16 de dez. de 2013

Vasco perde mais uma na tentativa de evitar queda para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro

O Vasco da Gama perdeu em mais uma tentativa para evitar seu rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro nesta segunda-feira (16). O presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Flávio Zveiter, negou pedido de reconsideração ao recurso pela impugnação da partida contra o Atlético-PR. Sem desistir, o Vasco deve entrar com um mandado de garantia, podendo o caso ser levado Pleno do STJ ainda este ano, provavelmente dia 27 de dezembro.
Nas ações judiciais, o Vasco tenta provar que o Atlético do Paraná, por quem foi goleado por 5 X 1 na última rodada do Brasileirão deste ano, foi o responsável pela condição de realização da partida marcada pela briga entre torcidas nas arquibancadas da Arena Joinville. O clube alega falta de segurança na partida e quer os três pontos do jogo, a fim de evitar o rebaixamento para a segunda divisão. 
O jogo, devido a uma briga generalizada entre torcedores, ficou suspenso por 73 minutos, mas o artigo 21 do regulamento da CBF estabelece prazo de 30 minutos e mais 30 de acréscimo para situações desse tipo. Com base nisto, o clube carioca ainda pretende ser declarado vencedor nos tribunais, somar três pontos, e anular o rebaixamento, trocando de lugar com o Criciúma.
O departamento jurídico do Vasco consultou especialistas de diversas áreas ligadas ao direito para solucionar a questão. Tanto que existe a certeza nos bastidores de São Januário de que o recurso ainda vai ao Pleno mesmo em última alternativa.

Nenhum comentário: