26 de dez. de 2013

Presidente do Tribunal de Justiça faz a entrega de criança da Creche Menino Jesus para pais adotivos

A presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargadora Cleonice Freire, visitou a Casa da Criança “Menino Jesus” – abrigo mantido pelo Poder Judiciário para atender crianças vítimas de maus tratos ou em situação de abandono. No local, a presidente fez a entrega de um menino adotado à sua família substituta. A instituição acolhe e encaminha crianças para adoção ou promove a reinserção delas nas famílias de origem, com 300 atendimentos realizados desde dezembro de 1997. Atualmente, 20 crianças vítimas de maus tratos ou abandonadas pelos pais biológicos estão no abrigo.Cleonice Freire coordenou a Casa na gestão do desembargador Jorge Rachid como corregedor geral da Justiça.
São sete meninos e 13 meninas, com idade de 0 a 3 anos, que estão sob a custódia da 1ª Vara da Infância e da Juventude de São Luís e aos cuidados de uma equipe multidisciplinar e monitoras, até encontrarem um lar definitivo. Um garoto de 1 ano e 10 meses, abrigado desde os 4 meses de idade, se despediu da equipe de funcionários da casa e seguiu para um estágio de convivência de cerca de um mês com os novos país, os paranaenses Túlio Tonial e Cristiane Gilioni, que aguardavam por esse momento desde o ano passado. O processo de adoção teve início em fevereiro de 2012 e, após esse período em família, o casal poderá conseguir a guarda definitiva da criança.
A presidente do TJMA, ao lado da coordenadora da Casa, Lucileide Dias, entregou a criança ao casal e parabenizou os futuros pais. “A adoção dessa criança é um belo gesto dos dois. Esse é retorno que o Poder Judiciário deseja: que as crianças sejam encaminhadas às famílias, onde possam crescer e serem educadas com amor”, declarou a desembargadora, entregando um álbum de fotos com a história de vida do menino à família substituta. A coordenadora reuniu a equipe de monitores e crianças para a despedida do menino. A mãe adotiva, emocionada, agradeceu o cuidado da equipe com o menino. “O trabalho da Casa da Criança é exemplar. As crianças são muito bem cuidadas e fico feliz por saber que ele recebeu esse carinho, o que ajudá-lo nessa mudança de vida”, disse.

Nenhum comentário: