6 de dez de 2014

Secretário Maurício Macedo diz que Simplício Araújo "vai ter oportunidade de fazer mais do que eu fiz"

GIRO ECONÔMICO

O secretário estadual de Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Maurício Macedo, ao comentar as críticas feitas pelo deputado Simplício Araújo, que vai sucedê-lo, sobre a falta de infraestrutura no Parque Empresarial de Timon, disse nesta sexta-feira (04) que o parlamentar sabia, antes de visitar a obra, que ela está inacabada, e que a sua conclusão vai se dar mediante a implantação das empresas. Segundo ele, pelo projeto, ficou definido que captação de água e o esgotamento sanitário (pelo sistema de fossas), seriam de responsabilidade das próprias empresas. Maurício Macedo disse que acha natural esse tipo de crítica por parte de quem está entrando no governo, principalmente quando este é de oposição ao atual e completou: “ele terá a oportunidade de fazer, a partir de 1º de janeiro, muito mais do que eu fiz”.
As críticas de Simplício Araújo foram feitas na Associação Comercial do Maranhão, onde se reuniu quarta-feira (03) com a classe empresarial, para debater as ações que pretende desenvolver com vistas ao fortalecimento da economia no Estado. 

Conselho - Flávio Dino deve chamar outras instituições para compor o Conselho de Desenvolvimento Empresarial, que instalará dia 05 de janeiro, pois, se o objetivo é contemplar entidades com atuação em âmbito estadual, faltam incluir, além das signatárias federações das Indústrias (Fiema), Comércio (Fecomércio) e Agricultura (Faema), Associação Comercial do Maranhão (ACM) e CDL de São Luís, as federações das associações comerciais (Faem) e das câmaras de dirigentes lojistas (FCDL), bem como Associação dos Criadores (Ascem) e outras.

Presente - A Federação do Comércio foi a única entidade patronal oficialmente representada nos dois eventos desta quinta-feira (04) comandados pela governadora Roseana Sarney, que fez sua festa de despedida na residência de veraneio, em São Marcos, e pelo governador eleito, Flávio Dino, que promoveu encontro com a classe empresarial na Federação das Indústrias (Fiema). No ato do governo atual, a Fecomércio estava representada pelo seu presidente, José Arteiro da Silva, e o escalado para o ato com o futuro governador foi o primeiro vice-presidente, Marcelino Ramos.

Governadores - Roseana Sarney e Flávio Dino dividiram as atenções de empresários e políticos na noite desta quinta-feira. Ela, na Casa de Veraneio de São Marcos, onde fez sua confraternização de fim de ano e despedida do governo, e ele, na Federação das Indústrias (Fiema), onde debateu com o empresariado as ações que pretende desenvolver a partir de janeiro.






Quem muda de idade neste sábado é o médico Hilton Gonçalo, ex-prefeito de Santa Rita, que decidiu comemorar a data em Barreirinhas ao lado da mulher, Fernanda




Patrocínio - O Banco do Nordeste lançou edital para a seleção do Programa de Patrocínios 2015, que tem como objetivo definir projetos de cunho institucional ou mercadológico a serem apoiados por meio de chamada pública nos nove estados do Nordeste e mais os nortes de Minas Gerais e Espírito Santo (área de atuação do BNB). As inscrições podem ser feitas no site www.bnb.gov.br até o dia 31 de dezembro. O valor máximo de patrocínio é R$ 120 mil.

Anchieta - Escolhido para diretor-geral da Agência de Defesa Agropecuária (Aged), o médico veterinário Sebastião Anchieta está de volta ao órgão por ele criado, no governo José Reinaldo, com o objetivo de erradicar a febre aftosa dos pastos maranhenses. Ele disse à coluna que uma das maiores vantagens neste seu retorno ao governo é o entrosamento com o novo secretário de Agricultura, Márcio Honaiser, de quem é contemporâneo de universidade.



Nenhum comentário: