20 de dez. de 2013

Destinos praias devem impulsionar turismo nos primeiros meses do anos, diz pesquisa do Sindetur

O Brasil tem mais de 8 mil quilômetros de costa. São cerca de duas mil praias que, anualmente, atraem cerca de 1,7 milhão de visitantes estrangeiros e aproximadamente 27 milhões de brasileiros, de acordo com estudos recentes de caracterização da demanda turística no país. Em 2014, o turismo de sol e praia deve continuar impulsionando a expansão dessa demanda. É o que revela levantamento realizado pelo Sindicato das Empresas de Turismo do Estado de São Paulo (Sindetur-SP).
Das 368 empresas consultadas pelo Sindetur, 45% afirmaram que a movimentação turística deve registrar aumento médio de 24,5% no início do ano, em comparação com o mesmo período de 2013. Os destinos nacionais mais mencionados pelas agências de turismo, com base nas vendas aos consumidores, foram Fortaleza (23,6%), Rio de Janeiro (16,6%), Natal (11,5%), Maceió (10,9%), Salvador (9,9%).
Para o ministro do Turismo, Gastão Vieira, a explicação para o aumento está em dois fatores. “O verão, no Brasil, e as férias escolares, resultam na temporada de mais alta demanda de turismo no país, mas não só pelo tamanho do nosso litoral e pelas altas temperaturas. O estímulo para se viajar aumenta quando os destinos se preparam mais e melhor para receber esse visitante. A maior atração é sempre a qualidade”, avalia Vieira. Juntos, dezembro e janeiro são responsáveis por mais de 30% das viagens realizadas dentro do país por brasileiros, segundo o Estudo da Demanda Turística Doméstica.

Nenhum comentário: