31 de mar de 2014

Senadores analisam nesta quarta-feira proposta que aumenta valor de indenizações pelo seguro DPVAT

Seguro DPVAT é para garantir indenizações de acidentes no trânsito
Com seis itens na pauta de votações, a Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado realiza reunião na quarta-feira (2), às 9h. Os senadores podem votar, em decisão terminativa, o projeto que corrige o valor das indenizações do Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores (Dpvat) e destina parte dos recursos arrecadados a estados e municípios. A matéria que pode ser votada pelos senadores que integram a CAS é o substitutivo apresentado pela senadora Ana Amélia (PP-RS) ao PLS 16/2008, de autoria do ex-senador Marconi Perillo, atual governador do estado de Goiás.
O Dpvat é pago anualmente por todo proprietário de veículo automotor no Brasil. Ele é um seguro de danos pessoais causados por veículos automotores de via terrestre, ou por sua carga, a pessoas transportadas ou não. Ele confere às vítimas de acidentes de trânsito direito a reembolso de despesas médicas e a indenização em caso de morte ou invalidez permanente. O pagamento é devido mesmo quando o veículo causador do dano não foi identificado ou está inadimplente no pagamento do prêmio.
O substitutivo estabelece que a indenização no caso de morte será de R$ 20.055,29; no caso de invalidez permanente, a indenização será de até R$ 20.055,29 e o valor do reembolso à vítima para despesas de assistência médica será de até R$ 4.011,06. O projeto estabelece também que esses valores serão atualizados todos os anos de acordo com a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).
Atualmente, as indenizações são de R$ 13.500,00 no caso de morte; de até R$ 13.500,00 em caso de invalidez permanente, total ou parcial, variando conforme o grau da invalidez e de até R$ 2.700,00 em reembolso de despesas médicas e hospitalares comprovadas. Ana Amélia informa que usou o próprio INPC para a correção dos valores, que têm o mesmo valor desde 2006.

Duas datas marcantes neste 31 de março: o golpe militar que derrubou João Goulart e o começo das Diretas Já

GIRO ECONÔMICO

Hoje completam 50 anos da derrubada do ex-presidente João Goulart, num movimento orquestrado nos quartéis do Exército, Marinha e Aeronáutica, mas com partituras escritas por influentes figuras civis da política brasileira. O resultado desta operação foi a implantação de um regime de exceção que durou mais de duas décadas e encerrado com a ascensão de um maranhense, José Sarney, à Presidência da República. Sarney foi eleito indiretamente vice de Tancredo Neves, mas este, na noite anterior à posse, teve de ser internado e saiu do hospital morto, um mês depois da data em que receberia a faixa presidencial. Vale destacar, no entanto, que neste mesmo 31 de março completam 30 anos do primeiro comício em favor do restabelecimento das eleições diretas para presidente da República. Foi em Abreu e Lima, em Pernambuco, sob a liderança do senador alagoano Teotônio Vilela.
Dois acontecimentos que suscitam muitos debates entre simpatizantes do regime da força militar e os que culpam esta intervenção por muitos males ocorridos no Brasil. Os mesmos lados esquentam as discussões sobre se melhorou ou piorou, politicamente falando, o Brasil, com a volta dos civis ao poder. Cada leitor que faça seu julgamento. 

Microempreendedor - O Sebrae promove, de hoje a sexta-feira (04), a Semana Nacional do Microempreendedor Individual. O foco serão as oficinas para microempreendedor individual (SEI), que incluem soluções como SEI Controlar meu Dinheiro, SEI Vender, SEI Planejar, SEI Comprar, SEI Empreender. Também estão previstas informações sobre obrigações legais do MEI, serviços de baixa, formalização, alteração da empresa, orientações para preencher Declaração Anual e impressão de boletos das obrigações fiscais.

Posse - Os novos membros do Conselho Estadual das Cidades e Conselho Gestor do Fundo Estadual de Habitação de Interesse Social tomam posse hoje, às 16h, no Palácio Henrique de La Rocque. Ao todo serão 74 conselheiros entre titulares e suplentes dos segmentos poder público federal, estadual, municipal, movimento popular, empresários, trabalhadores, acadêmicos é de pesquisa e organizações não governamentais. O evento se estende até quarta-feira, com atividades na Secretaria das Cidades e Desenvolvimento Urbano.

Farmácia Popular - A partir desta terça-feira, a Unidade Centro da Farmácia Popular passa a atender a população na Unidade Alemanha da Secretaria Municipal de Saúde da Alemanha. A decisão foi tomada visando garantir a segurança dos usuários; pois o prédio onde funciona no Centro Histórico apresenta problemas de infraestrutura. Além da Unidade da Alemanha, a população pode a rede privada conveniada ao Plano de Expansão da Farmácia Popular.



Uma imagem especial para comemorar a data de hoje: a cantora Fafá de Belém, musa das Diretas Já, num os comícios pelo restabelecimento das eleições diretas para presidente da República, solta uma pomba branca, simbolizando a paz que queremos e necessitamos para manter a liberdade e prosperidade no Brasil


Consumidor - A Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) divulga hoje o perfil do consumidor maranhense, com informações do quantitativo de atendimentos, sexo, idade e interesses dos consumidores que registraram alguma reclamação no órgão. Na oportunidade, também serão apresentados os números de atendimento e resolutividades da II Semana de Renegociação de Dívidas, realizada de 12 a 15 de março, em São Luís. Também serão entregues certificados a empresas e instituições financeiras participantes.

Inauguração - A Secretaria de Gestão e Previdência (Segep) inaugura hoje às 10h, a nova sede da Escola de Governo do Maranhão (EGMA), na Avenida Vitorino Freire, no bairro da Areinha, em frente ao Ministério Público Federal. A Escola de Governo foi criada com a Reforma Administrativa do Estado, em 1998, visando a garantir capacitação permanente dos servidores públicos estaduais para que possam garantir um melhor atendimento ao público em geral.

26 de mar de 2014

Fiema teve papel fundamental na instalação de fábrica da Suzana no municípios de Imperatriz

O papel exercido pelo Sistema Federação das Indústrias na capacitação de trabalhadores, pelo Serviço Nacional da Indústria (Senai), e na capacitação de fornecedores foi fundamental para os planos da Suzano Papel e Celulose de implantar uma fábrica em Imperatriz, segundo depoimento do seu presidente, Walter Schalka.  “A Suzano adotou a postura de manter relação próxima com as comunidades que vivem no entorno de nossas plantas e aqui em Imperatriz, o Sistema Fiema foi imprescindível neste processo, por meio de treinamento e qualificação de pessoas que moram em Imperatriz e o resultado é que hoje 60% dos empregados desta planta são moradores da cidade”, disse Schalka, num encontro o presidente da Fiema, Edilson Baldez.
A Suzano Papel e Celulose mantém um quadro funcional de 3,5 mil empregados, o que quer dizer que pelo menos 2,1 mil trabalhadores maranhenses estão empregados na operação da fábrica inaugurada nesta quinta-feira. Baldez liderou uma comitiva de empresários e diretores da Fiema que foi a Imperatriz participar da solenidade. “Este empreendimento abre um novo mercado para nossas empresas e cria uma nova cadeia produtiva no Maranhão. As possibilidades de novos negócios para os empresários maranhenses são enormes e estamos prontos para dar suporte ao desenvolvimento deste segmento industrial”, afirmou Baldez.
A fábrica da Suzano Papel e Celulose em Imperatriz foi resultado de um investimento de US$ 2,4 bilhões, o que é equivalente a pouco mais de R$ 6 bilhões, e chegou a gerar 15 mil postos de trabalho no pico da obra. O empreendimento está focado no fornecimento de celulose para o mercado externo a partir do Porto do Itaqui e produzirá cerca de 1,5 milhões de toneladas anuais.

Senado chama Edison Lobão e Graça Foster para explicarem transações da Petrobras

GIRO ECONÔMICO

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, e a presidente da Petrobras, Graça Foster, serão convidados para audiência pública conjunta nas Comissões de Assuntos Econômicos (CAE) e de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) do Senado para esclarecerem a compra pela Petrobras da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, em 2006. O negócio pode ter causado um prejuízo de cerca de US$ 1 bilhão à empresa. Lobão também será questionado sobre a situação do sistema elétrico e o risco de racionamento de energia. Requerimentos propondo a audiência pública, apresentados pelos senadores Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) e Rodrigo Rollemberg (PSB-SE), foram aprovados ontem pela CMA. Na CAE, o autor do requerimento foi o senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF). Para Rollemberg, a presença do ministro e da presidente da Petrobras em uma audiência pública do Senado interessa a todos, inclusive ao governo Dilma Rousseff. Os senadores Eduardo Suplicy (PT-SP) e Pedro Taques (PDT-MT) também apoiaram o pedido.

Antecipação - Desde que reabriu a linha de antecipação de Imposto de Renda, dia 6, o Banco do Brasil contabiliza desembolso de R$ 100 milhões. O valor representa 14% maior do que o registrado no mesmo período de 2013. A antecipação do IRPF pode ser solicitada por correntistas que tenham indicado o BB para recebimento da restituição e tenham declarado o IRPF em meio eletrônico. O contrato pode ocorrer nas agências, terminais de autoatendimento, internet e na Central de Atendimento BB.

Capacitação - O vereador Ricardo Diniz e o diretor regional do Senac/MA, José Ahirton Batista Lopes, firmaram entendimento para levar serviços de capacitação profissional para a periferia de São Luís. A iniciativa vai dar oportunidade a jovens que estão na rua, mas que podem buscar uma qualificação profissional. “O Senac está de portas abertas para receber as solicitações de parceiros no que diz respeito à realização de educação profissional. E estamos disponíveis a atendê-los na medida do possível”, disse Ahirton.

Substituição tributária - Emendas da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e do senador Eduardo Suplicy (PT-SP) levaram o relator, Armando Monteiro (PTB-PE), a retirar de pauta da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado projeto que limita o poder dos estados de adotar a substituição tributária. O mecanismo obriga o contribuinte a pagar o imposto devido por clientes ao longo da cadeia de comercialização. A ampliação da modalidade anula o tratamento diferenciado garantido às microempresas.





Na Feira Internacional da CVC, realizada semana passada, em São Paulo, o secretário estadual de Turismo, Jura Filho, com a equipe da Setur que atuou na divulgação do potencial turístico maranhense aos participantes do evento



Audiências - O Centro de Conciliação de Conflitos do Fórum de São Luís fará concentração de audiências de processos sobre o IPTU, dias 31 de março e 1º de abril, com os interessados em acordo que tratam do imposto. De acordo com o coordenador do Núcleo de Solução de Conflitos, juiz Alexandre Abreu, a iniciativa visa a atender a grande procura por acordos, levando o Núcleo de Solução de Conflitos do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) a agendar, junto à Procuradoria do Município audiências concentradas. 

Codevasf - Desde sexta-feira da semana passada, a Superintendência Regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) está funcionando em novo endereço. Deixou a Avenida dos Holandeses, no Calhau, e passou a ocupar a ex-sede do Ibama, na Avenida Alexandre de Moura, nº 25, Parque do Bom Menino (Centro), onde conta com melhor estrutura para atendimento do público externo e oferecer melhores condições de trabalho para sua equipe.

CNJ isenta OAB de despesas com água e luz das dependências que ocupa em foruns e tribunais de Justiça

O Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) deve alterar norma interna que obriga a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) a pagar despesas relativas ao “fornecimento de água e energia elétrica, vigilância e taxas ou quotas condominiais” em função das salas que ocupa em fóruns e tribunais da Justiça do Trabalho. A decisão foi aprovada na 184ª Sessão Ordinária do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), realizada nesta terça-feira (11/3). No Pedido de Providências (PP 0000187-81.2013.2.00.0000), o Conselho Federal da OAB pedia a revogação de parte da Resolução 87/2011 do CSJT, e resposta à Consulta, que obrigava a Ordem a ratear despesas com “manutenção, conservação, fornecimento de água e energia elétrica, vigilância e taxas ou quotas condominiais, bem como de outras despesas operacionais” geradas pelo uso de espaço físico dos prédios da Justiça do Trabalho.
O pedido foi considerado procedente pela maioria dos conselheiros, que seguiram o voto da relatora, conselheira Maria Cristina Peduzzi. Com base em acórdão do Tribunal de Contas da União, o voto da conselheira determinou que a OAB deve arcar apenas com as despesas relacionadas a “despesas com telefone, instalação e conservação de móveis e utensílios e limpeza dos espaços cedidos”.  A conselheira fundamentou sua posição no artigo 133 na Constituição Federal, que considera o advogado “indispensável à administração da justiça”, no Estatuto da Advocacia, que prevê a cessão de “salas especiais permanentes para os advogados”, e na Lei nº 9.636/1998, que regulamenta a cessão de uso de imóveis da União. O artigo 18 da norma define que pessoas físicas ou jurídicas de interesse público ou social têm direito ao uso de imóveis da União “gratuitamente ou em condições especiais”. 
“Trata-se de pessoa jurídica que exerce atividades de relevante interesse público, não havendo qualquer óbice legal à cessão gratuita do espaço físico para o cumprimento do disposto no Estatuto da Advocacia”, afirmou Peduzzi em seu relatório. Votaram pela divergência aberta pelo conselheiro Saulo Casali Bahia os conselheiros Guilherme Calmon, Deborah Ciocci, Rubens Curado e o presidente do CNJ, ministro Joaquim Barbosa.

25 de mar de 2014

Edison Lobão terá de ir ao Senado explicar compra de refinaria nos EUA pela Petrobras e crise no setor elétrico

Edison Lobão e Graça Foster têm muto a esclarecer sobre a Petrobras
O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, e a presidente da Petrobras, Graça Foster, serão convidados para audiência pública conjunta nas Comissões de Assuntos Econômicos (CAE) e de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) do Senado para esclarecer a compra pela Petrobras da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, em 2006. O negócio pode ter causado um prejuízo de cerca de US$ 1 bilhão à empresa. Lobão também será questionado sobre a situação do sistema elétrico e o risco de racionamento de energia. Requerimentos propondo a audiência pública, apresentados pelos senadores Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) e Rodrigo Rollemberg (PSB-SE), foram aprovados nesta terça-feira (25) pela CMA. Na CAE, o autor do requerimento foi o senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF). Ele afirmou que o seu partido, antes de subscrever um eventual pedido de instalação de comissão parlamentar de inquérito (CPI) para apurar a transação, gostaria de ouvir os esclarecimentos do governo.
Para Rollemberg, a presença do ministro e da presidente da Petrobras em uma audiência pública do Senado interessa a todos, inclusive ao governo Dilma Rousseff. Os senadores Eduardo Suplicy (PT-SP) e Pedro Taques (PDT-MT) também apoiaram o pedido.
O convite ao ministro para discutir o setor elétrico já estava na pauta da CMA e, em acordo com líderes da base de apoio ao governo, foi ampliado para que Lobão possa tratar do caso da compra da refinaria. Também por entendimento foi incluído requerimento para chamar a presidente da Petrobras. Os senadores querem saber por que a Petrobras pagou valor 30 vezes maior que o montante pago pela empresa belga Astra Oil para adquirir a mesma refinaria, um ano antes. Querem também explicações sobre declarações da presidente Dilma Rousseff de que "parecer falho" teria embasado a compra da refinaria.
Sobre os problemas no setor elétrico, Randolfe quer saber a opinião do ministro sobre relatório da consultoria PSR, que aponta a probabilidade de o Brasil ter de decretar racionamento este ano, e esclarecimentos sobre notícias de problemas na Eletrobrás. Dois outros requerimentos, convidando Sérgio Gabrielli, presidente da Petrobras à época da compra da refinaria no Texas, e o ex-diretor da área internacional da estatal Nelson Cerveró, apontado como o responsável pelo “parecer falho” que teria orientado o negócio, foram lidos na reunião da CMA desta terça-feira e devem ser votados na próxima semana.
(Agência Senado)

CDL promove Liquida São Luís com descontos e prêmios para consumidores em 2 mil estabelecimentos

A Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL/São Luís) realiza, de 27 de março a 6 de abril a 2ª edição do Liquida São Luís. A ideia é garantir o aquecimento do setor durante um dos períodos apontados como um dos mais baixos em termos de venda para o comércio local. Com a realização da campanha promocional, a entidade prevê o aumento entre 20% e 25% nas vendas durante o período. Serão sorteados 11 prêmios. De acordo com os regulamentos da Liquida São Luís 2014, a cada R$ 25,00 em compras nas lojas participantes, o cliente recebe um cupom para concorrer aos sorteios de 11 prêmios, que pagar com cartão nas máquinas da REDE dobram os cupons. Serão sorteados uma caminhonete Ford Ranger cabine dupla, 5 caminhões de prêmios e 5 TV’s de 50 polegadas, além disso o colaborador que fez a venda ao cliente premiado, ganhará um tablet.
As urnas para recolhimento dos cupons estarão instaladas em todos os estabelecimentos comerciais que participam da campanha, além da própria sede da CDL São Luís. Nesta edição mais de 2 mil estabelecimentos participam da Liquida São Luís 2014, inclusive grandes nomes do varejo como Centro Elétrico, Potiguar, Shopping Marajó e Shopping Jacaraty. As lojas participantes serão identificadas com o material publicitário da campanha.

Vitorino Freire na mira da Funai: povoado Pedra do Salgado pode ser dada a povo indígena

Prefeito José Leandro em reunião com moradores de Pedra do
Salgado (imagem do blog Flando Sério, de Bacabal)
GIRO ECONÔMICO

Por coincidência, ou não, está novamente nas mãos do juiz federal Carlos Madeira o destino de dezenas de famílias no interior do estado, para acomodação de povos indígenas, e a questão agora envolve moradores da região de Pedra do Salgado, em Vitorino Freire, e o povo Krenyè, já praticamente extinto. Por volta dos anos 1940, um surto de sarampo vinha levando a óbito vários indígenas desta tribo e para evitar mortandade em massa, o governo federal distribuiu as famílias por vários municípios: Barra do Corda, Monção, Pindaré-Mirim etc. Dos originários desta tribo restam dois anciões, mas filhos, netos e bisnetos resolveram reivindicar a antiga propriedade, com aval da Fundação Nacional do Índios (Funai), que já está fazendo o levantamento da área que deve ter desapropriada.
A exemplo do que ocorreu em São João do Caru e Zé Doca, várias famílias estão há anos na área, muitos com história que ultrapassa um século, contando-se desde a chegada dos primeiros não índios à região, e se os indígenas tiverem razão vão ter que entregar terra, casa, criação, plantação etc.

Aproximação - Destacado pela sua atuação em defesa do meio ambiente, tendo se colocado frontalmente contra interesses dos municípios maranhenses que, equivocadamente, foram incluídos no bioma Amazônia, o deputado federal Sarney Filho (PV), temendo as conseqüências das urnas, vem a todo custo tentando uma aproximação dos produtores rurais e já sondou alguns dirigentes de entidades que representam o setor agropecuário, a fim de abrir um diálogo. Os emissários garantem que o parlamentar estaria arrependido pelas posições do passado, mas poucos duvidam que mostre este arrependimento em plenário na Câmara Federal, se reeleito.

Construção - O nível de emprego na construção civil no país cresceu 0,88% em fevereiro na comparação com o mês anterior, segundo o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP). Com a abertura de 30,8 mil vagas, o número de trabalhadores no setor passou de 3,49 milhões para 3,52 milhões. No acumulado do bimestre, em relação ao mesmo período do ano anterior, foi observada alta de 1,85%. Por região, o Norte teve queda de 1,31% e as outras regiões alta: Nordeste (0,74%), Sudeste (0,88%), Sul (1,82%) e Centro-Oeste (1,4%).

Encarte - Por atraso na impressão, a revista Maranhão Hoje que seria encartada para assinantes do Jornal Pequeno ontem, conforme anúncio neste Giro Econômico de domingo, será entregue somente amanhã. A revista, que já está nas bancas,traz um especial sobre shopping centers, ampla reportagem sobre os 47 anos de Santa Inês e uma entrevista com Benedito Buzar sobre os 50 anos da ditadura militar, como principais destaques.


Empossado, sexta-feira, presidente da Turma de Uniformização e Interpretação de Lei e no Conselho de Supervisão dos Juizados Especiais do Poder Judiciário do Maranhão, o desembargador Ricardo Duailibe, com a corregedora Nelma Sarney (E) e os juízes Márcia Chaves, José Américo (C), Francisca Galiza e Sheila Cunha


Suzano - A Suzano torce para que a área de reserva ambiental das propriedades rurais no Maranhão seja ampliada para 50% e não apenas 20% como ocorre atualmente. Sem isto, terá dificuldades para plantar o eucalipto que vai alimentar a fábrica de celulose em Imperatriz. A empresa pode enfrentar problemas também em Santa Quitéria, onde tem um plantio do vegetal, pois a Câmara Municipal aprovou lei proibindo grandes plantações de uma mesma cultura, mas não explica com quantos hectares se define o que é grande.

Preservação - O dono de um restaurante na Praia Grande chegou a ser intimado pelo Iphan por colocar no turno da tarde cadeiras (três no máximo) do outro lado da rua em que está estabelecido para clientes fazerem a digestão na sombra. A mobília é recolhida todos os dias, portanto não agride ao patrimônio histórico, com o que não concorda o órgão federal. Próximo dali, a Vale, ao recuperar o prédio onde funcionou o Liceu Maranhense para ser Museu da Língua Portuguesa, mandou fixar luminárias na calçada, e aí pode.

24 de mar de 2014

Flávio Dino apela ao senador José Sarney para uma disputa eleitoral no Maranhão "sem jagunços"

O pré-candidato a governador do Maranhão pelo PCdoB, Flávio Dino, ao alertar a possibilidade de uso de métodos ilegais pelos seus adversários para perseguir membros da oposição, fez um apelo ao senador José Sarney (PMDB-AP), para que oriente seu grupo a competir de maneira limpa, "sem jagunços, arapongagem e perseguições". Indignado com o que classifica métodos de intimidação, Dino disse que "se continuarem os indícios de banditismo político no Maranhão, como ameaças e ‘monitoramentos’, irei tomar as medidas legais necessárias”, disse Flávio Dino pelas redes sociais ao comentar a possibilidade de uso de “métodos da ditadura” para persegui-lo.
Flávio Dino lamentou a perpetuação da prática da velha política no estado, fruto dos expedientes da oligarquia. Nesse sentido, Dino fez um apelo ao próprio José Sarney pela existência de eleições limpas no Maranhão. “Faço um apelo público ao senador Sarney: determine ao seu grupo que dispute eleições limpas, sem jagunços, arapongagem e perseguições”. O pré-candidato afirmou que, em uma das viagens pelo Maranhão, jagunços fotografaram as placas dos carros de sua comitiva.
Como pré-candidato ao governo do estado pela oposição, Flávio Dino é alvo constante de ataques pessoais feitos a partir de um complexo de comunicação comandado pela família Sarney.

Roseana Sarney diz que Luis Fernando é o seu "peão de obra" e por isto o escolheu candidato a governador

Ao discursar na manhã desta segunda-feira, na solenidade de autorização do início das obras do Corredor Metropolitano, a governadora Roseana Sarney chamou o seu secretário de Infraestrutura de "peão de obras". Ela disse que se coloca na condição de "mestre de obra". O corredor metropolitano é uma avenida que vai interligar os quatro municípios da Ilha: São Luís, São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar.
A governadora surpreendeu também ao declarar, após a solenidade, que sabia de toda a crise no sistema prisional de Pedrinhas, mas preferiu investir o dinheiro do estado em obras de saúde e educação, pois não iria privilegiar bandidos. A crise no sistema prisional resultou em diversas mortes de pessoas, dentro e fora do presídio e uma das consequencias mais graves foi a morte de uma criança, queimada num incêndio a ônibus, com ordens partidas de dentro da penitenciária. A OAB ingressou com uma ação contra o Estado para que, pela sua omissão, indenize as famílias das pessoas mortas neste conflitos de presidiários.
Mais uma vez a governadora deixou no ar seu futuro político, ao dizer que ainda não se definiu quanto à renúncia para concorrer ao Senado. A alguns aliados políticos ela já jurou que fica no Palácio dos Leões até 31 de dezembro, em público sempre deixa a especulação.
Quando se referiu ao seu "peão de obras", Roseana fez um alerta aos presentes na solenidade, dizendo que só há uma maneira do Maranhão continuar crescendo, a eleição de Luis Fernando para governador.
A declaração de Roseana sobre Luis Fernando lembra a entrevista concedida à revista Veja, em seu segundo mandato de governadora, quando, ao explicar a mudança na gestão pública, com a extinção das secretarias de estado para transformá-las em gerências, cometeu uma gafe ao dizer qual era o papel dos auxiliares. Segundo ela, os gerentes regionais serviam para trocar lâmpadas, consertar goteiras e outras obras menores.

Gilberto Kassab vem ao Maranhão para declarar apoio à candidatura de Luis Fernando ao governo do estado

Ex-prefeito de São Paulo preside o PSB nacionalmente
O ex-prefeito de São Paulo e presidente nacional do Partido Social Democrático (PSD), Gilberto Kassab, estará  em São Luís nesta terça-feira (25), onde às 17h tem encontro com o secretário estadual da Fazenda, Cláudio Trinchão, presidente da legenda no estado. O objetivo do encontro é debater os novos rumos do PSD no Maranhão e sua reestruturação, além de declarar o apoio ao candidato Luís Fernando (PMDB), que disputa as eleições de 2014 ao cargo do governo do Estado do Maranhão.
Gilberto Kassab concederá entrevista coletiva na sede do partido, a partir das 17h30, na sede do partido, na Avenida dos Sambaquis- 27, Calhau . 

Sérgio Frota lança memorial do Sampaio Corrêa na festa em que o clube comemora seus 91 anos de história

Nesta terça-feira (25), quando serão comemorados os 91 anos do Sampaio Corrêa, time de maior torcida no estado e que estará representando o Maranhão na Série B do Campeonato Brasileiro este ano, o seu presidente, Sérgio Frota, lançará o memorial do clube. Às 8h00 da manhã, um Culto Ecumênico abençoará o Sampaio e todos que fazem o clube se tornar ainda mais forte. A celebração acontece na própria sede, no CT José Carlos Macieira, Turu.
Com este memorial será possível conhecer a trajetória do clube ao longo destas mais de nove décadas, com fotos, camisas históricas, títulos, troféus e muitos outros elementos que enaltecem os 91 gloriosos anos da história Tricolor. A cerimônia de aniversário ainda contará com a inauguração da sala de imprensa do Sampaio, espaço criado para oferecer melhores condições de trabalho aos profissionais que cobrem o cotidiano do clube.

Prefeito de Ribamar diz que Corredor Metropolitano vai facilitar mobilidade urbana nos municípios da Ilha

Ao participar na manhã desta segunda-feira da solenidade de assinatura da ordem de serviços para início das obras do Corredor Metropolitano, o presidente da Federação dos Municípios, Gil Cutrim, que é prefeito de São José de Ribamar, destacou a obra como fundamental para melhorar a mobilidade urbana nos municípios da Grande Ilha. “Esta obra integrará, ainda mais, São Luís, Ribamar, Paço e Raposa oferecendo aos seus moradores um importante corredor de tráfego urbano, contribuindo, ainda, com a mobilidade urbana em toda região metropolitana. É uma importante obra de modernização da infraestrutura de uma região extremamente habitada”, afirmou Cutrim.
Gil Cutrim participou do evento, na Beira Rio, na Maioba, onde a governadora Roseana Sarney (PMDB) e o secretário estadual de Inmfraestrutura, Luis Fernando Silva, anunciaram a execução da obra. Também participaram os prefeitos Josemar Sobreiro (Paço do Lumiar) e Clodomir Oliviera (Raposa). 
“Roseana e Luis Fernando estão dando continuidade a um projeto de modernização da Ilha pensado e iniciado ainda na década de 60, quando o governador era José Sarney. Eu e os demais prefeitos da Ilha estamos extremamente satisfeitos e esperançosos de que mais obras de infraestrutura serão executadas pelo Governo do Estado em parceria com as Prefeituras”, disse.
A obra do Corredor Metropolitano tem extensão de 10,11 km e está sendo executada por meio do programa Viva Maranhão, com investimentos de R$ 110.981.364,92, e financiamento do BNDES. A via contará com corredor exclusivo para ônibus, com 7,60 m de largura; duas faixas de rolamento para veículos em cada sentido com 3,15m cada; ciclovia em toda a extensão da Avenida com 2,40m de largura; cinco estações de passageiros; duas pontes e um elevado.

Astro de Ogun anuncia candidatura a presidente da Câmara Municipal de São Luís, "sem influência do prefeito"

Ao ocupar a tribuna da Câmara Municipal nesta segunda-feira, o vereador Astro de Ogun resolveu acabar com o mistério sobre a sucessão de Isaias Pereirinha neste parlamento. “Agora posso dizer que sou sim candidato a presidente da Câmara Municipal de São Luís”, disse, ao anunciar que as alterações do Regimento Interno e da Lei Orgânica do Município (LOM) serão votadas nesta terça-feira, (25). Segundo Astro, o vereador Francisco Carvalho (PSL), ex-presidente da Casa, é o articulador de sua candidatura pela “Chapa Vereador Professor Lisboa”.
“Ao longo desses quatro meses sempre buscamos o entendimento, a unidade e o trabalho pelo fortalecimento do Legislativo”, destacou ele, lembrando que durante o exercício desses seus quatro mandatos, em momento algum colocou seu nome para disputar a Presidência da Câmara Municipal, apenas seu nome sempre apareceu como cotado. “Quanto à especulação de que o prefeito influenciaria na eleição da Câmara, quero deixar claro que, em momento algum o prefeito Edivaldo Holanda Junior se meteu na eleição e não lançou nenhum candidato”, completou.
O vereador disse que houve momentos de turbulências, choque de opiniões, "o que é normal no parlamento, pois todos têm seus ideais, mas chegou o momento e em nome de todos os vereadores e vereadoras que me apoiaram e me apoiam nesta Casa dizer que sou sim candidato a presidente. Cabe agora aos nobres vereadores e vereadoras cuidarem da organização do processo eleitoral para a gente possa consolidar todo esse processo”.

Roseana e Luis Fernando autorizam nesta segunda-feira início das obras da Avenida Transmetropolitana

Luis Fernando (E) e Roseana dão ponta-pé inicial da Transmetropolitana
A governadora Roseana Sarney e o secretário de Estado da Infraestrutura, Luis Fernando Silva, autorizaram nesta segunda-feira (24), 11h, na localidade Beira-Rio, na MA-204 (Estrada da Maioba), o início da obra da primeira etapa da implantação do Corredor Metropolitano da Ilha de São Luís.
A obra, com extensão de 10,11 km, será realizada por meio do programa Viva Maranhão, com investimentos de R$ 110.981.364,92, e financiamento do BNDES. 
A via contará com corredor exclusivo para ônibus, com 7,60 m de largura; duas faixas de rolamento para veículos em cada sentido com 3,15m cada; ciclovia em toda a extensão da Avenida com 2,40m de largura; cinco estações de passageiros; duas pontes e um elevado.


Muito cuidado com o discurso dos políticos, pois geralmente quando eles apontam o dedo...

GIRO ECONÔMICO

Campanha presidencial de 1989, a primeira com eleição direta depois do golpe militar de 1964. Num debate na TV, o então candidato do PRN, Fernando Collor de Melo, hoje senador pelo PTB, foi categórico ao alertar à Nação de que seu adversário, Luis Inácio Lula da Silva (PT), de quem hoje é aliado, tinha um plano para confiscar a poupança dos brasileiros. Nem mesmo Lula sabia do que se tratava, mas os eleitores só foram se dar conta de que bicho era aquele após elegerem Collor, pois ele é quem realmente tinha o plano de confisco não apenas da poupança, mas das contas correntes também. Em 2010, em plena campanha eleitoral, a presidente Dilma Rousseff, cheia de boas intenções com o patrimônio nacional, garantia que seu adversário José Serra (PSDB) tinha planos para sucatear a Petrobras, a fim de vendê-la, e mais: privatizar o Pré-Sal.
Nos últimos dias, farto noticiário envolvendo a estatal de petróleo mostra quem realmente estava tencionado a quebrá-la: o governo do PT, que antes de torrar uma fortuna comprando uma refinaria velha, nos EUA, já havia loteado o Pré-Sal. Como se aproxima mais uma eleição, cuidado, pois quando um candidato disser que o adversário vai fazer, tenha certeza: quem diz é quem realmente fará.

Televisão - É impressionante o comportamento de lojistas e gerentes de estabelecimentos comerciais de São Luís. Nos expositores de aparelhos de TV, em muitas lojas de departamento, todos, às vezes 50 ou mais, ficam sintonizados na Globo, numa propaganda indireta a essa emissora. Indagada sobre o porquê desta prática, a vendedora de uma famosa loja justificou que como os aparelhos são digitais ou HD deve-se mostrar a melhor imagem. Ok, mas não é apenas a Mirante que tem este recurso tecnológico, pois Cidade, Difusora, Guará e Rede Vida já operam assim. Que tal democratizar?

Prefeita - A empresária Maria Alves, sócia da rede supermercadista Silmar, não tem dúvidas de que ainda este semestre poderá se tornar prefeita de Arari. Ela perdeu a eleição para o atual prefeito, Djalma Melo, mas este foi cassado pela Justiça em primeira instância. O julgamento do recurso no Tribunal Regional Eleitoral pode ocorrer ainda este mês e ser convocada nova eleição, com campanha de apenas trinta dias, ou seja, se tudo ocorrer conforme o script da supermercadista, em maio a sucessão estará definida, e ela será candidata novamente.

Comemoração - Os 92 anos do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) serão comemorados amanhã à noite, no Grand São Luís Hotel (Centro), num evento que vai acabar se transformando num ato em favor da candidatura de Flávio Dino ao governo do estado. Segundo o presidente estadual da legenda, jornalista Márcio Jerry, vai haver um momento de reflexão também sobre os 50 anos do golpe militar de 1964.






O presidente Federação das Indústrias, Edilson Baldez, levou um grupo de empresários para a inauguração da fábrica da Suzano Papel e Celulose, em IMperatriz. Faziam parte da comitiva Benedito Mendes, Zeca Belo, Alexandre Ataíde, José Orlando Leite Filho, Pedro Robson de Holanda, José Antônio Buhatem e Francisco Magalhães Rocha.

Cruzeiro - O piloto de Stock Cars, Thiago Camilo, que compete com carro da Chevrolet nesta modalidade de automobilismo, marcou presença na viagem de passeio e palestras do Clube de Líderes da Chevrolet, semana passada, num cruzeiro marítimo pelo litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro. Na viagem, estavam os melhores consultores de vendas da General Motors do Brasil, destacando-se oito do Grupo Dalcar (Cauê, Dalcar São Luís, Santa Inês e Bacabal), a concessionária Chevrolet mais premiada do Brasil.

Endereço - O editor deste Giro Econômico já está estabelecido em novo endereço comercial. A partir de agora as correspondências para a coluna devem ser encaminhadas para a Avenida Castelo Branco – 333, Edifício Comercial São Francisco, Sala 403, onde está funcionando a Class Mídia, do qual é sócio proprietário, e a redação de Maranhão Hoje, única revista de periodicidade mensal regular no estado, cuja venda é feita mais de oitenta bancas somente na capital, além de várias cidades do interior.

Além de rebaixado para 2ª divisão, Bacabal é desligado das competições da Federação Maranhense de Futebol

O Leão do Mearim, como é conhecida a equipe do Bacabal Esporte Clube (BEC) está desligado oficialmente das competições oficiais da Federação Maranhense de Futebol. Rebaixado para a segundo divisão do Campeonato Maranhense, o clube por estar débito com a entidade, já que não pagou multas que somam R$ 26 mil, referentes a não pagamento de taxas de arbitragem. No de sexta-feira, a Segunda Comissão Disciplinar da FMF, julgou o rebaixamento do BEC com base no artigo 191 do CBJD, artigo 54, inciso III do Regulamento Geral das Competições da CBF e artigop 2º do Regulamento Geral das Competições da FMF.
O relator od processo foi o auditor Edno Marques e a decisão sobre a punição do Bacabal foi por unanimidade. Segundo o presidente da Segunda Comissão Disciplinar, João Francisco Gomes, o BEC não poderá participar das competições da FMF, até que pague as multas que deve. O pagamento deverá ser feito na secretaria do TJD.

Presidente da Federação das Indústrias é convidado do programar Inspirar da TV Guará, nesta segunda-feira

No programa Inspirar da TV Guará, desta segunda-feira, 24, às 22h45, pelo canal 23, o presidente da Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema), Edilson Baldez, fala com o professor Cidinho Marques e trata de uma questão fundamental para o Maranhão na atualidade: como os empresários e governo podem aproveitar em termos técnicos e humanos as oportunidades de negócios do estado no momento?
Como a Fiema está mobilizando setores produtivos e a sociedade para superar obstáculos e limitações em relação a essas oportunidades? Que esforços estão sendo feitos para tornar a produção industrial local competitiva no país e fora do país?
Para 2014, por exemplo, a Fiema vai triplicar seus investimentos na construção de novas unidades, pessoal e na interiorização do Sistema Sesi e Senai. É sobre esta e outras questões que Edilson Baldez falará no Inspirar desta segunda-feira.

Maranhão Atlético, o demolidor de cartazes, é rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Maranhense

Com a soma de apenas sete pontos nos dois turnos do Campeonato Maranhense d 2014, a equipe do Maranhão Atlético Clube (MAC), a famoso demolidor de cartazes, foi rebaixado neste domingo para a segunda divisão desta competição. 
A equipe atleticana foi derrotada na cidade de Barra do Corda pelo placar de 4 X 3 pelo time do Cordino, que, com a vitória, ganhou direito de disputar o mata-mata do segundo turno. 
Apesar de rebaixado, o Maranhão tem compromissos agendados numa das competições de elite do futebol brasileiro. Dia 02 de abril estreia na Copa do Brasil, em São Luís, contra o time do Payssandu, de Belém (PA). Se derrotado por mais de um gol, em casa, despede-se da competição e pode fechar para balanço.


23 de mar de 2014

Movimento de passageiros no aeroporto de São Luís registra queda nos primeiros dois meses de 2014

GIRO ECONÔMICO

O movimento de passageiros no Aeroporto Internacional Hugo da Cunha Machado, em São Luís, registrou nos dois primeiros meses de 2014 uma queda de 17,49% em comparação a igual período do ano passado. De acordo com os números da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), em janeiro e fevereiro deste ano os embarques e desembarques na capital atingiram a soma de 247.890, enquanto nestes mesmos meses, em 2013, tinham sido 300.470, isto é, houve uma queda de 52.580 passageiros. Por outro lado, o Aeroporto Prefeito Renato Cortez Moreira, de Imperatriz, registrou aumento no movimento de passageiros. Os embarques e desembarques na região tocantina foram 46.606 no primeiro bimestre de 2014 contra 41.393 em 2013, o que significa uma variação de 12.5%, com 5.113 passageiros a mais.
O que explica o fenômeno? Nos dois primeiros meses deste ano, São Luís foi afetada por uma onda de violência, cuja repercussão nacional afugentou os turistas. Já em Imperatriz, o turismo de negócios aqueceu por conta da Suzana, o agronegócio de Balsas e o beneficiamento de minério em Açailândia.

Amasp - Inspirada na Copa do Mundo, a Associação Maranhense de Supermercados (Amasp) comemora hoje 36 anos de fundação com um Torneio de Futeboll Society, na Chácara Brasil, no Turu. A festa tem como tema “Somos todos campeões”. E é neste clima de festa que o presidente da entidade, João Magalhães Sampaio, projeta o movimento para o período dos jogos: “Acreditamos que haverá um aumento de vendas, principalmente de bebidas e alimentos, o que beneficia muito os supermercados, além da venda dos eletroeletrônicos, com destaque para televisores”.

Transparência - A pedido do presidente da Federação dos Municípios (Famem), Gil Cutrim, o Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA), presidido pelo pai do prefeito, Edmar Cutrim, adiou o recebimento das prestações de contas referente a 2013, dos prefeitos e presidentes de câmaras, para 04 de abril. Vale destacar que o despacho não se deu em família, pois quem recebeu o ofício o despachou favoravelmente aos prefeitos foi o vice-presidente, Jorge Pavão, que é casado com a ex-prefeita de Santa Helena, Helena Pavão, cujas contas ainda vão ser apreciadas também pelo TCE. 

Dois pesos e duas medidas - No bairro do Maranhão Novo, a Prefeitura Municipal mandou jogar por terra um prédio que estava sendo construído fora dos padrões da Lei de Ocupação do Solo Urbano. No bairro Alto do Calhau, em frente ao Cohafuma, a Cyrella construiu também um gigantesco prédio comercial fora do alinhamento da Avenida Jerônimo de Albuquerque, mas, em vez de demolição, um acordo para que a poderosa da construção civil nacional compense o Município pelo dano causado. 






Em São Paulo, na Feira Internacional da Construção, os presidentes do Sinduscon, Fábio Nahuz (E), e da Ademi-MA, Cláudio Calzavara, ladeando José Carlos Martins, vice-presidente da Câmara Brasileira da Indústria de Construção (Cbic)



Empresário do ano - Já está em fase de análise dos diretores da Associação Comercial do Maranhão a mudança nas regras para escolha do Empresário do Ano, distinção que é concedida com base em indicações de todas as entidades patronais, cabendo aos diretores da ACM a eleição final com base numa lista sêxtupla. Pelas alterações, devem ser escolhidos mais de um homenageados, por categoria, porte de empresa etc, mas isto ainda vai levar um bom tempo de debate até se chegar a um consenso sobre esta eleição.

Lançamento - Foi adiado para 04 de abril o lançamento da revista Juris, publicação bi-mestral sob a responsabilidade do Centro de Estudos Constitucionais e Gestão Pública (CECGP), presidido pelo advogado Sérgio Tamer. Em seu primeiro número, a revista reúne colaborações de diversas personalidades do meio jurídico, com destaque paras os artigos do juiz federal Roberto Veloso, que fala sobre a responsabilidade penal das empresas, e do desembargador Lourival Serejo, sobre a constitucionalização do Direito da Família.

22 de mar de 2014

No Maranhão chega-se a oferecer apenas R$ 250,00 para compra de uma criança, denuncia freira católica

Maria Begoña faz grave denúncia sobre tráfico de crianças no Maranhão
A freira espanhola Maria Begoña, que  integra a instituição Irmãs Adoradoras, é autora de uma grave denúncia. Segundo ela, em diversas áreas de São Luís, principalmente no Centro Histórico, área de grande concentração de turistas, mas também muito freqüentada por mulheres que se prostituem e se drogam, aliciadores oferecem às gestantes pequenas quantias para se tornarem donos dos seus filhos e pagam por uma criança a insignificante quantia de R$ 500,00, mas há relatos de mães que foram a vender um casal de gêmeos ao preço de R$ 250,00 por cada um deles. O assunto é abordado em detalhes pela revista Maranhão Hoje em sua edição de março, que chegou às bancas neste sábado.
Maria Begoña relata ainda, como prova da ação de sua instituição contra o tráfico de humano, uma recente decisão da Justiça Espanhola, que obrigou o assassino de uma moça de Bacabal levada para a Espanha, onde foi obrigada a viver numa casa de prostituição, para que sua mãe passasse a receber uma indenização mensal, paga pelo assassino, que, apesar de alegar ter sido ameaçado, como cliente, e numa reação acabou matando a moça. A freira diz que fica em Goiás os pontos de transferência de meninas levadas do Maranhão à Europa para se prostituírem.

Lastro Engenharia anuncia para o mês de maio lançamento de shopping na região do Vale do Pindaré

Projeto da Lastro para um moderno shopping em Pindaré-Mirim está pronto
A expansão dos negócios em shopping centers no Maranhão, tema principal da edição deste mês da revista Maranhão Hoje, que já está nas bancas, está chegando em definitivo à região do Vale do Pindaré, onde a Lastro Engenharia, presidida por Osvaldino Pinho, planeja lançar seu empreendimento ainda este semestre. Semana passada, a empresa recebeu da Prefeitura Municipal de Pindaré-Mirim, alvará e licença ambiental para início das obras. Pelo projeto inicial, o Shopping Rio Pindaré seria construído em Santa Inês, e a empresa até chegou a fixar outdoors no local em que pretendia erguê-lo, um terreno às margens da BR 222, entre Santa Inês e Santa Luzia. Como não conseguiu desburocratizar a licença para dar continuidade ao projeto, a Lastro foi obrigada a recorrer a outro município vizinho a Santa Inês, Pindaré-Mirim, e decidiu construí-lo na MA 340, entre as duas cidades.
De acordo com o empresário Osvaldino Pinho, o projeto se fortalece mais ainda com o anúncio de duplicação desta rodovia estadual, que vai ganhar característica de uma avenida ligando as duas cidades. Pelos planos da Lastro Engenharia, a limpeza do terreno começa no próximo mês e o lançamento deve ser feito ainda em maio ou no máximo em junho. O financiamento é do Banco do Nordeste. Além de Pindaré-Mirim, estão com obras de shopping centers em andamento as cidades de Açailândia (Unique), Bacabal (Pátio Avenida), Caxias (Caxias Shopping), São José de Ribamar (Pátio Norte) e São Luís (Passeio). Fora esses, encontram-se em fase da ampliação, o São Luís e o Jaracati, ambos na capital.
Shopping center ia ser construído no município de Santa Inês
O crescimento de negócios em shopping centers no Maranhão é abordado na edição de março da revista Maranhão Hoje, cuja edição estará sendo disponibilizada para assinantes do Jornal Pequeno nesta segunda-feira (24). A revista traz um histórico desses empreendimentos, destaca as maiores obras, aborda a geração de empregos e uma série de outros temas ligados ao setor. Na reportagem, destaques para o Pátio Norte, da Canopus Engenharia, nas proximidades do Maiobão, o primeiro shopping metropolitano de São Luís, e a inauguração, em maio, da expansão do São Luís. O Shopping Rio Pindaré terá área construída de 18.422 metros quadrados, e a Área Bruta Locável (ABL) será de 13.120 metros quadrados. Serão 91 lojas satélites e nove âncoras e maga lojas, dentre elas um supermercado. Constam ainda do projeto 15 restaurantes na praça de alimentação, quatro salas de cinema, estaacionamento para 850 lugares etc. O investimento é calculado em R$ 78 milhões.

Prefeito Edivaldo Holanda Júnior entrega mais 370 títulos de propriedade a famílias de bairros da periferia

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior entregou, na manhã deste sábado (22), 370 títulos de propriedade de imóveis a famílias residentes na Vila Mauro Fecury II. Durante a distribuição dos documentos que garantem a posse das casas às famílias, ato que aconteceu na UEB Cônego Sidney Castelo Branco Furtado, localizada na Avenida José Sarney (Vila Ariri), o prefeito garantiu que até o final do seu mandato serão distribuídos 10 mil títulos de propriedades as famílias ludovicenses.
O prefeito Edivaldo enfatizou a retomada do programa, iniciado ainda na gestão do saudoso ex-prefeito Jackson Lago e que ficou paralisado por dez anos e ressaltou que tem trabalhado firme, incansavelmente, para resolver os problemas das cidade. A ação faz parte da quarta etapa do programa “Minha Casa é Legal”, iniciado em 2013. As duas primeiras etapas ocorreram no bairro Coroadinho, onde foram entregues 757 títulos. A terceira etapa foi realizada em fevereiro deste ano, beneficiando mais 334 famílias residentes nos bairros Mauro Fecury I e Vila Nova.
O secretário municipal de Urbanismo e Habitação, Diogo Diniz Lima, informou que mais 2 mil títulos de propriedades estão prontos para serem entregues “A nossa finalidade é regularizar esse imenso passivo urbano que assumimos referente à ocupação espontânea em São Luís. Temos feito uma ação intensificada nesse sentido e outras novas frentes de trabalho serão deflagradas na região da Cidade Operária e Sacavém”, informou o titular da Semurh, ao ressaltar que além da garantia de propriedade de um lote, por meio da regularização fundiária, a população passa a ter a garantia de acesso aos equipamentos básicos de urbanismo, saúde e educação, tendo uma série de novos direitos, especialmente na melhoria de sua própria habitação.

Benedito Buzar diz que se não houvesse a ditadura militar João Castelo, Nunes Freire e Pedro Neiva não teriam sido governador do Maranhão

Na entrevista concedida à revista Maranhão Hoje (edição de março), que está nas bancas, o jornalista Benedito Buzar diz que se não tivesse havido o golpe militar de 1964, Pedro Neiva de Santana, Nunes Freire e João Castelo não teriam sido governador do Maranhão. Os dois primeiros, diz, não tinham projetos políticos para tanto, e o terceiro era muito jovem. “Nenhum dos três - Pedro Neiva de Santana, Nunes Freire e João Castelo - se as eleições ainda fossem diretas, seria eleito. Os dois primeiros porque nunca aspiraram ser candidatos a governador. O terceiro, Castelo, porque estava começando sua carreira política”, afirma categoricamente o entrevistado.
Indagado sobre como o golpe militar foi recebido no Maranhão, Benedito Buzar diz que apaticamente. “Nos dias que antecederam ao golpe os setores de esquerda (sindicatos, entidades de estudantes e alguns políticos) chegaram a fazer algumas reuniões de apoio a Jango (João Goularet), mas sem qualquer manifestação de rua”, frisa 
Nascido em Itapecuru-Mirim, região do Baixo Paranaíba no interior maranhense, o jornalista Benedito Buzar é considerado um dos maiores pesquisadores do Maranhão. Presidente da Academia Maranhense de Letras, é autor de vários livros sobre a política maranhense e de várias crônicas e reportagens especiais sobre este tema. Buzar era deputado estadual quando o Brasil estava sob regime militar implantado em 1964 e foi um dos que tiveram seus mandatos cassados.

Maranhão Hoje traz na edição de março ampla matéria sobre a evolução de shopping centers no estado

A revista Maranhão Hoje, edição de março, que chegou às bancas neste sábado traz um especial sobre a evolução dos shopping centers no Maranhão. Neste especial, o leitor vai conhecer como as classes populares vêm conseguindo influenciar na sofisticação desta modalidade de comércio e um pouco da história, desde o Colossal aos últimos lançamentos. A revista traz ainda uma entrevista com o jornalista Benedito Buzar, que teve mandato de deputado estadual cassado, sobre a ditadura militar e suas consequências políticas no estado. Segundo ele, sem o golpe militar, Pedro Neiva, Nunes Freire e João Castelo não teriam sido governadores do Maranhão.
Também sobre política, o advogado Carlos Sérgio Barros explica o processo sucessório indireto da governadora Roseana Sarney, caso ela decida renunciar ao cargo para concorrer a uma vaga no Senado.
Maranhão Hoje traz ainda uma ampla reportagem sobre os 47 anos de emancipação política do município de de Santa Inês e ainda uma grave denúncia da freira católica Maria Begoña, da Espanha, sobre o tráfico de crianças em São Luís. A revista é enriquecida com artigos de João Batista Ericeira, João Conrado de Carvalho, Pirre Januário e Antônio Duarte. A revista é vendida nas melhores bancas de São Luís - Centro, São Francisco, Renascença, Calhau, Cohab-Anil, Turu etc - bem como no interior do estado.



Gil Cutrim apela e TCE, presidido pelo seu pai, adia prazo para entrega de prestações de contas dos prefeitos

Atendendo pedido da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), presidida por Gil Cutrim, prefeito de São José de Ribamar, o Tribunal de Contas do Estado (TCE/MA), presidido pelo pai do prefeito, Edmar Cutrim, decidiu adiar para 04 de abril o prazo final para entrega das prestações de contas, pelos gestores públicos, referentes ao exercício de 2013. O prazo final era 02 de abril. Na solicitação protocolada no dia 19 deste mês, Gil Cutrim justificou o pedido com base em alterações do artigo 57 da Constituição Federal.
“A Emenda Constitucional nº 50/2006 alterou o artigo 57, fazendo com que os trabalhos no Legislativo Nacional iniciassem a partir do dia 02 de fevereiro. Com essa alteração, a Assembleia Legislativa do Maranhão, por meio da EC nº 49, também alterou o início dos trabalhos do Legislativo Estadual, situação que também foi seguida pelas Câmaras Municipais. Essas alterações constitucionais acarretaram na modificação do prazo para que os gestores maranhenses apresentassem suas prestações de contas junto ao TCE, uma vez que o artigo 158, inciso IX da Constituição Federal, institui o prazo de 60 dias do início dos trabalhos do Legislativo, que em regra ocorre dia 02 de fevereiro”, afirmou Gil Cutrim.
O entendimento de Cutrim foi considerado pertinente e correto por parte do presidente em exercício da Corte de Contas, conselheiro Jorge Pavão, que, nesta última quinta-feira (20), deferiu o pedido da Famem e autorizou o alongamento, por mais dois dias, do prazo.
As prestações de contas devem ser entregues pelos gestores no Tribunal totalmente digitalizadas e gravadas em alguma mídia eletrônica, conforme determina as Instruções Normativas nº 25 e nº 26 instituídas do próprio TCE. Os gestores públicos que não encaminharem os documentos até o dia 04 de abril serão declarados inadimplentes e estarão sujeitos às sanções previstas na legislação, além do pagamento de multas.

Para senador João Alberto, punição para chefe do crime organizado é como cobrança de IPTU: ninguém paga

O senador João Alberto de Souza (PMDB), que foi um dos homens públicos que mais tiveram coragem de enfrentar o crime organizado no Maranhão, quando governador do estado, em 1990, ao fazer ontem uma análise sobre o crescimento da violência no estado, fez dois comentários: os registros de brigas que acabam em morte não há como se controlar, até porque é impossível a polícia estar em todos os lugares para impedir conflitos até mesmos de familiares e amigos, mas, com relação ao crime organizado, disse que este se ramifica por saberem, seus líderes, que não pagam pelos seus danos. O senador frisou que quase todas as pessoas pagam Imposto de Renda, IPVA, ISS e outros impostos porque sabem das conseqüências pela sonegação, mas quando o assunto é IPTU, muitos relaxam por saberem que não terão punição. Muitos até podem até morrer e nunca pagar este imposto.
Em resumo, quis dizer o seguinte: se os traficantes de drogas e de armas e os organizadores de pistolagem soubessem que iriam sofrer muito quando seu crimes fossem descobertos, a maioria já teria saído desse negócio.

Rangel - Começa terça-feira (25), na Universidade Federal do Maranhão, a programação comemorativa do centenário de nascimento de Ignácio Rangel, um dos mais brilhantes economistas do Brasil, nascido em Mirador (MA), e que tem uma trajetória que inclui participação na Revolução de 30 e destaque como um dos mais atuantes assessores de Getúlio Vargas. Rangel é referência do pensamento econômico brasileiro do século XX, por isto o Conselho de Economia, a Academia de Letras e a UFMa se uniram para este evento.

Cidadania - Ontem, moradores da Vila Verde, Mauro Fecury II e Anjo da Guarda, deram início ao projeto Costurando o Futuro com Cidadania, iniciativa apoiada pela mineradora Vale que vai gerar novas oportunidades de geração de renda para 180 mulheres. O projeto consiste na capacitação teórica e prática através do curso de corte e costura para mulheres a partir de 18 anos de idade. As aulas serão iniciadas em abril pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), órgão do Sistema Fiema.

Salão de BH - A secretaria Municipal de Turismo de São Luís participou do Salão de Turismo de Belo Horizonte, onde o secretário adjunto, Guilherme Marques, manteve contatos com as maiores agencias de viagens mineiras, a fim de divulgar o destino São Luís. A companhia aérea Azul, que tem vôos diários para Cofins, foi uma das grandes parceiras de Semtur neste evento, que oportunizou ainda a realização de cursos sobre como se vender turisticamente São Luís. 








No Salão de Turismo de BH, Guilherme Marques (E), secretário-adjunto de Turismo de São Luís, com o prefeito Marcio Lacerda (C) e o presidente da ABAV/MG Antonio da Mata, prestigiando o estande de São Luis

Ararienses - Hoje à noite, a partir das 20h30, no Rio Poty Hotel, o desembargador Marcelino Chaves Ewerton reúne um grupo de amigos ararienses para uma confraternização, que acabará se transformando num encontro de parentes, haja vista ser este um dos municípios onde mais se registram enlaçamentos matrimoniais de pessoas das mesmas famílias. Autor do livro Crônicas de um Arariense, Marcelino pretende com este evento se aproximar mais ainda de seus conterrâneos para um momento de descontração.

Acarajé - Bem próximo de onde foi retirado pela Prefeitura Municipal, por pressão do Ministério Público, um morador de rua, que se abriga dentro da sucata de um Fusca, ainda funciona na Avenida Litorânea um trailer para venda de acarajé. O estabelecimento é muito freqüentado por gente e talvez por isto nenhuma autoridade se deu conta de que sua presença ali é mais danosa do que a do Pirata, como ficou famoso o excluído, pois este queria apenas morar, enquanto os vendedores de acarajé, empresariar em área pública.

Fifa dá 10 dicas a estrangeiros que vierem para a Copa não se estressarem com comportamento dos brasileiros

Temendo se tornar ofensiva aos brasileiros, a Fifa decidiu tirar da Internet a reportagem Brazil for beginners, publicada em sua revista semanal Fifa Weekly, em que traz dez dicas aos estrangeiros sobre o comportamento dos brasileiros. O objetivo da entidade é advertir para que não se  estranhe os modos do povo que está sediando a Copa do Mundo, e ao criticar a pontualidade, por exemplo, diz que isto não está n DNA do brasileiro, nem mesmo quando o assunto é entregar estádio no período certo.
A Fifa diz também que brasileiro não sabe respeitar fila, pois prefere o tumulto.

Veja os dez itens citados na reportagem:
  1. Sim não significa sempre sim: é a entonação da voz que define se o sim é realmente um sim, ou um talvez. Por isso, "não espere o telefone tocar nos próximos cinco minutos" se um brasileiro dizer "te ligo na sequência"
  2. O tempo é flexível: não espere que o brasileiro seja pontual. "Se duas pessoas marcam de se encontrar às 12h30, elas vão se ver a partir das 12h45".
  3. Contato corporal: brasileiros não estão acostumados com o jeito dos europeus de se manter educadamente uma distância entre um e outro. Eles falam usando as mãos e não vão hesitar em tocar na pessoa com quem estão falando.
  4. Filas: Esperar pacientemente numa fila não está no DNA dos brasileiros, que preferem cultivar o caos.
  5. Sobrevivência das maiores: nas ruas, os pedestres são ignorados, e mesmo na faixa de pedestres, raramente um motorista vai parar.
  6. Controle-se: se você vai a um restaurante de churrasco em que você pode comer à vontade e quer imediatamente pegar o menu de carnes, lembre duas coisas: não comer pelo menos 12 horas antes da refeição e consumir em pequenas doses, pois a melhor carne é servida geralmente por último.
  7. Experimente açaí: dizem que tem os mesmos efeitos de uma bebida energética.
  8. Fazer topless: corpo nu e arte em um corpo feminino podem ser vistos no Carnaval, mas você não vai ver isso todos os dias no Brasil. Os biquínis no Brasil possuem menos tecido em relação aos da Europa, mas eles ainda são usados o tempo todo. Curtir a praia sem biquíni é proibido e pode resultar em multa.
  9. Sem espanhol: o idioma nacional é o português. Se você falar que Buenos Aires é a capital do Brasil você pode ser deportado.
  10. Tenha paciência: no Brasil, as coisas são feitas nos últimos minutos. Isso vale até para os estádios. E se tem uma coisa acima de todas que um turista deve se lembrar, é não perder a paciência e segurar os nervos. Uma atitude brasileira para resumir isso é: relaxa e aproveita.

21 de mar de 2014

Após denúncia da Rede Globo, Prefeitura de Codó assina Termo de Ajustamento de Conduta para construir escolas

A Prefeitura de Codó firmou nesta sexta-feira (21) Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público do Maranhão se comprometendo em construir 18 escolas na zona rural da cidade. O acordo foi assinado pelo promotor de justiça Vicente Gildásio Leite Junior, o prefeito José Rolim Filho e pelos secretários municipais Ricardo Araújo Torres (Governo) e Rosina de Araújo Benvindo (Educação). As escolas devem ser construídas no prazo máximo de 12 meses, com recursos do convênio estadual nº 22/2013. No TAC, a Prefeitura de Codó se compromete, ainda, a garantir alimentação, material didático, condições de higiene adequadas, transporte escolar, professores para atender a demanda educacional e acessibilidade.
Pelo acordo, serão construídas unidades escolares nas comunidades São Benedito do Mozart, Recreio do Piu, Penha, Nova Vila, Lagoa do Costa, Boa Esperança da Cit, Abreu, Canto da Onça, Sete, Santa Rita do Deusdeth, Volta da Palmeira, Cacimba de Areia, Santa Maria, Salobro, Corujão, Cordiléia, Conceição do Palmério e Retiro do Raimundo Sales. O programa Fantástico, da Rede Globo, denunciou, no dia 9, a situação precária da Escola Municipal Divina Providência, na comunidade Santa Rita do Deusdeth. As crianças estudam em uma escola de taipa, sem instalações elétrica e sanitárias, com carteiras quebradas e sem material didático. Além disso, o espaço não tem banheiro e a ventilação e a iluminação são precárias.
Caso a União não libere todos os recursos para construir as demais unidades, a Prefeitura de Codó se compromete a construir, no mínimo, dez salas de aula a cada ano, até a erradicação das escolas de taipa. Em caso de descumprimento de qualquer cláusula, o Município pagará multa diária de R$ 2 mil, a ser revertido para o Fundo de Defesa dos Direitos Difusos, sob administração do Ministério da Justiça.

Pesquisa divulgada pela Confederação Nacional da Indústria mostra confiança do empresariado em baixa

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) informou nesta sexta-feira que a confiança do empresário industrial quanto ao comportamento da economia e da própria empresa continua baixa. O Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei) apurado pela confederação registrou 52,5 pontos em março, ante os 52,4 pontos de fevereiro, e ficou 4,6 pontos percentuais abaixo de março de 2013, quando foi registrado 57,1 pontos. O indicador varia de 0 a 100 pontos e acima de 50 indica empresários confiantes.
A CNI informou também que este é 13º mês consecutivo em que o Icei se mantém abaixo da média histórica, de 58,1 pontos. Para as empresas de grande porte, porém, o crescimento da confiança é mais perceptível, passando de 52,4 pontos em fevereiro a 53,3 pontos em março. Por regiões, somente os empresários do Sudeste, com índice de 49,7 pontos, mostram falta de confiança, avaliam os técnicos.
Nos setores da indústria de transformação abrangidos pela pesquisa, dez dos 28 setores demonstram falta de confiança em março, com índice abaixo dos 50 pontos, destacando-se máquinas e materiais elétricos (47,2 pontos), calçados e suas partes (48,1 pontos), informática, eletrônicos e óticos (48,2 pontos). A falta de confiança do setor de veículos automotores passou de 46,5 pontos em fevereiro para 49,3 pontos em março, uma alta de 2,8 pontos percentuais, indicou a pesquisa. A pesquisa do Icei foi realizada entre 6 e 18 de março com 2.610 empresas de todo o país, das quais 981 de pequeno porte, 1004 médias e 625 grandes.

Trailer para venda de acarajé ocupa espaço público de área próxima de onde o Pirata foi retirado da Litorânea

Trailer passa o dia todo ocupando estacionamento na Avenida Litorânea
Em fevereiro passado, mais precisamente dia 11, um Fusca que servia de morada para Antônio Carlos da Silva, mais conhecido como Pirata da Litorânea, foi retirado da Avenida Litorânea, no Calhau, por estar ocupando indevidamente o espaço público. A Prefeitura Municipal justificou a medida dizendo tratar-se de uma ação do Ministério Público, que determinou a retirada do automóvel. Em entrevista ao jornalista Gilberto Leda, o promotor Cláudio Guimarães, da Promotoria de Controle Externo da Atividade Policial e autor da ação, justificou o ato: “O espaço público é sagrado para mim. Eu não admito esse tipo de coisa. Todo mundo em São Luís acha que pode sair ocupando os espaços irregularmente, mas, se depender de mim, isso não acontecerá. A Avenida Litorânea é o único espaço público minimamente organizado nessa cidade”. Cláudio Guimarães teria dito ainda que estava pronto para mandar o carro para a casa de um dos que reclamaram da decisão: “Quem está com pena, que ceda um quarto. É só me dar o endereço que eu consigo uma autorização para colocar aquela carcaça na calçada do cidadão e, ainda, uma autorização para que o ‘pirata’ use seu banheiro”.
Pirata foi obrigado a sair porque ocupada espaço público(foto de O Imparcial)
Passado um mês da "limpeza", um veículo, bem mais cuidado, é verdade, mas também ocupando o espaço público, continua estacionando na Avenida Litorânea a poucos metros de onde residia o Pirata. Trata-se de um trailer para venda de acarajé, "original da Bahia", que funciona todos os dias a partir das 17h e entra pela madrugada, mas que depois das vendas não é retirado do local pelo seu proprietário, ou seja, passa o dia inteiro ocupando o estacionando da avenida. Nenhuma autoridade, nem mesmo o promotor Cláudio Guimarães, para quem "o espaço público é sagrado", parece se incomodar com esta "privatização" de um pedaço da Litorânea. Vale destacar que Pirata, mesmo estando em situação ilegal, queria a área apenas para morar; o dono do trailer, reservou este pedaço de avenida para empresariar.

Cláudio Trinchão, ao receber título de Cidadão Maranhense: "só saio do Maranhão pela alça do caixão"

Ao discursar, ontem, na Assembleia Legislativa, na solenidade em que foi distinguido com o diploma de Cidadão Maranhense, o secretário estadual de Fazenda, o baiano Cláudio Trinchão, que é pré-candidato a deputado federal, historiou suas ligações com o Maranhão, a fim de desfazer as insinuações de que estaria caindo de para quedas na política do estado. Em 1997, ele veio a São Luís para participar de um concurso público para a Receita Estadual e não conseguiu mais sair e antes mesmo da publicação do resultado e da nomeação já residia na cidade. Depois da capital, morou em Timon, Estreito, Imperatriz e outras cidades, sendo, portanto, um profundo conhecedor da realidade maranhense. Trinchão diz que o Maranhão é penalizado pela injustiça fiscal e merece ser melhor tratado em nível nacional.
Ao dizer que o título outorgado pela Assembleia o liga mais ainda ao povo maranhense, saiu da linha polida, o homenageado disse que agora só sai do Maranhão carregado pela alça do caixão, isto é, quando morrer.

Refinaria - Pensando bem, o dinheiro que a Petrobras jogou fora com a compra de uma refinaria velha, em Pasadena, nos Estados Unidos, com aval da presidente Dilma Rousseff, quando presidia o Conselho de Administração da empresa, serviria para dar grande força na Refinaria Premium I, em Bacabeira, anunciada em 2010, mas que não passou da terraplenagem. A propósito, Sua Excelência na campanha de quatro anos atrás assustou o Brasil ao dizer que com a volta do PSDB ao governo a Petrobras iria acabar.

Construção - As vendas de materiais de construção cresceram 5,7% em fevereiro, na comparação com o mesmo período em 2013, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat). Em relação a janeiro, as vendas apresentaram queda de 1%. O crescimento acumulado dos dois primeiros meses deste ano apresentou expansão de 3,5% em relação a igual período do ano passado. O resultado está abaixo da previsão para o ano de 2014, que prevê crescimento de 4,5% em relação a 2013.

Casa Cor - Não será nenhuma surpresa se a Casa Cor Maranhão, que deixou de ser realizada em 2013, “a pedido de arquitetos e demais expositores”, para ser montada neste semestre, for adiada mais uma vez e talvez saia em 2015. Findando março, quando já deveria estar montada, o anúncio agora é que vai ser realizada após a Copa do Mundo, ou seja, antes da eleição para presidente governador, senador e deputados. Pode ser, ou melhor, pode não ser. 





Na solenidade em que recebeu seu diploma de Cidadão Maranhense, nesta quinta-feira, na Assembleia Legislativa, o secretário estadual de Fazenda, Cláudio Trinchão, com Raquel, e Vicente Ferrer, do Grupo Pateo, com Leila





Amasp - A Associação Maranhense de Supermercados (Amasp) comemora neste domingo (23), 36 anos de fundação. Com o tema “Juntos somos campeões”, a entidade deu para esta festa o tom da Copa do Mundo, por isto programou um Torneio de Futeboll Society, na Chácara Brasil, envolvendo times de associados e outras entidades de classe. Está prevista ainda uma ampla programação de lazer, com atrações musicais, churrasco, feijoada e o sorteio de uma TV de 42 polegadas. 

Milho - O governo federal definiu como até 30 de junho o prazo para as operações de “Venda Balcão” de milho aos pequenos produtores situados na região amparada pela Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). A decisão foi anunciada pela Portaria Interministerial nº 233, publicada ontem, no Diário Oficial da União. Ao todo, serão disponibilizadas 490 mil toneladas de milho, com limite de aquisição por beneficiário de até 3 toneladas ao mês e preço de venda de R$ 18,12 por saca de 60 kg.

20 de mar de 2014

Associação Comercial do Maranhão realiza sessão para prestar homenagens no Dia Municipal da Mulher

Vereador José Joaquim discursa na sessão em homenagem às mulheres

O Conselho da Mulher Empresária da Associação Comercial do Maranhão realizou quarta-feira  uma programação especial pelo Dia Municipal da Mulher, lei instituída por projeto do vereador José Joaquim Ramos (PSDB). As presentes assistiram à palestra “Autoestima: descobrindo e trabalhando os pontos fortes”, proferida pela Psicóloga Fabíola Veloso da Fonseca Medeiros.
Algumas mulheres foram homenageadas com placas: foi Simone Macieira (Superintendente do Sebrae-MA), Selma Regina Souza Martins (promotora de Justiça da 16ª Promotoria de Justiça - Defesa da Mulher) e Maria Oneide Frota de Albuquerque (diretora da Chandelle Cortinas e Carpetes Ltda., e sócia da Associação Comercial desde de 10 de abril de 1991). 
A promotora Selma Regina dedicou a homenagem a todas "às mulheres e aos homens que fazem a diferença nesse país”. Para Márcia Nadler, Presidente do Conselho de Mulher Empresária da Associação Comercial do Maranhão não foi diferente, ela enfatizou a importância de lembrar de toda trajetória percorrida para que a mulher conquistasse espaço no mercado de trabalho, enfatizando a própria ACM que somente após os seus 158 anos, uma mulher conquistou a Presidência. A atual presidente, Luzia Rezende, também recebeu homenagem das Conselheiras da Associação, através de um buquê de rosas.

Policiais militares que ainda não foram nomeados pelo governo do estado anunciam protesto para esta sexta

Soldados desfilam para Roseana Sarney, que até agora não os nomeou
Os policiais militares diplomados, em fevereiro pela governadora Roseana Sarney (PMDB), mas ainda não nomeados prometem para esta sexta-feira um protesto em frente ao Tribunal de Justiça, na Avenida Pedro II, a poucos metros do Palácio dos Leões, onde vão cobrar sua regularização. Além dos 700 que receberam diploma, mês passado, também reivindicam nomeação mais de mil convocados ainda em 2013, já tendo prestado serviço desde o mês de dezembro, sem receber salários, apenas uma bolsa. Os soldados foram mandados para casa nesta quinta-feira, depois que o Comando da PM foi orientado pelo Ministério Público a não mantê-los na tropa sem estarem devidamente nomeados, pois a corporação estaria correndo riscos ao mantê-los em atividade.

Rua do Giz vai ser transformada em espaço gastronômico pela Secretaria Municipal de Turismo

No Café com o Trade, realizado ontem, no Hotel Praia Bella, o secretário municipal do Turismo, Lula Fylho, anunciou que, dentre os projetos que pretende implantar com vistas a tornar São Luís uma cidade mais atrativa para os visitantes e para levar a população da cidade ao Centro Histórico, está o de adaptação da Rua do Giz, na Praia Grande, a uma artéria gastronômica, onde os frequentadores iriam encontrar diversos restaurantes, lanchonetes e bares de alto padrão. Ainda falta combinar com o Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico (Iphan), mas o secretário diz que muitos casarões estariam prontos para serem ocupados com empreendimentos do gênero, e dentre os atrativos ele cita o Restaurante Escola do Senac, que é um dos mais procurados nesta parte da cidade e que já conta com excelente infraestrutura para atender os clientes mais exigentes.

Lula Fylho gostaria também, se o Iphan deixar, é claro, ornamentar escadarias e outras ruas da Praia Grande, a exemplo do que existe em outras cidades históricas no Mundo, onde as exigências pela preservação da memória não são tão radicais quanto a de algumas regiões do Brasil, onde é melhor deixar cair do que adaptar um casarão.

Cidadão - Nesta quinta-feira, na Assembleia Legislativa, o secretário estadual de Fazenda, Cláudio Trinchão, ganhou nova certidão de nascimento. Por iniciativa do deputado Afonso Manoel (PMDB), ele, que é natural de Salvador (BA), recebeu título de cidadão maranhense. Graduado em Engenharia Civil e Direito, com pós-graduação em Gestão Pública, Administração Tributária, Direito Tributário e Contabilidade Prática Avançada, segundo o autor do projeto, tem muitas contribuições prestadas ao estado. Ah, ele quer ser deputado federal também.

Crea Legal - O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Maranhão lança amanhã, às 8h, em sua sede, na Praia Grande, a campanha “Se tem Crea é legal”, voltada para verificar, orientar e fiscalizar o exercício profissional com a missão de defender a sociedade da prática ilegal das atividades abrangidas pelo Sistema Confea/Crea. Durante o evento, o presidente do órgão, Alcino Araújo fará um balanço de suas ações neste primeiro trimestre e a divulgação das peças da campanha, que inclui bottons, adesivos para carros e outdoors. 

No estaleiro - Maria Antonieta Uchoa, presidente da Abav-MA, está no estaleiro. Num mesmo dia sofreu dois acidentes que trouxeram problemas para os membros inferiores e num destes teve a infelicidade de quebrar o pé direito, o que lhe obrigou a engessar a perna e andar de muletas. Com as dificuldades de locomoção, cancelou os compromissos como dirigente da entidade, mas continua dando expediente normal na sua agência, Planet Tour.









Cláudio Trinchão (E), que hoje recebeu título de cidadão maranhense, sendo cumprimento pelo autor da distinção, o deputado Afonso Manoel Borges Ferreira




Edificação - João Barros, presidente da ABIH-MA, somente ontem compreendeu o porquê de já ter recebido mais de cinco propostas para vender sua Pousada da Praia, localizada no Olho d´Água. Ao ler a reportagem de capa de edição de fevereiro da revista Maranhão Hoje, sobre as mudanças no Plano Diretor da Cidade, ficou sabendo que o bairro vai ser liberado para edificações de até 30 pavimentos, e como a área em que empreende daria um excelente condomínio muitos estão de olho no terreno. 

Apoio ao Kart - Nesta quinta-feira à noite, campeões do ano passado na modalidade de Kart serão homenageados e premiados em evento a ser realizado na concessionária BMW e MINI, do Grupo Dalcar, no bairro da Cohama. Os empresários Daniel Filho, Fernanda Albuquerque, Roberto Albuquerque e Luís Roberto, que dirigente a concessionária, vão anunciar apoio aos praticantes do esporte. No evento será lançado o calendário da temporada 2014, que tem início neste sábado (22).

Ex-diretor da Petrobras é preso pela Polícia Federal ao tentar destruir provas sobre lavagem de dinheiro

A Polícia Federal confirmou prendeu nesta quinta-feira (20) ex-diretor da Petrobras e atual diretor da BR Distribuidora, Paulo Roberto Costa, no Rio de Janeiro. Costa é suspeito de ter ligação com uma organização criminosa que lavava dinheiro em seis estados e no Distrito Federal, desarticulada no início desta semana na Operação Lava Jato, e pode ter movimentado mais de R$ 10 bilhões. Segundo a Polícia Federal, Costa foi preso provisoriamente porque estava destruindo provas de sua ligação com um doleiro. O diretor da BR Distribuidora será levado ainda nesta quinta-feira para Curitiba, base da Operação Lava Jato.
Na segunda-feira (17), a Polícia Federal cumpriu 24 mandados de prisão e 15 de condução coercitiva, além de 81 mandados de busca e apreensão em 17 cidades. Cerca de 400 policiais participaram da operação. A organização contava com quatro grupos que tinham à frente doleiros que lucravam com câmbio paralelo ilegal, mas também praticavam crimes como tráfico de drogas, exploração e comércio ilegal de diamantes e corrupção de agentes públicos, entre outros.
Juntos, os grupos movimentaram mais de R$ 10 bilhões nos últimos três anos, de acordo com informações do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), do Ministério da Fazenda. A principal forma para lavar o dinheiro era por meio de atividades como redes de lavanderias e postos de combustível. Eles também abriram empresas de fachada no Brasil e no exterior para simular contratos de importação e exportação. Por esse mecanismo de evasão de divisas e lavagem de dinheiro, apenas um doleiro enviou ao exterior, entre 2009 e 2013, US$ 250 milhões.