27 de dez. de 2013

Campanha "Eu Amo São Luís" vai estimular turismo na capital maranhense a partir de 20143

GIRO ECONÔMICO

Desenvolvida pela agência 712, sem custo para os cofres públicos, segundo garantias do secretário municipal de Turismo, Lula Fylho, deve ser lançada em março a campanha Eu Amo São Luís, que será utilizada na atração de turistas para a capital maranhense. Como ainda é mantida em segredo, não se sabe se será uma imitação da criação do designer Milton Glaser, que nos 1970 lançou a inscrição I Love NY, onde o verbo amar é simbolizado por um coração, para tirar a cidade norte-americana New York de uma crise de identidade afetada por violência, sujeira, desorganização no trânsito etc. De acordo com Lula Fylho, a campanha vai conscientizar a população local a cuidar melhor da cidade, valorizar o que há de mais belo e sempre se mostrar atenciosa aos visitantes, a fim de aumentar o fluxo turístico.  É importante ressaltar, no entanto, que uma cidade só estará bem aos olhos do turista se estiver realmente agradável para os que nela habitam, ou seja, o cuidado primeiro é para o morador. O turismo é conseqüência. 

Jornalismo - Trabalhos jornalísticos divulgados, entre 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2013, por veículos de comunicação sediados no País, poderão concorrer ao Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo em Desenvolvimento Regional. As inscrições serão aceitas até 13 de janeiro. Esta edição traz R$ 183 mil em prêmios, que variam entre R$ 3 mil e R$ 17 mil, de acordo com a categoria de inscrição. O regulamento e a ficha de inscrição estão disponíveis no portal www.bnb.gov.br ou diretamente no link http://bit.ly/1fn9dZJ

Fiema - O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e a Secretaria de Segurança Pública firmaram novo convênio para dar continuidade ao projeto de inclusão social, iniciado em 2013. O Senai oferecerá cursos de educação profissional para qualificar pessoas de comunidades em situação de vulnerabilidade social. Assinaram o documento o presidente da Fiema e do Conselho Regional do Senai, Edilson Baldez, e o adjunto de Desenvolvimento e Articulação Institucional da SSP, Antônio Roberto dos Santos.

Financiamento agrícola - Os recursos para financiar aquisição de máquinas agrícolas, equipamentos de irrigação e estruturas de armazenagem aumentaram 42,4% entre julho e novembro deste ano sobre igual período de 2012. Em apenas cinco meses, foram contratados R$ 5,18 bilhões, ou seja, 74,1% dos R$ 7 bilhões disponíveis para a safra 2013/14, o que se explica pelas boas taxas de juro, 3,5% ao ano, e pelo bom momento vivido pela agricultura brasileira.


O deputado Fábio Braga (D), que teve uma das atuações mais destacadas na atual legislatura comemorando os bons resultados de 2013 com o secretário Maurício Macedo, da Indústria e Comércio, e o empresário Ariomar Souza (C), da Bahia Autopeças






Brasil - Quem, em 1996, ganhava nove salários mínimos por mês era isento do Imposto de Renda, mas agora quem ganha dois é obrigado a declarar. Como explica o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Sindifisco Nacional), isto se deve à não correção da tabela (a defasagem é de 500%), e várias pessoas que estavam isentas, devido à renda baixa, paulatinamente foram se tornando contribuintes. O secretário da Receita Federal, Carlos Barreto, diz que não há previsão de mudança da regra.

Deputado - Apesar do incentivo que vem recebendo de empresários e outros admiradores do sul do estado que sentem sua falta no parlamento estadual, o ex-deputado Mário Carneiro ainda não sabe se voltará a disputar um mandato eletivo. Segundo ele, vocação não falta, mas os tempos mudaram muito, pois agora não basta ser bom de verbo para pleitear um mandato, já que o mais importante é a verba, e muita, pois o mercantilismo eleitoral deformou radicalmente as relações do político com o eleitor.

Nenhum comentário: