião Madeira, pois entende que esse é um projeto que une todos os gestores que demonstram compromisso com os municípios, buscando reverter os baixos índices registrados no Maranhão. “O prefeito Madeira conseguiu resultados bastante positivos nestes últimos anos para Imperatriz, fato considerado inédito, pois todos os indicadores melhoraram de forma significativa”, completa, dando uma versão para a reunião.
O deputado Dr. Pádua prevê que, nestes próximos anos, a situação de Imperatriz será muito mais confortável, pois desponta no cenário nacional como uma grande cidade com economia forte e de uma infraestrutura que está sendo formatada graças ao empenho e a dedicação do prefeito Sebastião Madeira


Manifestantes estão proibidos de entrar na Câmara Municipal por determinação do presidente Pereirinha

 O vereador Antonio Isaias Pereirinha (PSL), presidente da Câmara Municipal de São Luís, disse nesta segunda-feira (26) que “nenhum integrante de movimento contra esta Casa irá adentrar ao parlamento”. O desabafo foi após denunciar a organização de novos protestos com o intuito de gradi-lo física e moralmente.

Pereirinha fez a leitura de um panfleto apócrifo fazendo convite para uma manifestação no dia 07 de setembro na Praça Deodoro, “que também orquestra uma nova invasão da Câmara Municipal e apedrejamento de minha residência”, completa ele.

“Quero comunicar a todos os vereadores e a imprensa em geral que estou responsabilizando essas pessoas por qualquer ato de vandalismo contra esta Casa, contra a minha pessoa, contra qualquer membro deste parlamento”, afirmou Pereirinha para acrescentar: “também venho informar que já fiz comunicado ao secretário de segurança”. O presidente da Câmara Municipal chegou a considerar o ato que está sendo planejado contra o Legislativo com “o supra sumo do absurdo”.

Pereirinha foi enfático ao assegurar que “quem está orquestrando um absurdo com esse são pessoas desequilibradas, e até com passagem duvidosa. E são esses que são bem recebidos aqui nesta Casa, e por trás ficam fazendo outra reunião com objetivos escusos”. Continuando, ele disse que “eu não vou permitir que façam aqui como o que fizeram no Rio de Janeiro, que invadiram a Câmara, promoveram agressões e praticaram atos de vandalismo entre outras atrocidades”.

Qual a diferença entre os dentistas brasileiros em Portugal e os médicos cubanos no Brasil?

Muita gente ainda recorda da luta que foi dos profissionais de saúde do Brasil para que os portugueses aceitassem em seu país os brasileiros formados em Odontologia. Espalhou-se na época que tratava-se de um preconceito porque os nossos eram melhor preparados que os deles e iriam tomar o mercado no Velho Continente.

A versão oficial, no entanto, dizia que como em Portugal não havia faculdades de Odontologia e apenas de Medicina, de onde saiam os médicos dentistas, era impossível receber esses profissionais sem dar a eles um atestado de médico. Logo precisariam passar por testes rigorosos para saber se estavam adequados à profissão.

Portugal não carecia de odontólogos, mas os dentistas brasileiros careciam daquele mercado, por isto toda a pressão no Brasil para que as barreiras fossem quebradas.

Pois bem, o Brasil hoje carece de médicos, e muitos, principalmente na zona rural, para onde a maioria dos profissionais de saúde não quer ir, não por questões salariais, pois lá paga-se bem, tampouco por falta de estruturas nos hospitais, pois os da capital também não têm, mas é que o interior não oferece boas condições de vida (não têm shoppings, bons restaurantes, boates etc), tampouco há clientela em condições de pagar caro por uma consulta, uma cirurgia, um exame...

Como os brasileiros não querem ir, apareceram estrangeiros dispostos a morar nos lugares mais distantes dos grandes centros, porém os médicos daqui se ofenderam com a solução encontrada pelo governo para solucionar a carência. Estranhamente, fazem o mesmo discurso dos dentistas de Portugal. Seria medo de também perder mercado no futuro?

Nesta segunda-feira, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, jogou duro, dizendo que o governo não vai aceitar discriminação aos estrangeiros, que estariam sendo vítimas de todo tipo de preconceito e até ameaças de ações na Justiça. Enquanto os graduados brigam, o povo pobre do interior espera pelo que deveriam estar fazendo, levando a saúde a quem precisa.

Roseana Sarney vai à Baixada Ocidental terça e quarta-feira em mais uma etapa do governo itinerante

A governadora Roseana Sarney viaja nesta terça-feira (27) a São Vicente Ferrer e São João Batista e na quarta-feira (28) vai a São Bento e Peri-Mirim, em mais uma etapa do governo itinerante. Além de inauguração de obras, entrega Declarações de Aptidão (DAPs) ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e confere as ações que serão desenvolvidas durante o Itinerante.

Entre os destaques da agenda, ela participa da entrega do Centro de Saúde Ana Campos Mendes, em São Vicente Ferrer, cidade que, na mesma data, comemora aniversário de 157 anos. Em São Bento, está programada uma visita à Casa de Cultura José Adriano Costa, que foi morada da família da governadora Roseana no passado e, após doação ao Município, virou espaço de visitação aberto ao público.

Durante o Governo Itinerante, nas cidades visitadas, haverá entrega de DAPs do Pronaf, beneficiando centenas de agricultores familiares, que passam a ter acesso ao crédito para melhorar a produção. A unidade móvel do Viva Cidadão vai disponibilizar a emissão de documentos diversos, a exemplo de Carteira de Identidade, CPF, título de eleitor Carteira de Trabalho.

Ministério Público pede na Justiça que prefeitura banque tratamento de eletricista vítima de acidente de moto

O Ministério Público está ingressando na Justiça com uma ação contra a Prefeitura de Balsas para que ela custeei as despesas para a operação do eletricista Jair Pereira de Sousa, 54, após acidente de motocicleta, ocorrido em novembro de 2011. Jair Pereira de Sousa caiu da motocicleta e, como consequência, sofreu uma lesão no ombro, denominada “Lesão de Hill-Sacks”, passando a sentir dores e necessitando de tratamento cirúrgico de alta complexidade.

Depois de várias tentativas extrajudiciais do MPMA junto ao Município para garantir o tratamento fora do domicílio ao paciente, a Secretaria Municipal de Saúde custeou uma consulta particular para Jair Pereira de Sousa em Teresina, onde a cirurgia que necessita foi avaliada em R$ 10 mil. A mesma operação pode ser feita em São Luís.
O paciente não tem condições financeiras de arcar com as despesas decorrentes da cirurgia.
Em setembro de 2012, a 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Balsas encaminhou ofício solicitando providências para garantir a operação, cuja resposta do Município de Balsas foi positiva. No entanto, nada foi feito até o momento para resolver o problema do paciente.

Descendência de touro Backup cria preocupação entre selecionadores de Nelore

Criou-se o maior bafafá entre os selecionadores de Nelore, inclusive no Maranhão também, a revelação de que o touro Backup, um dos maiores fenômenos da reprodução de Nelore em fazendas do Brasil, Bolívia e Paraguai, não é filho do Fajardo da GB, mas do Gabinete do IZ, que, apesar de ser um animal de genética excelente, tem um currículo menor entre os pecuaristas.

De acordo com reportagem publicada pela revista Veja, o comércio de sêmen de Backup movimenta mais de R$ 300 bilhões ao ano, com uma dose avaliada entre R$ 61,00 e R$ 89,00. Ele já teria fornecido 600 mil amostras e gerado 480 mil filhos. Comprador por um consórcio de fazendeiros por R$ 22.400,00, hoje está avaliado em R$ 20 milhões.

A revelação bombástica veio de uma análise da Universidade Estadual de São Paulo, que expôs erros em registros de mais 15 touros considerados no grupo da elite nelorista brasileira.

Além da baixa no currículo do animal, outros problema surgiu com esta descoberta: o risco de geração de novos animais com alto grau de parentesco entre doador e receptora, pois como atesta o diretor da Associação Brasileira de Inseminação Artificial, Thiago Carrara, isto pode fazer com os filhotes nasçam com anomalias.

Segundo o criador Ruy Dias de Souza, diretor da Associação dos Criadores do Maranhão (Ascem), vários descendentes de Backup estão em pastos maranhense, inclusive ele teria comprado sêmen do animal, mas ainda espera uma confirmação mais apurada sobre a descendência de Backup.

PDG busca saída local para suas obras em São Luís

GIRO ECONÔMICO

Com dois empreendimentos em atraso, em São Luís, a PDG está buscando uma saída local para cumprir prazo com seus clientes. Uma das obras é o Condomínio Vitte, no bairro do Bequimão, composto de 863 apartamentos, e a outra o Janelas, no Calhau, ao lado do Pestana, cujas obras ainda não passaram da terraplenagem. O Vitte tem uma história mais complicada, pois foi iniciado pela Abyara, depois herdado pela Agra, que passou para a Asa, que vendeu para a PDG. As obras estão na fase de acabamento e o atraso se deve ao rompimento do contrato com uma construtora do Paraná, que também iria construir o Janelas, mas deve ser substituída por uma firma local. A previsão é que pelo menos o primeiro fique pronto em 2014. Quanto ao segundo, o prazo deve se estender um pouco mais.

O único conforto que resta para quem comprou essas unidades é a certeza de que, quando receber, estarão com patrimônio bem valorizados em comparação ao que foi pago no início das vendas. Até lá, no entanto, a compensação se desgasta com uma longa e dolorosa espera.

Coca-Cola - Vejam onde foi parar o nosso sonho cor-de-rosa: Desde julho a fabricante maranhense dos produtos Coca-Cola, incluindo a Cola Guaraná Jesus, não atende mais pelo nome Renosa, mas Solar Refrescos S.A., nascida da fusão de três gigantes do setor: Norsa (Ceará), Renosa (Maranhão e Mato Grosso) e Guararapes (Pernambuco). A Solar opera em 12 Estados, que incluem toda a Região Nordeste, Mato Grosso e parte de Tocantins e Goiás. A companhia tem 15 mil funcionários, 13 fábricas e 34 centros de distribuição.

Debate sobre Construção - Nesta segunda-feira haverá mais uma nova tentativa das entidades que representam a construção civil no sentido de quebrar os gargalos que vêm afetando o setor, por conta da burocracia em órgãos das administrações do estado e do município. Um encontro no Ministério Público vai tentar desobstruir os problemas que impedem as empresas de fazerem novos lançamentos por conta, principalmente, da falta de licenças das secretarias municipais de Urbanismo e de Meio Ambiente e da Caema. 

Candidatos dos fazendários - A disputa para deputado federal em 2014 promete um grande embate entre dois candidatos identificados com os fazendários estaduais, o deputado Pedro Novais (PMDB), que foi secretário de Fazenda dos governos Nunes Freire e Epitácio Cafeteira, e o atual titular da pasta, Cláudio Trinchão (PSD), que está descendo de para quedas neste campo de batalha.

 
Quarta-feira, na festa dos 159 anos da Associação Comercial, enquanto eram feitos os discursos sobre a importância da data, o diretor Ubaldo Silva mantinha-se de hatphone no ouvido, acompanhando pelo rádio o jogo entre Moto (do qual é vice-presidente) e Sabiá, pela 2ª divisão do Campeonato Maranhense

Hotelaria de luxo - A BHG, que se tornou proprietária da rede administrada pela Solare, mirou um importante hotel de luxo na capital e já apresentou sua proposta para se tornar a nova proprietária, mas as negociações esbarram nos objetivos de cada uma. A operadora quer se tornar dona do negócio, isto é, dos serviços de hotelaria, mas a proprietária quer vender patrimônio, o imóvel. Quem acompanha de perto o desenrolar desta transação garante que breve uma das partes vai ceder para o negócio se concretizar.

Comércio na Expoema - Há muito sem receber uma autoridade federal, apesar de ser uma das maiores exposição rurais do Norte e Nordeste, a Expoema será visitada, dia 02, pelo ministro da Agricultura, Antônio Almeida, que promete assinar o reconhecimento do Maranhão como Zona Livre da Febre Aftosa no Parque Independência. O secretário de Agricultura, Cláudio Azevedo, garante que desta vez não haverá novo adiamento, apesar de ter garantido que este reconhecimento seria dia 19, segunda-feira passada.

Morre Gylmar, ex-goleiro do Santos e da Seleção Brasileira das copas de 1958 e 1962

O ex-goleiro da Seleção Brasileira Gylmar dos Santos Neves morreu no início da noite deste domingo (25). Ele estava internado desde o último dia 8 de agosto, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, depois de ter sofrido um infarto agudo do miocárdio. Ele já tinha sequelas de um acidente vascular cerebral (AVC), sofria de insuficiência cardíaca e teve o quadro de saúde agravado, nos últimos dias, por uma infecção urinária.

No último dia 22, Gylmar havia completado 83 anos de idade. O atleta chegou à consagração ao atuar pela Seleção Brasileira nas copas de 1958 e 1962 . Depois de estrear em equipes amadoras, em Santos, jogou no Sport Club Corinthians Paulista antes de entrar para o Santos Futebol Clube, onde ficou até o final da carreira.

No time do Santos foi contemporâneo de Pelé e dos craques Coutinho e Pepe e defendeu a equipe santista em 330 partidas. Pela Vila Belmiro, participou dos títulos dos campeonatos paulistas de 1962, 1964, 1965, 1967 e 1968 entre outros como a Taça Libertadores da América de 1962 e 1963

25 de ago de 2013

Ministro Edison Lobão não é chamado para o debate sobre aumento nos preços dos combustíveis

O jornalista Lauro Jardim, da coluna Radar da revista Veja, chama atenção para um fato que poucos se deram conta: na reunião em que foram debatidos os reajustes nos preços dos combustíveis o grande ausente foi o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. Da reunião, além da presidente Dilma, participaram Maria das Graças Foster (presidente da Petrobras), Gleisi Hoffmann (Casa Civil) e Fernando Pimentel (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior).

No último dia 13, ministro Edison Lobão, disse que o governo estava avaliando o pedido da Petrobras, que está sempre reivindicando elevação de preços porque estão defasados há muitos anos.

Na hora de debater concretamente o assunto, o titular da pasta sob qual se abriga a Petrobras ficou de fora, o que de certa forma é muito estranho.

Ficou acertado no encontro sobre este assunto, que os reajustes nos preços dos combustíveis sairão somente quando o dólar baixar.

Gastão Vieira promete investir R$ 2,15 bilhões em infraestrutura turística até o próximo ano

O Ministério do Turismo deve entregar até o próximo ano 1,6 mil obras que promovem o turismo até a Copa de 2014, cerca de 900 delas em estágio avançado de execução. Para garantir esse investimento, o MTur reservou 79,6% do orçamento de 2013 para obras, o que corresponde a R$ 2,15 bilhões.
"
"Ao criars condições para o turismo se desenvolver, levamos inclusão social e geramos emprego para todo o país", diz o Ministro do Turismo, Gastão Vieira. De acordo com o IBGE, as atividades características do turismo geraram 2,9 milhões de empregos em 2012.

No total, o Ministério do Turismo tem 5.163 obras em andamento pelo país, entre elas destacam-se a pavimentação de estradas, a sinalização de destinos turísticos e a construção de centros de convenções. "São intervenções que melhoram a infraestrutura não apenas para os visitantes, mas para os moradores locais", comentou o secretário Nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo, Fábio Mota.

São Paulo é o estado com o maior número de obras em andamento (724) e o maior aporte do Ministério do Turismo (R$ 563,7 milhões). O segundo estado com mais investimentos do turismo é o Ceará (R$ 273,4 milhões em 398 obras), que também se destaca por ter um dos melhores índices de desempenho em obras do país: apenas 1,1% de suas obras estão atrasadas. Em eficiência na execução das obras, apenas o Mato Grosso supera o Ceará, com todas as suas 167 obras no prazo.

É grave o estado de saúde do ex-goleiro santista Gylmar

Internado desde o último dia 8 de agosto no Hospital Sírio-Libanês, na região central da capital paulista, o ex-goleiro da seleção brasileira, Gylmar dos Santos Neves, teve complicações de saúde após sofrer infecção urinária e infarto agudo do miocárdio e seu estado é considerado grave.

Segundo boletim médico divulgado neste sábado (24) à tarde , o ex-jogador já apresentava sequela de uma acidente vascular cerebral (AVC) e insuficiência cardíaca. “O paciente permanece internado em estado grave, tendo como complicação infecção sistêmica”, diz a nota.

No último dia 22, Gylmar completou 83 anos de idade. Ele atuou na década de 1950 no Sport Club Corinthians Paulista e depois no Santos Futebol Clube, no período de 1961 a 1969, e teve papel expressivo na conquista da Copa do Mundo de 1958 e de 1962 pela Seleção Brasileira de Futebol.




Gosto amargo: Ambev vai repassar por R$ 98,00 a grade de cerveja para os comerciantes da Expoema

Reunidos neste sábado, no Parque Independência, para conhecerem as regras baixadas pela Atlântica Serviços Gerais para a Exposição Agropecuária do Maranhão (Expoema), os comerciantes de alimentos foram surpreendidos com os preços baixados pela Ambev, empresa detentora da exclusividade para o fornecimento de bebidas dentro do parque.

Pela Tabela, uma grade com 24 cervejas de 660 ml custará R$ 98,00 (noventa e oito reais), ou seja, R$ 4,08 a unidade, o que obriga esses comerciantes a venderem por cerca de R$ 8,00, caso queiram cobrir os custos de aluguel do espaço, empregados e ainda tirem algum lucro.

Já a dúzia da cerveja em lata, ficou por R$ 24,00 (R$ 2,00 a unidade), enquanto a dúzia de refrigerante, também em lata, R$ 19,00. Para fornecimento de bebidas, a Ambev terá um depósito dentro do parque, para ninguém possa comprar em outros estabelecimentos, onde o produto é vendido a preços mais atrativos.

Os comerciantes esperam que as organizadoras do evento - Associação dos Criadores, Atlântica e TV Difusora - atraiam grande público ao Parque Independência, para que possam ter movimentação em seus estabelecimentos.