25 de dez. de 2013

Agora que o leite está derramado, entidades deveriam defender laticínio falido pelo estado

GIRO ECONÔMICO

As entidades que representam o setor produtivo, dentre elas Associação dos Criadores (Ascem), Federação da Agricultura (Faema) e Federação das Indústrias (Fiema), bem que poderiam também se associar ao laticínio MJ Empreendimentos, de Imperatriz, para sensibilizar o governo do estado a sanar uma dívida contraída pela Secretaria de Saúde correspondente a 1 milhão de litros de leite devidamente entregues a prefeituras conveniadas, até como exercício de força, pois se não bastasse estar ligada a essas instituições, a empresa, com o encerramento de suas atividades, traz um grande prejuízo para milhares de pessoas que dela dependiam como empregados e/ou fornecedores. Fica chato também somente pequenos criadores, que já vivem numa situação difícil, se movimentarem para tentar salvar este negócio, pois dele dependem para vender sua produção, num ato que também poderia estar sendo encabeçado por quem exerce papel de líder. O Maranhão não pode passar o atestado de ser um estado onde o capital recebe ordem da política.

Transferência - O vagão do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), trazido em plena campanha para prefeito de São Luís no ano passado e que se encontrava nas imediações do Terminal da Integração da Praia Grande, sem nunca ter entrada nos trilhos, foi transferido para um galpão da Transnordestina, no bairro Tirirical. Segundo o secretário municipal de trânsito, Carlos Rogério, o VLT será implantado com apoio do Ministério das Cidades, mas num novo trajeto, no sentido Anjo da Guarda, com uma linha de 6,5 quilômetros.

Futebol - Na última sessão do ano na Assembleia Legislativa foi aprovada uma modificação, de autoria do deputado Roberto Costa (PMDB), no artigo 7º da Lei de Incentivo ao Esporte (nº 9.436/2011), que garantirá o incremento de 0,1%, correspondente a R$ 3,5 milhões, para o futebol profissional. Segundo o secretário de Esporte e Lazer, Joaquim Haickel, a modificação é fundamental para a modalidade, pois apenas as agremiações amadoras podiam se beneficiar dos recursos públicos.

Leilões - O calendário 2014 dos grandes leilões de animais no Recinto Leilonorte, na cidade de Bacabal, será aberto em fevereiro, pelo pecuarista Chiquinho Sergipano, que vai reunir vários amigos criadores para uma grande oferta de animais bovinos (nelore, gir e tabapuã), equinos, ovinos, caprinos e muares. A mobilização começa a partir de janeiro, visando a atrair fazendeiros de todas regiões do Maranhão e de outros estados.


Na confraternização de fim de ano da Câmara dos Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL), sábado (21), a presidente Socorro Noronha ladeada pelos diretores José Terceiro, Raimundo Lima e José Lopes







Natal - O casal Ruy Dias de Souza (Fazenda Santa Luzia) e Ana Carolina Medeiros (Grupo Taguatur) resolveu passar a festa de Natal em Belém (PA), onde residem os parentes dela pela linha materna. Quem também optou por passar o 25 de dezembro fora do estado foi a presidente da Associação Comercial do Maranhão, Luzia Rezende, que segunda-feira embarcou com Marcelo e os filhos para Teresina (PI), onde residem os pais dela e fica a matriz da empresa que dirige, a Olívio J. Fonseca.

Quoris - Antes da chegada dos automóveis Mercedes Benz, que o Grupo Páteo pretende trazer para o Maranhão em 2014, seu concorrente direto, o Quoris, lançado pela Kia, que tem como concessionária em São Luís a Auvepar, do empresário Carlos Gaspar, deve estar disponível aos interessados em modelos de luxo. Com preço avaliado em R$ 330 mil, o veículo, já batizado como embaixador da montadora coreana, vem para brigar também com carros da BMW e da Audi


Nenhum comentário: