5 de dez. de 2014

Roseana canta e dança na confraternização com políticos e empresários na Casa de Veraneio em São Marcos

Roseana cantando Gatinha Manhoso com o coro formado
pelo deputado Arnaldo Melo e o cantor Mano Borges
A governadora Roseana Sarney (PMDB) abriu as portas da Casa de Veraneio em São Marcos, nesta quinta-feira(04) à noite, para uma festa de confraternização com políticos, empresários, jornalistas, servidores públicos, intelectuais e outros. Ela fez um breve discurso de agradecimento a todos que ajudaram a fazer "um Maranhão mais bonito". Com as dependências da casa tomadas de convidados, a governadora circulou por todos os ambientes, sendo constantemente parada para fotos e depois subiu ao palco para cantar e dançar. De posse de um violão, cantou Gatinha Manhosa, de Erasmo Carlos, acompanhada pelo deputado Arnaldo Melo (presidente da Assembleia Legislativa) e do cantor Mano Borges, e ainda pediu desculpas porque seu repertório é mais de canções da sua época de juventude. "Hoje sou uma mulher de 61 anos, mas não espalhem", brincou. Depois, ao lado de integrantes do Boi Barrica e do Bicho Terra cantou e dançou músicas juninas e carnavalescas.
A governadora evitou tratar de assuntos políticos, pois era um momento de festa, porém alguns dos seus aliados, como o ex-prefeito Manim Leal, de Araioses, garantiam que ela vai tirar uma "férias de quatro anos para voltar com todo gás". Roseana nega que tenha planos de uma nova candidatura, embora garanta que não está saindo da política, apenas não deseja mais cargos públicos. No encontro com deputados, terça-feira, no Palácio dos Leões, no entanto, disse que o "futuro a Deus pertence".
No mesmo instante em que Roseana se confraternizava em São Marcos, o seu sucessor, Flávio Dino, participava de um encontro com empresários na Federação das Indústrias (Fiema). Antes, ele havia postado nas redes sociais que a festa daquela noite seria a última na Casa de Veraneio, que ele prometeu, na campanha, vender para com o dinheiro construir um hospital do câncer.

Nenhum comentário: