30 de set. de 2013

Greve dos bancários deixa até caixas eletrônicos sem dinheiro para prejudicar a população

Caixa eletrônico com aviso de falta de dinheiro
A greve dos bancários iniciada há cerca de duas semanas está provocando descontentamento nos usuários do sistema financeiro, pois se não bastasse a falta de atendimento nos guichês tradicionais, o serviço de auto atendimento também está provocando transtornos aos clientes. Nesta segunda-feira (30) quem tentou sacar dinheiro nos caixas eletrônicos encontrou, muitos deles, com aviso escrito a mão em que era informada a indisponibilidade de cédulas.
Os mais prejudicados com a greve são pessoas que não dispõem de contas no sistema financeiro oficial, principalmente Caixa Econômica e Banco do Brasil, mas precisam desses bancos para pagamentos de IPVA e impostos, recebimentos de FGTS etc.
Um bancário ouvido nesta manhã pelo blog informou que o atendimento eletrônico está na quota dos 30% dos serviços exigidos pela Justiça do Trabalho, mas, segundo ele, quem recebe dinheiro dos carros fortes pode estar aderindo à greve e demorar no abastecimento dos caixas. Ele disse que a situação piorou porque nos fins de semana os saques de dinheiro em espécie têm sido acentuado e no início da semana os caixas amanhecem vazios.
Usuários de bancos penam em frente aos caixas eletrônicos
Vale ressaltar que, mesmo estando disponíveis transações como pagamentos, transferências, depósitos e outros serviços, muitas pessoas necessitam de dinheiro em espécie para custear despesas imediatas, como feiras, transporte (táxi ou ônibus), pagar alguma prestação de serviço e outros onde não se opera com cartões e cheques.
Enquanto os bancos oficiais suspendem 100% do seu atendimento, em algumas agências privadas, como é o caso do Itaú do Tropical Shopping Center, os serviços estão normais, e com isto quem mais se sente prejudicado é quem depende de banco público para fazer algum tipo de movimento.



Nenhum comentário: