11 de dez. de 2013

Estimativas da Conab apontam para uma produção agrícola de 3 milhões de toneladas no Maranhão

Em sua nova projeção da safra agrícola 2013/14, divulgada ontem, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estima para o Maranhão um aumento de 3,6% na produção de grãos, com uma colheita de 3 milhões 018 mil 900 toneladas, com uma área plantada de 1 milhão 654 mil 100 hectares. Na safra anterior (2012/13), a colheita foi 1,7% menor, com uma produção de 3 milhões 594 mil 500 de toneladas enquanto a área planta, 1 milhão 626 mil 700 hectares.
De acordo com o levantamento da Conab, por cultura, a safra maranhense terá o seguinte desempenho com respectiva variação em relação à colheita anterior: algodão em caroço – 72,3 mil toneladas (9%); algodão em pluma 889,5 mil toneladas (8,8%); caroço de algodão, 43,8 mil toneladas (9,2%); arroz - 474,5 mil toneladas (4,3%); feijão - 36,7 mil toneladas (11,4%); milho – 1 milhão 323,2 mil toneladas (1,1%); 1 milhão 845,6 mil toneladas (9,5%).

Brasil - Quanto à produção nacional, a Conab tem previsão de crescimento de 4,8% em relação à última estimativa. Pelos cálculos, o país deve produzir 195,9 milhões de toneladas de grãos, com crescimento de 3,6% na área plantada, que deve passar de 53,2 para 55,2 milhões de hectares.
De acordo com a Conab, a soja foi o principal destaque do levantamento – crescimento de 10,5%, com produção estimada em 90 milhões de toneladas. Os estudos para o terceiro levantamento de safra ocorreram de 24 a 30 de novembro. Mais de 60 técnicos da Conab estiveram em campo para atualizar as informações de área, produção e comportamento climático nos estados da região Centro-Sul, em Rondônia, no Tocantins, no oeste da Bahia e sul do Piauí e Maranhão.

Àrea - A área usada para o cultivo de soja também registrou crescimento, com avanço de 6,2%, passando de 27,7 para 29,4 milhões de hectares. Já o milho, com os resultados combinados de redução da safra de verão, aliados à metodologia da Conab, apresentou diminuição da área plantada de 2,5%, passando de 15,8 para 15,4 milhões de hectares. Culturas como o arroz, feijão e algodão apresentaram aumentos em relação à área plantada. No Rio de Janeiro, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou hoje a estimativa da safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas para este ano. A previsão de 186,8 milhões de toneladas é a mesma da estimativa de outubro. Em 2012, foram produzidas 161,9 milhões de toneladas.
(Com dados da Agência Brasil)


Nenhum comentário: