30 de abr de 2015

Aeroporto de São Luís ganha dois novos voos da companhia aérea Azul, para Belém (PA) e Fortaleza (CE)

A companhia aérea Azul anunciou nesta quinta-feira (30) a criação de mais 13 rotas que serão exploradas a partir. Duas delas incluem o Aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado, em São Luís, e são resultado das negociações abertas ainda na Feira das Américas do ano passado (Abav 2014) pelo secretário-adjunto de Turismo, Guilherme Marques. De  acordo com o anúncio da Azul, o aeroporto de Confins terá voos diários para Ilhéus (BA) e Cabo Frio (RJ), enquanto Pampulha, onde a Azul incluiu recentemente voos diários para Vitória (ES), contará com voos para Brasília (DF).
Guarulhos, em São Paulo, terá frequência diária para Cascavel (PR) e Joinville (SC), além de dois novos voos para Maringá (PR). Já o aeroporto de São Luis (MA) ganha dois novos destinos, atendidos com um voo diário: Fortaleza (CE) e Belém (PA).
“As 13 novas rotas que estrearão em maio são fruto do constante estudo que fazemos em nossa malha de voos e destinos, avaliando de que forma podemos servir mais e melhor aos nossos clientes”, afirma o diretor de Planejamento e Alianças da Azul, Marcelo Bento.

Flávio Dino encaminha à Assembleia projeto de Roseana Sarney sobre o Zoneamento Macroeconômico do Maranhão

Roseana Sarney com projeto macroeconômico ao lado do presidente
da Federação das Indústrias, Edilson Baldez
Ao anunciar, quarta-feira (29) à noite, que enviou à Assembleia Legislativa o projeto de lei sobre o Zoneamento Macroeconômico do Estado, o governador Flávio Dino (PCdoB) disse que, com este ato, estava pondo fim a uma novela ao estilo de Janete Clair, que teimava em não terminar, porém fez uma ressalva: o projeto foi elaborado pelo governo anterior. De fato, sua assinatura deu-se no mês de dezembro de 2014, na Federação das Indústrias (Fiema), dias antes da renúncia da ex-governadora Roseana Sarney, que na oportunidade recebeu uma placa da direção da Fiema em reconhecimento às contribuições de seu governo ao desenvolvimento sócio-econômico do Estado.
O projeto deveria ter sido enviado à Assembleia Legislativa, missão esta que ficou com o sucessor de Roseana, Arnaldo Melo, mas esta providência não foi tomada, provavelmente porque à época o Poder Legislativo estava de recesso e a última sessão da legislatura passada foi dia 1º de janeiro deste, para dar posse ao novo governador. De acordo com Flávio Dino, o projeto foi esquecido numa das gavetas da Casa Civil e foi encontrado pelo secretário Marcelo Tavares que o apresentou e em seguida foi encaminhado à apreciação dos deputados, de quem o governador espera empenho para aprová-lo.

Edivaldo Holanda diz que nunca se queixou ao PCdoB das posições assumidas pela vereadora Rose Sales na Câmara

Rose Sales (D) em um dos últimos eventos ao lado do
prefeito e da primeira-dama, Camila Braga
Ao participar na noite desta quarta-feira da festa de comemoração dos 50 anos da Câmara dos Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL), na Dalcar BMW, no bairro da Cohama, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) garantiu que nunca se queixou das posições assumidas pela vereadora Rose Sales (sem partido) na Câmara Municipal, portanto não tem nada a ver com sua exclusão dos quadros do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), embora a alegação da direção municipal da legenda, para liberá-la dos seus quadros tenha sido de que estava em dissintonia com o Poder Executivo Municipal, que tem apoio irrestritos dos comunistas. O prefeito disse ainda que mantém com a vereadora uma relação cordial, inclusive a considera sua amiga pessoal. "Eu e a Rose sempre fomos bons amigos", disse ele.
Quanto à sua possível ida para o PCdoB, situação que foi ventilada para garantir uma total integração entre a Prefeitura Municipal e o Governo do Estado, já com vistas às eleições de 2016, e para acabar com as especulações de que o governador Flávio Dino possa apoiar outro nome, o prefeito disse que não gostaria de tratar de assuntos relacionados a eleição neste momento. "Minha preocupação é com a gestão da cidade", disse ele, acrescentando que sua sucessão vai ser debatida no momento certo.
Também presente à solenidade, a vereadora Rose Sales disse que seu desligamento do PCdoB deu-se porque ela estava tendo dificuldades para alinhar sua atuação na Câmara com as ações do Executivo. Rose Sales disse que participou de debates internos no PCdoB sobre suas posições, portanto não foi pega de surpresa. Ela disse que mantém uma convivência respeitosa com a direção do partido e que ainda está a procura de uma nova legenda, podendo em 2016 ser candidata tanto a vereadora quanto a prefeita ou mesmo vice-prefeita. De quem poderia ser vice não quis dizer.

Instituto Alcoa celebra seus 25 anos de fundação com saldo altamente positivo em ações sociais

GIRO ECONÔMICO

O Instituto Alcoa, presente em todas as localidades em que a empresa atua, acaba de completar 25 anos e os números mostram que há muito para comemorar. O histórico traz números relevantes: Mais de 2.100 projetos atendidos e R$ 105 milhões em investimentos beneficiando 39 cidades brasileiras; funcionários da companhia dedicaram mais de 1,4 milhão de horas de trabalho voluntário; em 2014, a organização fechou seu balanço com 46 projetos apoiados, 135 mil pessoas beneficiadas, 22 mil horas de trabalho voluntário e mais de dois mil alcoanos como voluntários, resultado de um investimento de mais de R$ 6 milhões aplicados pelo próprio Instituto e pela Alcoa Foundation. “Temos grandes motivos para celebrar, juntamente com nossos funcionários, clientes e as organizações parceiras, as diversas iniciativas realizadas ao longo desses 25 anos, demonstrando nosso compromisso com as comunidades onde a Alcoa está presente”, ressaltou José Aurélio Drummond, presidente da Alcoa América Latina, do Instituto Alcoa e do Conselho do Instituto Alcoa. 
Para comemorar estas duas décadas e meia, a Alcoa vai doar R$ 10,00 para cada compartilhamento dos cinco posts que serão produzidos para a campanha com o mote no seu site “Compartilhar faz bem”. O valor total da doação é de até R$ 10 mil reais ou até mil compartilhamentos. 

Caema - Diretores da Associação dos Dirigentes das Empresas do Mercado Imobiliário do Maranhão (Ademi-MA) e do Sindicato da Construção Civil (Sinduscon-MA) têm reunião agendada para a manhã desta quinta-feira com a direção da Companhia de Saneamento do Maranhão (Caema). Na pauta, um pedido de aceleração das liberações de licenças para novas construções, bem como conhecer os projetos de investimentos que estatal tem para amenizar os problemas de fornecimento de água e captação de esgoto.

Televisão - O empresário Zildene Falcão analisa propostas de dois grupos empresariais de São Paulo para se definir para qual deles transferirá o Canal 18, que era ocupado com programação da MTV, que foi desativada pelo Grupo Abril. Um outro canal, o 25, em Paço do Lumiar, está sendo transferido para uma igreja evangélica. Segundo Zildene, todos os seus investimentos em comunicação vão se concentrar apenas nas rádios São Luís (AM e FM) e no canal 8, que transmite a RedeTV!, e recentemente entrou no sinal HD. 

Arabian Grill - A praça de alimentação do Pátio Norte acaba de ganhar mais um nome de peso na gastronomia maranhense, a Arabian Grill, que inaugurou na última sexta-feira filial neste centro comercial, estando presente agora nos principais shopping centers da cidade: São Luís, Shopping da Ilha, Rio Anil e Pátio Norte.








Domingos Júnior (E), presidente da Federação das Associações Empresariais e produtor de arroz em São Mateus, comanda reunião hoje com o prefeito Miltinho Aragão para encontrar uma saída para escoamento da safra. No registro, com o governador Flávio Dino e o vice Carlos Brandão, em visita a Salangô (leia reportagem no blog Vida Rural - www.maranhaoagrario.com.br)


Ferry-boat - O capitão dos Portos, Marcos Tadashi Hamaoka, ao opinar sobre as mudanças para melhorar o transporte de ferry-boat entre São Luís e Cujupe (Pinheiro), diz que muitas obras de infraestrutura serão necessárias para se atrair empresas de fora para participar da licitação, e mais: se for exigido um transporte de qualidade, nos mesmos padrões dos existentes em outras partes do Mundo e do Brasil, a travessia pode se tornar inviável para a maioria dos baixadeiros, pois a passagem pode chegar a R$ 100,00.

Shopping - A Grande São Luís conta hoje com quatro grandes shopping centers – São Luís, Rio Anil, Shopping da Ilha e Pátio Norte – mas se for apurado o número de lojas em funcionamento chega-se à conclusão de que a quantidade de pontos fechados, todos eles considerados lojas satélites, corresponde a um desses centros comerciais, e o risco de aumentar a quantidade de pontos sem ocupação é grande, já que muitos comerciantes estão devolvendo ou passando seus imóveis, porque a conta não fecha no fim do mês.

29 de abr de 2015

Quem matar cachorro e gato pode pegar até três anos de cadeia, conforme projeto aprovado na Câmara Federal

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (29), o Projeto de Lei 2833/11, do deputado Ricardo Tripoli (PSDB-SP), que criminaliza condutas contra a vida, a saúde ou a integridade de cães e gatos. A matéria, aprovada na forma de uma emenda substitutiva do deputado Lincoln Portela (PR-MG), será votada ainda pelo Senado. De acordo com o texto, matar cão ou gato terá pena de detenção de 1 a 3 anos. A exceção será para a eutanásia, se o animal estiver em processo de morte agônico e irreversível, contanto que seja realizada de forma controlada e assistida.
Se o crime for cometido para controle populacional ou com a finalidade de controle zoonótico, a pena será de detenção de 1 a 3 anos. Neste último caso, ela será aplicada quando não houver comprovação de enfermidade infecto-contagiosa que não responda a tratamento. Essas penas serão aumentadas em 1/3 se o crime for cometido com emprego de veneno, fogo, asfixia, espancamento, arrastadura, tortura ou outro meio cruel.
Para o agente público que tenha a função de preservar a vida de animais e não prestar assistência de socorro a cães e gatos em situações de grave e iminente perigo, ou não pedir o socorro da autoridade pública, a pena será de detenção de 1 a 3 anos. O abandono de cão ou gato provocará a detenção por 3 meses a 1 ano. O abandono é definido pelo projeto como deixar o animal de sua propriedade, posse ou guarda, desamparado e entregue à própria sorte em locais públicos ou propriedades privadas.
No caso da rinha de cães, a pena será de reclusão de 3 a 5 anos; e a exposição de cão ou gato a perigo de vida ou a situação contra sua saúde ou integridade física provocará detenção de 3 meses a 1 ano.
Todas as penas previstas no projeto serão aumentadas quando, para a execução do crime, se reunirem mais de duas pessoas.
O autor da proposta disse que o projeto vai ao encontro das expectativas dos eleitores. “Estamos decidindo dentro do que a sociedade nos pede”, disse Tripoli. “Cada vez cresce a preocupação da sociedade brasileira para corrigir essas práticas de covardia que ainda acontecem”, acrescentou o deputado Daniel Coelho (PSDB-PE). Segundo ele, estatísticas demonstram que quem maltrata animais tende a maltratar mais idosos, crianças e mulheres. 
Mesmo com orientação de todos os partidos a favor do texto, houve críticas à medida. O deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) pediu mais tempo para analisar o projeto. “O mérito é indiscutível, mas há uma confusão para usar o direito penal para mudar comportamento. Tenho dúvidas se o texto está adequado.”  Já o deputado Valdir Colatto (PMDB-SC) considerou uma “loucura” a Câmara votar a proposta, porque, em sua avaliação, ela pode causar superlotação de presídios. “Seria preciso usar o Maracanã para colocar as pessoas que agem contra cães e gatos.”

Academia Maranhense de Letras vai ajudar Governo do Estado na difusão de projetos culturais, diz governador

A Academia Maranhense de Letras (AML) vai integrar o projeto de difusão da cultura maranhense. Acordo neste sentido foi firmado na manhã desta quarta-feira (29) quando uma equipe de intelectuais, dentre eles Sálvio Dino, pai do governador, esteve no Palácio dos Leões para debater com Flávio Dino  projetos culturais e ampliação do acesso à educação e à cultura no Estado do Maranhão. O governador afirmou aos acadêmicos que acredita na instituição e poderá contribuir com uma “parceria viva pelo Estado do Maranhão” ao se integrar no programa de itinerância cultural que será implantado ainda este ano através da Secretaria de Estado da Cultura. Com a previsão de realizar palestras, leituras e apresentação das produções artísticas maranhenses a 22 municípios no primeiro ano, os acadêmicos aceitaram o convite feito pelo governador.
O atual presidente da AML, Benedito Buzar, apresentou demandas da instituição, como o aumento da contribuição do Governo do Estado na manutenção dos trabalhos da Academia e ampliar o acesso dos maranhenses ao conhecimento histórico e artístico do Maranhão nas escolas e bibliotecas públicas. O objetivo é levar os livros de autores maranhenses a esses ambientes, promovendo circulação de ideias e valorização da cultura regional.
Ao concordar com a sugestão do presidente da Academia, Flávio Dino sugeriu ainda a ampliação da área de atuação da AML em São Luís e a integração com as Academias de Letras municipais. “Será uma contrapartida social de personalidades importantes na trajetória do Maranhão, fazendo com que mais maranhenses tenham acesso à cultura aqui produzida ao longo dos séculos,” disse. Uma das iniciativas é buscar no Centro Histórico de São Luís uma nova localização para a AML, integrando-a com outras iniciativas culturais em espaço mais amplo. A ideia foi aprovada pelos acadêmicos.
Além de Buzar e Sálvio Dino, estiveram com o governador os imortais Jomar Moraes, Américo Azevedo Neto, Ceres Costa Fernandes, Alex Brasil, Joaquim Haickel, Luíz Phelipe Andrès, Montalverne Frota, José Carlos Souza e Silva e José Neres.

Agricultores de São Mateus temem perder produção de arroz por falta de estradas para o escoamento da colheita

Os produtores de arroz do município de São Mateus agendaram para esta quinta-feira à noite uma reunião com o prefeito Miltinho Aragão (PSB) para debaterem uma solução para as dificuldades de acesso às áreas de plantio do grão, pois se sentem impedidos de retirar sua colheita, já que as rodovias não oferecem as menores condições de tráfego para caminhões. Segundo o presidente da Federação das Associações Empresariais do Maranhão (Faem), Domingos Júnior, que é um dos plantadores de arroz do município, caso o poder público não se ofereça para resolver o problema, os agricultores serão obrigados a se cotizar para contratar os serviços, a fim de não perderem o que investiram.
De acordo com o empresário, para garantir o plantio deste ano, toda iniciativa foi de particulares. A Camil distribuiu as sementes, comerciantes venderam fertilizantes a prazo, postos de combustíveis forneceram gasolina e óleo diesel e houve até quem emprestasse dinheiro para os agricultores contratarem pessoal. Todos os pagamentos seriam feitos após a colheita do grão, daí porque há um clima de apreensão no município com as ameaças de perda da produção do arroz. Pelas estimativas do presidente da Faem, devem ser colhidas em São Mateus cerca de 30 mil toneladas, pois são mais de 6 mil hectares plantados e a rentabilidade este ano está na média de cinco toneladas por hectare.
O empresário lembrou que o governador Flávio Dino (PCdoB) esteve em São Mateus dia 18 para assistir ao início da colheita, quando anunciou a liberação de RE$ 3 milhões para incentivar a produção, porém este dinheiro será aplicado apenas no projeto Salangô, onde foram plantados 2 mil hectares. Outros 4 mil hectares estarão com o arroz no ponto de ser colhido e se não houver pressa para retirá-lo dos campos a perda será alta. Domingos Júnior espera que o prefeito se prontifique a fazer uma parceria com o Governo do Estado para melhorar os acessos dos campos de plantio até à BR 135.

Com semáforos apagados nas principais avenidas e cruzamentos, trânsito de São Luís fica mais confuso

RETRATO DA CIDADE

São Luís, que tem um dos trânsitos mais confusos do Brasil, tornou-se uma cidade mais difícil de se dirigir depois que a Prefeitura Municipal não cuidou de recuperar os semáforos que apagaram nas últimas semanas. Nas principais avenidas e nos cruzamentos mais delicados também, o motorista nunca sabe como se comportar, pois os sinais não indicavam se deve parar o continuar. É o caso, por exemplo, da Avenida Collares Moreira, uma das mais movimentadas da capital, que no bairro do Renascença deixa o motorista às cegas.

Ministro do Trabalho diz em São Luís que se terceirização precarizar emprego projeto poderá ser vetado por Dilma

Ao participar, na manhã desta terça-feira, na Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema), do Fórum Estadual de Aprendizagem Profissional, Inclusão de Adolescentes e Jovens no Mercado de Trabalho, o ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, disse que a regulamentação dos contratos terceirizados, em debate no Congresso Nacional, não deve servir para precarizar a qualidade dos empregos. O ministro negou ainda que esteja havendo uma paralisia no Governo Federal, fato que poderia estar contribuindo para diminuir a geração de empregos, especificamente no Maranhão, onde diversas obras estão paralisadas ou com vencimentos atrasados. De acordo com Manoel Dias, a questão da terceirização não prejudica a geração de empregos, porém o Governo tem sinalizado e as bancadas governistas tanto na Câmara Federal quanto no Senado têm seguido a orientação da presidente Dilma Rousseff (PT) para que a regulamentação não prejudique a qualidade do emprego. Caso isto ocorra, garantiu o ministro, a presidente Dilma vetará o projeto no todo ou em parte, após aprovação no Congresso. A terceirização é defendida tanto por entidades patronais quanto por alguns segmentos da representação dos trabalhadores, como é o caso da Força Sindical, liderada pelo deputado federal Paulinho da Força (Solidariedade-SP).
O projeto já foi aprovado na Câmara e seguiu para apreciação dos senadores. O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), já sinalizou que não dará a ele prioridade, atitude encarada como uma retaliação ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), por pura disputa de espaço no Legislativo. Indagado se a paralisia do governo não estava precarizando a geração ou manutenção de empregos, Manoel Dias disse que não. A ele foram mostrados dados do Cadastro Geral de Empregados e Demitidos (Caged) que apontam um saldo negativo de 6.800 empregos no Maranhão, somente no primeiro trimestre deste ano (mais do que no mesmo período de 2014). O setor que mais demitiu foi o da construção, civil e pesada.
Perguntado se atrasos nos repasses a que têm direito as construtoras contratadas pelo programa Minha Casa, Minha Vida, bem como a suspensão de projetos como a duplicação da BR 135 (entre São Luís e Bacabeira), refinaria de petróleo Premium I, em Bacabeira, etc, não estariam contribuindo para o crescimento dessa massa de desempregados, o ministro disse que não está havendo paralisia do Governo. Os contratos do Minha Casa, Minha Vida, por exemplo, devem, segundo ele, ser retomados em maio, quando serão liberados também os pagamentos das construtoras. Quanto ao programa de Inclusão de Adolescentes e Jovens no Mercado de Trabalho, Manoel Dias disse que o objetivo é qualificar jovens para que possam pleitear um emprego com mais condições de desempenhar as atividades que lhe forem confiadas. O secretário estadual de Trabalho e Emprego, Julião Amin (PDT), disse que estudos revelam que o Maranhão tem condições de gerar até 17 empregos para a população jovem.

Governador Flávio Dino lança nesta terça-feira, na Federação das Indústrias, programa Mais Empresas


GIRO ECONÔMICO

O governador Flávio Dino (PCdoB) lança nesta quarta-feira (29) às 18h, na Federação das Indústrias, na Cohama, o programa Mais Empresas, cujo projeto deverá ser encaminhado na próxima semana à Assembleia Legislativa. Trata-se de um conjunto de medidas que visam a criar um ambiente favorável para empresas que tencionam se instalar no Maranhão ou queiram se expandir e/ou diversificar as atividades. Os incentivos vêm, principalmente, com redução da alíquota do ICMS pagos por essas pessoas jurídicas, sendo que os índices mais altos são para as que se dispuserem a se instalar em municípios com baixo IDH ou criar centenas de empregos diretos, bem como as que trouxerem atividades ainda não exploradas no Estado ou que sejam consideradas prioritárias naquilo que pretenderem produzir.
Até o meio-dia desta terça-feira a redação final do projeto não havia sido repassada às entidades com assento no Conselho Empresarial (Cema), onde o tema foi levantado. Uma minuta circulou semana passada e cada dirigente de entidade pôde apresentar sugestões, mas em resumo, trata-se de um aprimoramento do Pró-Maranhão, criado no governo anterior. 

Agenda - A CDL queria fazer amanhã, dia 30, a festa dos seus 50 anos, mas como o governador Flávio Dino (PCdoB) tem interesse de participar e na data pré-agendada é seu aniversário, a solenidade foi antecipada para hoje, às 20h, na Dalcar BMW, na Cohama. O governador, porém, marcou para duas horas antes, o lançamento do Mais Empresas na Fiema, também na Cohama. Ambas as solenidades pedem traje passeio completo, ou seja, quem for às duas festas vai dar boa pernada, de paletó e gravata ou vestido longo e salto alto, pela Av. Daniel de La Touche, já que ficam no mesmo quarteirão.

Licitação - O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) acredita que até o final de maio esteja concluído o processo licitatório para as obras de recuperação de ruas e avenidas, conforme parceria firmada com o Governo do Estado. Caso não haja nenhum questionamento por parte de quem perder a disputa, antes dos festejos juninos será assinada a ordem dos serviços que vão mudar radicalmente a paisagem da cidade e, o que é mais importante, a qualidade de vida da população, pois será uma grande intervenção para melhorar a mobilidade urbana, pois estas vias serão totalmente recuperadas.

Homenagem à CDL - Na manhã desta terça-feira, a Câmara Municipal de São Luís realizou uma sessão solene para entrega de uma placa ao presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL), Fábio Ribeiro, pelos cinquenta anos de fundação da entidade, cuja comemoração será hoje à noite, na Dalcar BMW, na Cohama, com homenagens aos que contribuíram para seu fortalecimento neste meio século.







José de Lima Brandão (E), diretor dos Correios, e o presidente da CDL, Fábio Ribeiro, lançando selo dos 50 anos da entidade, cuja comemoração será hoje à noite, na Dalcar BMW



Revitalização -  O Instituto Municipal da Paisagem Urbana (Impu) reune nesta quarta-feira (29) à noite, empresários dos bairros Cohab-Anil e Cohatrac para apresentação do projeto de readequação paisagística da Avenida Leste Oeste, no Cohatrac. Para a primeira-dama de São Luís, Camila Braga, que é madrinha do programa, a revitalização paisagística da cidade resgata a autoestima da população e agrega ainda mais fatores atrativos à cidade, criando um ambiente melhor para quem investe.

Expoema - Faltando mais de cem dias para abertura da Exposição Agropecuária do Maranhão (Expoema), a Atlântica Serviços Gerais e a Associação dos Criadores já iniciaram a comercialização de espaços no Parque Independência, palco deste que é considerado o maior evento do agronegócio no Estado. Segundo o presidente da Ascem, José Assub Neto, o objetivo com esta antecipação é garantir grande participação de empresas não apenas rurais, mas todos os segmentos.

28 de abr de 2015

Enquanto uns querem antecipar debate da eleição, Edivaldo Holanda diz estar mais preocupado com gestão

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) declarou na manhã desta terça-feira (28), na Federação das Indústrias, onde participou do Forum Estadual de Aprendizagem Profissional, Inclusão de Adolescentes e Jovens no Mercado de Trabalho, evento que contou com a participação do ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, que enquanto alguns estão apressados em debater a sucessão municipal, seu foco está na gestão. "Estou mais preocupado em concluir o meu governo", disse ele, acrescentando que não se sente motivado a esquentar a discussão que alguns pretendentes ao seu cargo estão iniciando com mais de um ano de antecedência.
Embora não tenha citado nomes, o prefeito se referia à deputado Eliziane Gama (PPS), que vem dando sinais de que já estaria em campanha, inclusive cobrando posição do governador Flávio Dino (PCdoB), conforme entrevista publicada pela revista Maranhão Hoje que está nas bancas. Outro que também já se antecipou ao debate foi o vice-governador Carlos Brandão (PSDB), que, ao abonar ficha de filiação do ex-prefeito de São José de Ribamar Luis Fernando Silva, sábado, declarou que os tucanos terão candidato próprio em 2016 em São Luís. Luis Fernando, que foi chefe da Casa Civil e secretário de Infraestrutura de Roseana Sarney, poderá ser o candidato, embora tudo indique que esteja mais interessado na disputa pela prefeitura que já ocupou.
Após essa manifestação, o prefeito de São Luís disse que até o final de maio espera estar com o processo licitatório concluído para poder iniciar as obras de recuperação de ruas e avenidas da capital, conforme parceria celebrada com o Governo do Estado, no valor de R$ 20 milhões.

Deputado Raimundo Cutrim alerta para os riscos de uma nova greve dos policiais civis e militares do Maranhão

O deputado Raimundo Cutrim (PCdoB) externou nesta terça-feira (28), em pronunciamento na na Assembleia Legislativa, sua preocupação com o movimento paredista da Polícia Civil e da Polícia Militar, que ameaçam entrar em greve a qualquer momento no Estado. O parlamentar revelou que, ideologicamente, sempre foi contra a greve de policiais, desde o início de carreira. Cutrim lembrou que na década de 90, quando vinha de Rondônia numa operação policial, chegou a Brasília e foi impedido de entrar no prédio da Polícia Federal, por militares do Exército que tinham cercado a instituição.
Para Cutrim, que no movimento anterior, em 2013 deu integral a um movimento semelhante, a greve em serviços essenciais já deveria ter sido há muito tempo regulamentada pela União. “Acho que a greve deve ser proibida. Já imaginou se o Exército e a Polícia Federal entrarem em greve. Eu já tive o desprazer de acompanhar o fato. Não pude entrar na minha casa porque a polícia a abandonou”, disse.  Na avaliação de Cutrim, o diálogo é importante, mas o que se observa são alguns órgãos de comunicação incentivando a greve e isso é um ato criminoso. “A população precisa da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Civil. Não admitimos greve porque a polícia está amadurecida. Vamos conversar”, afirmou.
No pronunciamento, o deputado Cutrim comentou que viu o percentual de reajuste proposto e admitiu que é pouco para o trabalho das polícias Civil, Militar e do Corpo de Bombeiros, mas a categoria tem que ver o que o governo do Estado pode pagar, e os acordos de reajustes salariais que devem ser feitos em quatro anos. “Não podemos fechar e dizer que em 2016 o percentual do aumento para policiais será de 5%, 3%, 10%. Pelas previsões, o mínimo que o governo hoje pode pagar em 2016 é um percentual de 5%, mas deixa o canal aberto para que se a arrecadação estiver melhor, o governo possa aumentar”, assinalou o deputado. 
Na ocasião, Cutrim revelou que hoje o policial militar do Maranhão perde apenas para a Bahia. Segundo ele, os estados de São Paulo e do Rio de Janeiro pagam uma miséria aos policiais. “Achamos ainda que é muito pouco. Precisamos verificar o que podemos fazer para melhorar o salário dos policiais”, comentou.  Raimundo Cutrim disse que vê com muita tristeza as Associações, que defendem um regime de trabalho de 40 horas semanal para os policiais. “As polícias têm que ter dedicação exclusiva, pois devem ficar à disposição da sociedade 24 horas por dia. Por isso buscamos salários melhores para os policiais”, concluiu.

Maranhão continua mal na fita nacionalmente: Record denuncia mortes de bebês em maternidade de Caxias

O Maranhão continua mal na fita em nível nacional, pois, pela segunda vez em menos de um mês, a Rede Record, veiculou no programa Repórter Record o drama vivido por dezenas de famílias do município de Caxias que tiveram seus filhos mortos na Maternidade Carmosina Coutinho. De acordo com o texto de apresentação do programa, no portal R7, "um dos momentos mais especiais na vida de uma mulher é, certamente, o dia em que ela se torna mãe. São nove meses de gestação, com muito amor e carinho, até a chegada de um filho. Mas para dezenas de pais da cidade de Caxias, no interior do Maranhão, essa celebração da vida se transforma em luto".
O programa desta segunda-feira (27) veio a tona as denúncias de que quase 200 bebês morreram na Maternidade Carmosina Coutinho, em menos de um ano. São depoimentos fortes, comoventes e inéditos, como o de Dayane, de 17 anos, que teve parte dos sonhos soterrada com a perda da filha. A adolescente não sabe porque sua bebê morreu.  José de Ribamar e Mayane também desconhecem as causas da morte do filho, que nem chegou a nascer. O casal sequer consegue descrever o tamanho a dor.


A pedido do deputado Wellington do Curso, comissão da Assembleia deve ir a Caxias apurar morte de bebês

Ao discursar na manhã desta terça-feira (28), na Assembleia Legislativa, o vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos, Wellington do Curso (PPS), externou sua preocupação com a os acontecimentos ocorridos na cidade de Caxias, onde, segundo reportagem da Rede Record, nesta segunda-feira (27), cerca de 200 bebês já morreram na Maternidade Carmosina Coutinho. “O Brasil se consternou com a dignidade humana. Ontem, pela segunda vez, uma emissora de tv levou a todos os lares do Brasil uma denúncia sobre a morte de mais de 200 crianças, famílias dizimadas, gerações perdidas e um absurdo de crianças sequeladas pelo resto da vida. É através dessa proteção que se concretizará todo catálogo de direitos humanos encartado na Constituição Federal. E, em Caxias, não há essa proteção. O que vimos foi a completa falta de respeito ao que é mais caro ao ser humano: a sua dignidade”, pontuou.
Na oportunidade, Wellington propôs que a Comissão de Saúde da Assembleia realize visita “in loco” para a coleta dos dados e, assim, tome veracidade dos fatos. “Dei entrada nesta Casa a um requerimento solicitando a visita ‘in loco’ das Comissões de Saúde e Direitos Humanos à cidade de Caxias para coletarmos dados, informações e esclarecimentos sobre esses acontecimentos. Nós, enquanto parlamentares e cidadãos comprometidos com a dignidade humana, não podemos nos calar diante dessa violação e descaso com os direitos humanos”, ressaltou.

Cachorro morto há dias entra em estado de putrefação em via pública, mas Prefeitura não tratar de recolher

RETRATO DA CIDADE


Na Avenida Jerônimo de Albuquerque, a altura do bairro Cohafuma, bem em frente à Potiguar, Lojas Americanas, sede da Cemar, condomínio Brisas e Cidade Jardim e de duas instituições de ensino (Isan/FGV e Upaon-Açu), além de uma churrascaria, um cachorro morto há dias está entrando em estando de putrefação no canteiro que separa as duas pistas. Certamente alguma autoridades que circula por esta via ou mesmo a equipe de limpeza pública, fiscais da Blitz Urbana e do Instituto de Paisagismo já devem ter notado o bicho morto, porém até o momento nenhuma providência foi tomada para retirá-lo da via pública. Devem estar aguardando o odor ficar mais forte para que algo seja feito.

Associação Comercial do Maranhão entrega nesta terça trofeu Empresário do Ano aos melhores de 2014

A Associação Comercial do Maranhão realiza nesta terça-feira (28), a partir das 19h, em sua sede, na Praça Benedito Leite (Centro), a cerimônia de entrega do Prêmio Empresário do Ano. Criada em 1987, pelo então presidente Roberto Reis de Albuquerque, a premiação chega à sua 28ª edição modificada, pois em vez de apenas um empresário, desta vez serão três empresas.
Receberão a premiação a Safemed, na categoria Grande/Média Empresa; a Lavamatic, na categoria Pequena Empresa; e a Casa Pratica, na Categoria Microempresa. A festa de premiação será para convidados e reunirá representantes de entidades de classe, autoridades e associados da Associação Comercial do Maranhão.
O modelo de escolha das vencedoras do Prêmio Empresário do Ano sofreu alteração no ano passado. Antes apenas um empresário era eleito pelos diretores da entidasde, porém na gestão de Carlos Gaspar a consulta foi ampliada para as demais entidades patronais, que indicavam dois nomes, para formação de uma lista sêxtupla que era submetida aos filiados da ACM.
Com as novas regras, em maio de 2014, as concorrentes passaram a se inscrever através do site da ACM e se enquadrando nas categorias Grande/Médio, Micro e Pequena Empresa, e em seguida passaram pelas etapas de avaliação. Os processos de avaliação foram divididos em três etapas que consistiram na formação das listas tríplices, ou seja, em cada categoria houve três concorrentes como finalistas sujeitas à votação final.
Na primeira etapa as empresas participantes foram selecionadas, em parceria com o Sebrae, através dos critérios de avaliação de gestão do MPE Brasil (Prêmio de Competitividade à Micro e Pequenas Empresa). Na segunda etapa, 14 empresas foram avaliadas por presidentes e executivos de entidades de classe numa avaliação subjetiva que pontua cada concorrente com uma pontuação que variou de 5 a 10, nas categorias de Micro, Pequena e Média/Grande empresa, e na última etapa as finalistas das listas tríplices passaram pelo processo de votação direta sendo eleitas a mais votada das três.
As premiadas

Safemed - atua no mercado maranhense com a prestação de serviços na área de Medicina e Segurança do Trabalho, Meio Ambiente, Treinamentos, Gestão e Qualidade de Vida, além da Terceirização de Ambulatórios. A empresa foi fundada no ano de 2006, e conta com postos de atendimento no Centro, Angelim, Bacabeira, Projeto S11D, Alcoa, além de ter 127 funcionários.

Lavamatic - fundada em 1974, é uma empresa especializada em processos de higienização têxtil e vestuário, que desenvolveu ao longo de quase 20 anos outros serviços, como: serviços em estofados, sofás, poltronas, bancos de automóveis, carpetes, tapetes & cortinas, bichos de pelúcia, redes de dormir, tênis (com produtos anti-bactericidas), entre outros. E ainda serviços que demandam mais tempo e visão ‘microscópica’, como: remoção de manchas, costura expressa & costura roupas finas, colagem e reparos diversos em calçados e sapatos tanto masculino quanto femininos. Atualmente a Lavamatic conta com 14 lojas – sendo duas lojas fora do Maranhão (PE e SP) iniciando seu processo de franquia.

Casa Prática - fornece produtos de cama, mesa, banho, utensílios domésticos e decoração através da venda de catálogos, além de prestar assessoria na área de gestão doméstica, treinamentos e cursos. Desde o ano de 2002 a Casa Prática passou a trabalhar como único distribuidor, no Maranhão, do Catálogo Torres. Em conjunto as empresas desenvolveram estratégias para oferecer oportunidade de negócios na venda direta. Hoje já contam com 43 novas marcas de catálogos e com um Show Room para melhor atender os seus clientes e consultores.

Chevrolet foi a marca de veículos que registrou maior volume de financiamentos no mês de março

GIRO ECONÔMICO

A Chevrolet, que em São Luís, Bacabal e Santa Inês é representada pelo Grupo Dalcar, passou a ocupar, em março, o primeiro lugar no ranking de marcas mais financiadas de automóveis leves novos, com 76.221 unidades comercializadas. A marca também apresentou um bom desempenho, passando da terceira para a primeira posição no ranking mensal, com 25.605 unidades. O segundo lugar ficou com a Fiat, com 74.542 autos leves novos vendidos a crédito nos primeiros três meses do ano, sendo 23.510 unidades financiadas apenas em março. O levantamento é da Unidade de Financiamentos da Cetip, que opera o maior banco de dados privado de informações sobre financiamentos de veículos do país, o Sistema Nacional de Gravames (SNG). Os números contemplam os veículos comercializados por crédito direto ao consumidor (CDC), leasing e consórcio. 
Entre os modelos, o Onix, da Chevrolet, ultrapassou o Palio, da Fiat, e liderou o ranking de modelos de automóveis leves novos mais financiados, com 7.105 unidades comercializadas em março. 

Hyundai - O destaque do mês de março em financiamento de automóveis, segundo levantamento da Unidade de Financiamentos da Cetip, ficou com o HB20, fabricado pela Hyundai do Brasil, que tem como revendedora autorizada em São Luís, a Gran Car, do empresário Nonato Luz. De acordo com a estatística, o modelo saiu do quinto para o terceiro lugar, ao somar 6.204 unidades financiadas, e ultrapassou Cross Fox, da Volkswagen, que caiu para a décima posição, e o Strada, da Fiat, que foi para a quinta colocação.

Desemprego - A comissão mista do Senado que analisa a Medida Provisória (MP) 665/2014, que modifica as regras do Seguro-Desemprego, reúne-se amanhã para continuar a votação do relatório do senador Paulo Rocha (PT-PA), que alterou vários pontos da redação original. A MP fixa em 18 meses o prazo de carteira assinada para a primeira requisição do seguro-desemprego pelo trabalhador dispensado sem justa causa. A principal alteração do relator foi a redução dos prazos de carência.

Marketing político - Gustavo Fleury (jornalista e ex-assessor do Congresso Nacional) e Henrique Barros (HC7 Consultoria e Assessoria de Imprensa) ministram dia 16 de maio, no escritório da MPM, na Rua das Palmeiras (Renascença) Curso de Marketing Político Estratégico, tendo como público alvo candidatos que tencionam disputar as eleições municipais do próximo ano.









Sábado, o presidente do Sinduscon-MA, Fábio Nahuz (E), acompanhou o empresário Osvaldino Pinho, da Lastro Engenharia, numa visita ao canteiro de obras do Park Avenida, condomínio em construção na cidade de Bacabal



Shopping - O Shopping da Ilha lançou uma promoção especial para aquecer as vendas para o Dia das Mães: a cada R$ 300 em compras realizadas nas lojas participantes da promoção, o cliente poderá trocar as notas fiscais por um pingente feito com Swarovski Elements, um dos cristais mais conhecidos no mundo da moda por sua delicadeza, precisão e aparência luminescente. Basta juntar as notas das compras efetuadas no período da campanha e apresentá-las no posto de troca até o dia 10 de maio.

Rodovias - Os políticos maranhenses que vivem fazendo discurso sobre seu prestígio político junto ao Governo Federal precisam exercer mais influência em Brasília para que o Maranhão não fique sem estradas. As BRs 316, entre Bacabal e Santa Inês, e a 222, entre Miranda do Norte e Igarapé do Meio, estão se transformando em tábuas de pirulitos, tantos são os buracos no asfalto, podendo ficar complicadas por o tráfego antes junho. Já a duplicação da BR 135, entre São Luís e Bacabeira está com obras paralisadas.

Zico participa nesta terça-feira, em São Luís, do lançamento dos Jogos Escolares Maranhense


Um soa maiores ídolos do futebol brasileiro, o ex-jogador da Seleção Brasileira do Flamengo do Rio de Janeiro, Arthur Antunes Coimbra, o Zico, estará em São Luís, nesta terça-feira (27), para o lançamento, às 16h no Ginásio Castelinho, dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs) 2015. A cerimônia de lançamento dos JEMs é aberta ao público e será presidida pelo governador Flávio Dino, com participação de atletas maranhenses, estudantes e técnicos. Na ocasião haverá também a participação do coral do Colégio Militar Tiradentes.
O convite para a presença do jogador no evento foi feito através da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel). Zico desembarca na manhã de terça-feira para participar do lançamento da maior edição dos JEMs, que neste ano alcançou crescimento de 50% no número de adesões em relação ao ano passado, com 96 municípios inscritos na disputa.

27 de abr de 2015

Em entrevista à Folha, o ex-senador José Sarney diz que prefere ser eternizado pela literatura do que pela política

Em entrevista ao caderno Ilustrada da Folha de São Paulo, publicada nesta segunda-feira, o ex-senador e ex-presidente da República José Sarney (PMDB-AP), que também é ex-governador do Maranhão, declarou que depois da experiência política vai se dedicar quase que exclusivamente à literatura. Ele que, sexta-feira (24), completou 85 anos, disse que no momento trabalha em duas obras: suas memórias e seu quarto romance, "O Solar dos Tarquínios", que acabará "se Deus me der alguns anos de vida". Membro das academias de Letras do Maranhão (AML) e do Brasil (ABL), diz que prefere ser lembrado mais pelo literato do que pelo político. Ele frisou na entrevista que "há mais de 30 anos não nasce um grande romancista". Quanto a ele, paciência. "Quando o tempo afastar o político, o trabalhador das letras vai aparecer."
Na entrevista, ao ser indagado sobre uma frase de Jorge para quem "José Sarney é um escritor a quem o político José Sarney tem causado graves prejuízos", ele disse que “Napoleão (Bonaparte) dizia que política é destino, literatura, vocação. Eu me lembro da definição do Ernesto Sabato sobre literatura como antagonista da realidade. Mas a política tem dos dois. Teve a morte do Tancredo Neves [em 1985, antes de assumir a Presidência, abrindo espaço para ele, vice], em que a realidade imitou a ficção”. A repórter Para Anna Virgínia Balloussier, que entrevistou quis saber então se ele se arrependia de ter privilegiado mais a política do que a literatura, e ele respondeu: “Se Deus tivesse me perguntado se eu queria ficar com a literatura ou a política, teria escolhido a literatura. Não passou um dia sem que eu não tivesse um convite de noivado para a literatura. Calculo que passei 25% da vida lendo ou escrevendo. Não tenho nenhum outro hábito: não cultivo esporte, não costumo ir a cinema, teatro, não frequento restaurantes, não sou de dar recepções em casa”.
O ex-senador declarou ainda que está fase de revisão da sua autobiografia, que escreve desde 2003, cuja título é "Boa Noite, Presidente", frase que o general Leônidas Pires da Silveira teria pronunciado na noite de 14 de março de 1985, após a internação da Tancredos Neves, garantindo que ele seria empossado no dia seguinte. Sobre as duras críticas à sua obra, ele se defende: “É aquela história: não leram e não gostaram. Não conheço um grande crítico brasileiro que tenha feito críticas contrárias aos meus livros. Apenas deixei de cultivar a divulgação no Brasil porque havia má vontade. Não viam o escritor, viam o político”. E sobre os comentário de Millôr Fernandes à sua produção literária desdenhou: “Ele não era crítico literário, ele era humorista”.
Sobre o seu aniversário da semana passada, disse que “agora não comemoro mais nem o mês nem o ano, e sim os dias. Minha mãe, quando morreu, deixou uma carta. A primeira coisa que disse: "Tive até um filho que foi da Academia Brasileira de Letras". No Maranhão, quando se nasce, ninguém pensa em ser presidente, mas todos pensam em ir à Academia. As parteiras já conhecem o choro dos meninos: "Academiiiiiiia". Ninguém sabe, mas quando assumi a Presidência, atravessava um período de grande depressão.
Não passei pela crise dos 50 anos. Mas de repente, com 52, me surgiu essa depressão. Era uma cobrança que fazia a mim mesmo do que tinha feito da minha vida. O Carl Jung, ao contrário do Freud, dizia que todos morremos frustrados por não termos tido a vida que queríamos”.

Empresários apresentam sugestões para melhorar projeto Mais Empresas do Governo do Estado

GIRO ECONÔMICO

O empresário Fábio Nahuz (foto), presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon), acredita que a equipe econômica do governador Flávio Dino (PCdoB) tenha passado o fim de semana e ainda vai precisar de mais alguns dias para refazer a redação do projeto de lei que cria o programa Mais Empresas, que prevê incentivos fiscais e outros benefícios para a iniciativa privada e que deverá ser apresentado na próxima quinta-feira, dia 29, na Federação das Indústrias. De acordo com Nahuz, vários artigos foram questionados e os sindicatos ligados à Fiema já apresentaram suas sugestões para corrigi-los, bem como acrescentaram outras medidas que devem ser tomadas, de modo a se fazer uma lei que realmente atenda à classe produtora. As demais entidades também apresentaram pedidos de mudança, portanto pouco sobrará da redação original, elaborada com “muito zelo”, segundo Simplício Araújo (secretário de Indústria e Comércio), caso o objetivo seja, realmente, atender aos anseios das classes produtoras.
Vale destacar que o Mais Empresas é um aperfeiçoamento, se é que se pode chamar assim, do Pró-Maranhão, programa lançado pela ex-governadora Roseana Sarney, mas que o atual governo não o considera abrangente. As entidades que ora se ocupam de revisar o novo aplaudiam o anterior, pois seus dirigentes o achavam apenas bom, mas perfeito. 

Homenagem  - A Associação Comercial do Maranhão realiza amanhã à noite, em sua sede, na Praça Benedito Leite, a grande solenidade para diplomação dos eleitos em 2014 para receber o título de Empresário do Ano. A premiação é a primeira sob novo formato, já que antes era eleito apenas um e desta vez serão três. Na categoria Grande/Média Empresa, a escolhida foi a Safemed; no segmento Pequena Empresa, a distinção vai para a Lavamatic, enquanto a Casa Prática recebe na categoria Microempresa.

Mateus - O empresário Ilson Mateus visitou semana passada a cidade de Caxias para sondar o mercado, a fim de expandir para o município sua rede supermercadista, e ficou impressionado com o potencial econômico da região, já que a partir dali poderá atender empresas e clientes individuais de vários municípios. O empresário estaria inclinado a instalar em Caxias não uma loja focada apenas no consumidor final, daí porque tudo indica que seu novo empreendimento será um Mix Mateus, loja de atacarejo.

Vacinação do rebanho - Os diretores da Associação dos Criadores debateRAm hoje à noite a estratégia que vão utilizar com vistas a fortalecer a campanha de vacinação contra aftosa, que começa na próxima sexta-feira, dia 1º de maio. O objetivo é compensar a falta de mobilização pelo Governo do Estado, que, pela primeira vez nos últimos 12 anos, deixou de fazer uma campanha publicitária sobre a importância se vacinar todo o rebanho bovino e bubalino.

O deputado Fábio Braga (PTdoB) participou, em Brasília (DF), da sessão solene da Câmara dos Deputados que marcou as comemorações do Dia do Índio (19 de abril). Na oportunidade, Fábio Braga manteve contatos com deputado federal e ex-ministro, Sarney Filho (PV-MA), e com a ex-ministra, Marina Silva. 

Perizes - Quem trafega com regularidade pela BR 135 foi surpreendido neste fim de semana ao chegar a Perizes de Baixos, no município de Bacabeira, às margens da BR 135, e não encontrar a tradicional venda de café e outros alimentos. É que o Dnit mandou jogar abaixo quase todas as construções em que havia estabelecimentos deste ramo, para facilitar o alargamento da rodovia, que está sendo duplicada de Estiva (São Luís) à cidade de Bacabeira. Antes o projeto indicava que o trecho duplicado passaria por fora do povoado, mas mudou o planos por medidas econômicas.

Shopping - Um dos compromissos assumidos pelo grupo político de Santa Inês que semana passada assinou ficha de filiação ao PSDB, liderado pelos ex-prefeitos Valdivino Cabral e Robert Bringel, pela ex-deputada Viany Bringel e pelo empresário João Rolim, é viabilizar a construção de um shopping Center na cidade. Sem que se saiba porque, o atual prefeito, Ribamar Alves, faz de tudo para impedir que a Lastro Engenharia construa um empreendimento do gênero, embora tenha terreno e financiamento para isto. Falta apenas o alvará, que o prefeito se recusa assinar.

26 de abr de 2015

Flávio Dino lança programa Mais Empresas, que reduz recolhimento de ICMS a empresários de vários segmentos

O governador Flávio Dino (PCdoB) deve apresentar na próxima quarta-feira (29), às 18h, na Federação das Indústrias (Fiema), o projeto de lei a ser encaminhado à Assembleia Legislativa que institui o Programa de Desenvolvimento Industrial e Integração Econômica do Estado do Maranhão, o Mais Empresas, pelo qual cria uma série de incentivos fiscais a empresas que queiram se instalar nos trinta municípios de mais baixo IDH, tragam para o Estado empreendimentos pioneiros ou prioritários, criem centenas de postos de trabalho etc. Elaborado pela Secretaria de Indústria e Comércio, o projeto teve sua minuta apresentada aos dirigentes das entidades com assento no Conselho Empresarial do Maranhão (Cema), a fim de que cada um pudesse apresentar suas sugestões.
Em resumo, o programa é uma ampliação do Pró-Maranhão, criado pela ex-governadora Roseana Sarney, mas que, pelo entendimento da atual equipe econômica, não contemplava um grande número de empresas, com ações até direcionadas, conforme entendimento do secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo. De acordo com o secretário, foram vários dias de estudos e debates internos para se chegar aos pontos que podem nortear a política econômica do governo. Ele entende ainda que, por estar em conformidade com o pensamento dos membros do Cema, a lei é a mais abrangente das que foram criadas para estimular o crescimento da indústria e do setor empresarial como um todo.
Os pontos mais importantes do projeto dizem respeito aos créditos de ICMS. As empresas que se dispuserem a se instalar nos 30 municípios de baixo IDH, Marajá do Sena, Belágua, Fernando Falcão, Junco do Maranhã e outros, poderão ter o ICMS apurado, a partir dessa implantação, reduzido em até 95%, pelo prazo de 12 anos. Já as empresas que gerarem até 500 empregos diretos, exerçam atividade inexistente no Estado ou sejam consideradas prioritárias poderão ter o imposto deduzidos em até 85% pelo prazo de 10 anos. Já aquelas em fase de implantação ou expansão, poderão gozar de crédito do ICSM de até 75 e as que forem reativadas, modernizadas ou relocalizadas, 50%.
PrioridadesPelo projeto, o Governo elenca nove itens para definir o que considera prioritário para o desenvolvimento empresarial do Estado: indústria ou agroindústria com vocação restrita ao potencial de cada região; atividade industrial inexistente no Estado; indústrias geradoras de novas indústrias; demanda por insumos, matérias primas e serviços locais; uso sustentado dos recursos naturais; geração de energia renovável e não poluidora; geração de emprego e agregação de valor à matéria prima de forma estratégica para o desenvolvimento do Estado; opção por regiões consideradas estratégicas para o desenvolvimento estadual; e aumento da competitividade estadual por meio de renovação tecnológica das cadeias produtivas.
Ficam impedidas de gozar dos benefícios da lei as empresas dos segmentos de álcool (anidro e hidratado); as exploradoras de gás natural e derivados de petróleo e seus subprodutos; exploradoras de minério; e geradoras de energia elétrica. A entrada em vigor da lei está prevista para três após sua publicação, prazo previsto para a elaboração de sua regulamentação.

Apresentada há cerca de duas semanas na última reunião do Cema, a minuta foi debatida nas entidades representadas neste colegiado, porém as discussões não se estenderam para aquelas que não têm assento no conselho. No entendimento de um empresário ouvido pela reportagem, faltou consultar também os conselhos de Economia, de Administração, de Engenharia para que todos esses pontos fossem melhor avaliados, o que pode ser corrigido pela Assembleia Legislativa, que ao longo dos debates e análises nas comissões específicas, pode recorrer aos pontos de vista desses segmentos produtivos e profissionais.

Índice de desemprego aumentou no Maranhão no primeiro trimestre deste ano, segundo dados do Caged

GIRO ECONÔMICO

É por uma pequena diferença, mas a taxa de desemprego no Maranhão no primeiro trimestre do último ano do governo de Roseana Sarney(PMDB) foi menor do que nos três primeiros meses deste ano, com o Estado já sob o comando de Flávio Dino (PCdoB). De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Demitidos (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), de janeiro a março deste ano o salgado negativo na geração de empregos no Estado foi de 6.841, enquanto neste mesmo período em 2014 foi de 6.800. Quanto ao mês de março, a diferença de 2014 para 2015 é gritante, pois no ano passado o saldo negativo foi de 2.637, enquanto este ano, no mesmo mês, apenas 659, o que significa dizer que os desligamentos foram mais acentuado em janeiro e fevereiro.
As estatísticas do Caged sempre dependem de uma série de fatores, como muitas admissões pela modalidade emprego temporário e consequentes demissões, situações climáticas, mas de qualquer forma é a ele que recorrem os políticos quando querem mostrar que seu modo de governar é melhor do que o do adversários. Os números aqui publicados servem para contrariar e massagear egos de todas as correntes.

Revista - A revista Maranhão Hoje, que chegou às bancas neste fim de semana, traz ampla reportagem com a fundadora da Sorridents, Carla Sarni, que planeja ainda este ano ampliar sua franquia para os municípios de Timon, Imperatriz, São José de Ribamar, Codó e Bacabal. Carla Sarni, que deverá vir ao Maranhão em agosto proferir palestra a empresários locais, é hoje uma das mulheres mais influentes do Brasil, e seu exemplo de vida, pois de criança pobre em Pitangueiras (SP) virou uma grande empresárias, é contado para diversas plateias por ser uma das palestrantes mais requisitadas do País.

Vacinação - O lançamento oficial da campanha 2015 de vacinação contra febre aftosa no Maranhão será dia 05 de maio, quatro dias após a abertura. O município escolhido para este evento é Pinheiro, na Baixada Ocidental, uma das regiões que mais preocupam a Agência de Defesa Agropecuária (Aged), por ser grande concentradora de quilombolas, pequenos criadores, carroceiros e outros que têm quantidade pequena de animais bovinos e bubalinos, mas se descuidarem podem comprometer todo o rebanho maranhense.

Desenvolvimento - O deputado Stênio Rezende, em recente visita à região dos Cocais, disse ter ficado impressionado com o desenvolvimento do comércio nos municípios de Timon e Caxias, que se preparam para receber dois grandes empreendimentos de shopping centers, ambos planejados nos mesmos padrões dos existentes em São Luís e outras capitais do Nordeste.






Na reunião da Associação Brasileira dos Agentes de Viagens, a presidente da Abav-MA, Maria Antonieta Uchoa, ladeada pelo secretário-adjunto de Turismo de São Luís, Guilherme Marques, e o presidente da Abav Nacional, Raimundo Azevedo



Comemoração - A manhã da próxima terça-feira (28), data em que a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) completa 50 anos de fundação será toda ela dedica às comemorações desta data, e começa com uma missa, às 08h, na sede da entidade, na Rua da Estrela (Centro Histórico) e em seguida uma sessão solene na Câmara Municipal, por sugestão do vereador José Joaquim Ramos (PSDB). Na noite do dia seguinte, será o grande momento das festividades, a partir das 20h, na Dalcar BMW, na Cohama, com a festa propriamente dita, com homenagens aos que contribuíram para fortalecer a entidade.

Declaração - A seis dias do fim do prazo de entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2015, cerca de 11 milhões de contribuintes ainda não entregaram o documento. Até às 24h de sexta-feira (24), 16.484.193 declarações foram encaminhadas à Receita Federal. O número representa 59,9% do total de 27,5 milhões de declarações que a Receita espera receber até 30 de abril, último dia de entrega. O último prazo para a entrega da declaração do IRPF é a próxima quinta-feira, dia 30.

25 de abr de 2015

Dnit acaba com tradicional venda de café em Perizes de Baixo para duplicar trecho da BR 135

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte Terrestre (Dnit) demoliu nesta sexta-feira praticamente todas as construções localizadas à margem direita (sentido São Luís - continente) da comunidade Perizes de Baixo, no município de Rosário. A justifica foi alargar a rodovia que está passando por um processo de duplicação. Com a demolição, desapareceu a tradicional venda de café neste povoado, que era parada obrigatória para muitos motoristas.

Maranhão tem saldo negativo acima de 6 mil na geração de empregos entre janeiro e março, segundo o Caged

O Maranhão registrou, de janeiro a março deste ano um saldo negativo de 6.841 empregos, pois foram gerados neste período 46.018 novos postos de trabalho enquanto as demissões somaram 52.859. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Demitidos (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), que registrou, somente em março, um saldo negativo de 659 empregos, resultado que foi puxado pela indústria de transformação e a construção civil.

De acordo com o Caged, no mês de março foram empregados no Maranhão 15.758, mas as demissões somaram 16.417, o que gerou a variação de -0,14%.

O saldo dos últimos 12 meses é de -1.016, com 216.784 contratações e 217.800 desligamentos, ou seja, uma variação de -0,21%

Veja como foi o comportamento do emprego, em março, no Maranhão, segundo Setores de Atividade Econômica:

  • Extrativa Mineral -43 (-2,22%)
  • Indústria de Transformação -131 (-0,31%)
  • Serviços Industriais de Utilidade Pública - SIUP - 84 (1,34%)
  • Construção Civil -955 (-1,61%)
  • Comércio - 162 (0,11%)
  • Serviços - 244 (0,13%)
  • Administração Pública - 54 (0,29%)
  • Agropecuária -74 (-0,32%)
  • Total -659 (-0,14%)



Deputado Sousa Neto não descarta disputar a Prefeitura de Santa Inês contra Ribamar Alves e Vianey Bringel

Sousa Neto pode se candidatar a prefeito de Santa Inês no próximo ano
Inconformado com o desdobramento político que resultou na filiação de três importantes aliados políticos de Santa Inês ao PSDB do vice-governador Carlos Brandão, o deputado Sousa Neto (PTN) não descarta sua candidatura a prefeito do município em 2016 contra a ex-deputada Vianey Bringel, que está deixando o PMDB para se abrigar no ninho tucano, e o atual prefeito, Ribamar Alves (PSB), que deve disputar a reeleição. Para Sousa Neto, a filiação dos ex-prefeitos Valdivino Cabral e Roberto Bringel e de Vianey foi um ato de traição aos que lutam contra a atual administração municipal e estavam contra a eleição do governador Flávio Dino (PCdoB), em 2014, por isto não há a menor condição de uma unidade oposicionista na próximo ano, pois a rigor Vianey e Alves estarão sendo patrocinados pelo Palácio dos Leões.

Sousa Neto é um dos mais contundentes opositores do Governo na Assembleia Legislativa. Ele lembra que no seu município, o governador perdeu nas urnas para o senador Lobão Filho (PMDB) por uma diferença superior a 9 mil votos (25 mil a 16 mil), graças ao trabalho desenvolvido por aqueles que divergem do governo municipal, que apoiava a candidatura comunista. Tudo indicava, portanto, que Vianey iria se manter no PMDB e seu marido, Robert, bem como Cabral, iriam engrossar as fileiras da legenda para formar uma ampla coligação oposicionista para vencer a eleição, mas, para sua decepção, os ex-liados foram seduzidos pelo vice-governador, que prepara uma candidatura contra o prefeito, porém, no seu entendimento, quem ganhar beneficiará o Governo do Estado.

Sousa Neto disse que ainda vai consultar as lideranças peemedebista - Roseana Sarney (ex-governadora), o ex-senador José Sarney, o senador Edison Lobão e seu suplente, Lobão Filho, bem como o senador João Alberto e o ex-deputado Ricardo Murad - a fim de ser encontrado um nome que possa disputar a eleição. "Caso não apareça ninguém, não descarto me candidatar", disse ele.

Governo amplia prazo para taxistas e motoristas com deficiência pedirem isenção de IPI na compra de veículos

GIRO ECONÔMICO

Os taxistas e as pessoas com deficiência terão mais prazo para pedir a isenção de impostos na compra de veículos. A Receita Federal ampliou, de 180 para 270 dias, a validade da autorização de aquisição de veículo sem o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). A extensão do prazo consta de instrução normativa editada quarta-feira (22), mas a Receita só explicou a mudança na noite de quinta-feira (23). De acordo com o Fisco, a ampliação foi necessária para dar mais tranquilidade aos taxistas e às pessoas com deficiência. Depois de conseguir a isenção do IPI, esses contribuintes tinham dificuldade de pedir aos governos estaduais a isenção do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre a compra de veículos. 
A autorização para isentar o IPI, tributo federal, é um documento necessário para requerer a isenção do ICMS, imposto de responsabilidade dos estados e do Distrito Federal. Para evitar o transtorno, que obrigava o contribuinte a reiniciar o processo na Receita Federal, o Fisco decidiu aumentar em 90 dias a validade da isenção do IPI nesses casos.

Limpeza  - Menos de 24 horas após um caminhão da sua propriedade ter sido flagrado em plena via pública, na Avenida Ferreira Gullar, no bairro da Ilhinha (próximo ao São Francisco), a construtora Lua Nova mandou um caminhão de volta ao local, na manhã desta sexta-feira (24), mas para recolher toda a sujeira deixada às margens da avenida. O flagrante foi publicado no blog Conversa Franca (www.aquilesemir.com.br), deste editor, e teve uma ampla repercussão nas redes sociais, mas a empresa a tempo conseguiu corrigir o erro.

Comerciante - Escalado para presidir a sessão de homenagem aos 50 anos da CDL de São Luís, na Assembleia Legislativa, o deputado Sousa Neto (PTN) disse que aquele foi um dos momentos mais gratificantes desde que assumiu uma cadeira no parlamento estadual, pois se sentia muito à vontade em dirigir aqueles trabalhos, por ser muito identificado com o setor empresarial. Sousa Neto é herdeiro e sócio de uma das maiores empresas de material de construção do Estado, os Armazéns União, cuja matriz fica em Santa Inês.

Palco Giratório - Considerado o maior evento itinerante de artes cênicas do Brasil, o Palco Giratório, do Serviço Social do Comércio (Sesc), chega a São Luís. A primeira apresentação é o espetáculo Proibido Elefantes, com o grupo Giradança, do Rio Grande do Norte, neste sábado (25), a partir das 19h, no Teatro Alcione Nazaré. Amanhã, no mesmo local, o grupo maranhense Teatro Dança apresenta o espetáculo Flores.





Na solenidade pelos 50 anos da CDL, na Assembleia Legislativa, quinta-feira, o deputado Edilázio Júnior e Fábio Ribeiro (presidente da CDL), ladeados por José Arteiro da Silva, presidente da Federação do Comércio, e Socorro Noronha, presidente da Federação dos Lojistas


Mais empresas - No programa de incentivos fiscais Mais Empresas, que o governador Flávio Dino (PCdoB) lança no próximo dia 29, está prevista uma desoneração de até 95% do ICMS para empresas que se dispuserem a investir nos trinta municípios com o baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), isto é, para quem achar que há mercado a ser explorado em Marajá do Sena, Belágua e outros que são castigados não apenas pelo alto grau de pobreza da população, mas pelas dificuldades de acesso. Quem quiser...

Leilão - Agropecuaristas de várias regiões do Maranhão e de outros estados também estão a caminho de Bacabal, onde neste sábado, a partir das 16h, será realizado no Recinto Leilonorte, o leilão O Melhor do Corte, em que serão comercializados mais de mil animais, todos da raça Nelore, sendo 700 bezerras e 300 novilhas, prontos para enriquecer os pastos dos compradores. A coordenação do leilão está com o pecuarista Chiquinho Sergipano, idealizador também do Leilão Novo Tempo.

24 de abr de 2015



Por fazer oposição ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior, vereadora Rose Sales é convidada a se desfiliar do PCdoB

Vereadora Rose Sales é abandonada pelo PCdoB, por
fazer oposição ao  prefeito Edivaldo Holanda Júnior
O diretório municipal do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), em nota distribuída na manhã desta sexta-feira (24), decidiu convidar, educadamente, a vereadora Rose Sales a se desfiliar da legenda, por vir tendo, na Câmara Municipal, uma postura de independência em relação à Prefeitura de São Luís.  Vale ressaltar que quando o assunto foi levantado no início do ano, alguns dirigentes do partido, num destempero verbal para tentar desqualificar jornalistas e blogueiros, diziam não haver incompatibilidade entre a atuação da vereadora e o prefeito Edivaldo Holanda Júnior e que a possível saída da parlamentar eram invenções da imprensa.
O presidente do diretório municipal do PCdoB, José Haroldo de Oliveira, no entanto, na distribuída à imprensa, diz que "há vários meses a relação entre a vereadora Rose Sales e o PCdoB, embora respeitosa e de alto nível, tem revelado um distanciamento político cada vez maior entre ambos, fundamentalmente em relação à gestão municipal de São Luís, em que o partido tem uma posição de apoio", por isto o partido está liberando a vereadora para que se desfilie sem perder o mandato, ou seja, não será reivindicado pela legenda.
Apesar de ser contra Edivaldo, que é do PTC, Rose Sales defende Flavio Dino
Eis a íntegra da nota:
Reunida no dia 23 de abril de dois mil e quinze, a Comissão Política do Comitê Municipal do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) no município de São Luís adotou a seguinte resolução:
1) Há vários meses a relação entre a vereadora Rose Sales e o PCdoB, embora respeitosa e de alto nível, tem revelado um distanciamento político cada vez maior entre ambos, fundamentalmente em relação à gestão municipal de São Luís, em que o partido tem uma posição de apoio ao governo do prefeito Edivaldo Holanda Jr., dando-lhe sustentação e dela participando, enquanto que a vereadora, na prática, tem tido um posicionamento de oposição à atual gestão;
2) Esta situação foi e tem sido administrada e tratada no âmbito da direção partidária e com a participação da vereadora, que sempre teve a total possibilidade de se posicionar diante dos fatos, tudo com transparência, democracia e respeito.
3) Entretanto, chegou-se a uma situação em que não se é mais possível a convivência entre o posicionamento partidário de apoio à administração Edivaldo Holanda Jr. com a postura oposicionista da vereadora. Diante disto, o Comitê Municipal do PCdoB de São Luís resolve liberar a vereadora Rose Sales para, querendo, se desfilie das fileiras partidárias, pois suas posições em face da gestão municipal se chocam com as posições do PCdoB.

São Luís-MA, 23 de abril de 2015.
Comissão Política do Comitê Municipal do PCdoB-São Luís
José Haroldo de Oliveira
Presidente

CDL antecipara comemoração dos seus 50 anos para não coincidir com o aniversário do governador Flávio Dino

Flávio Dino com lideranças empresariais: comemoração de aniversário faz
CDL antecipar comemoração dos seus 50 anos de fundação
GIRO ECONÔMICO

Quando elaborou a programação para comemorar os 50 anos de fundação da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), o seu presidente, Fábio Ribeiro, marcou para 30 de maio a solenidade em que serão homenageadas diversas personalidades que contribuíram com o fortalecimento da entidade ao longo desses anos. Como havia interesse da participação do governador Flávio Dino (PCdoB) neste evento, até porque ele também disse que teria interesse de estar presente, a data teve de ser mudada, pois neste dia comemora-se também o aniversário de Sua Excelência, que vai optar por uma comemoração mais reservada com familiares e alguns amigos. Diante disto, a festa foi antecipada para dia 29, quarta-feira, sendo que no dia anterior, data que marca o dia da fundação, haverá a celebração de uma missa nas dependências do órgão, na Rua da Estrela (Centro Histórico).
A festa de aniversário da CDL será realizada nas dependências da concessionária Dalcar BMW, no bairro da Cohama, ao lado da concessionária GM do mesmo grupo.

Fiema  - As ações do Sistema Federação das Indústrias na região tocantina foram detalhadas aos vereadores de Imperatriz, quarta-feira (22), na Câmara Municipal. O detalhamento foi feito pelo diretor João Franco Neto, presidente do Sindicato da Construção Civil (Sinditeto) e Eduardo Sousa, gestor do escritório da Fiema em Imperatriz, que apresentaram os pilares do Plano de Desenvolvimento de Imperatriz (PDI), que abrange infraestrutura, Plano Diretor, meio ambiente, educação e cultura, mobilidade urbana etc.

Contribuição - Ao assinar ficha de filiação ao PSDB, quarta-feira (22), o empresário João Rolim, dono da maior rede distribuidora de combustíveis do Maranhão, Postos Paloma, fez questão de esclarecer que não é político, apenas empreendedor, mas sabe que não se pode pensar em desenvolvimento sem envolver a política. Neste campo, sua contribuição tem sido recolher, mensalmente, para os cofres públicos mais de R$ 6 milhões com pagamento de ICMS, dinheiro que serve para as ações do Estado em favor da população.

Campanha - Pelo menos um cartaz saiu para mobilizar os pecuaristas para a campanha de vacinação contra febre aftosa que começa oficialmente na próxima sexta-feira, dia 1º de maio e se estende até o dia 31 do mesmo mês. O mote da campanha, elaborada a uma semana da abertura da campanha, é inspirado em MMC, ou seja, “proteja seu cinturão”, numa referência ao título de certificação internacional de zona livre com vacinação.




Presidente da Federação da Agricultura, José Hilton Coelho (E), e o coordenador de projetos do Senar Central, Clodoaldo Martins, no seminário realizado em São Luís para debater as ações do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural


Mais empresas - O governador Flávio Dino (PCdoB) lança quarta-feira (29), o Mais Empresas, programa de incentivos fiscais que visa a atrair investimentos para o Maranhão, em especial para os municípios listados como os de menor IDH. O escalonamento das desonerações do ICMS leva em conta número de empregos gerados, localização do empreendimento, diversificação, expansão, transferência da empresa etc, podendo chegar até 95%, conforme projeto elaborado pela Secretaria de Indústria e Comércio. 

Ferry-boat - O Governo do Estado parece que vai botar o dedo na ferida nos serviços de ferry-boat. Nesta sexta-feira, a partir das 09h, na Secretaria Estadual da Fazenda, no Maranhão Novo, a Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB) vai realizar uma audiência pública para discutir com a sociedade a proposta de licitação do Serviço Público de Transporte Aquaviário Intermunicipal de Passageiros, Cargas e Veículos na modalidade ferry-boat no trajeto Ponta da Espera (São Luís) e Cujupe (Pinheiro).

Caminhão da construtora Lua Nova retorna à Ilhinha, mas desta vez foi para recolher o lixo despejado quinta-feira

RETRATO DA CIDADE

Um caminhão da construtora Lua Nova retornou na manhã desta sexta-feira (24), à Avenida Ferreira Gullar, na Ilhinha (próximo ao São Francisco), menos de 24 horas após ter sido flagrado por este blog despejando lixo na via pública, na tarde de quinta-feira. Menos mal, a operação desta vez não foi para novos descartes de material inservível para a empresa, mas para recolher a sujeira do dia anterior. Valeu a intenção de reparar o erro.

Sistema Faema desenvolve ações para fortalecer serviços de capacitação profissional oferecidos pelo Senar

O sistema Federação da Agricultura do Maranhão (Faema/Senar)  e a Confederação Nacional  de Agricultura e Pecuária (CNA) realizaram, em São Luís, o  seminário Senar Forte, com a participação de gestores e assessores que compõem a instituição no Estado, bem como de  presidentes dos  sindicatos rurais de Barra do Corda, Presidente Dutra, Chapadinha, Tuntum, Presidente Dutra, Rosário, Mirador, Zé Doca, Pedreiras e Loreto.
O Senar Forte é um programa que está sendo implantado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), principalmente nas regiões Norte e Nordeste, visando a desenvolver ações com vistas a nivelar e fortalecer os serviços e atividades prestadas pelas federações de agricultura e administrações regionais do órgão de capacitação profissional. Um de seus principais objetivos é alinhar as ações do sistema CNA de modo a garantir  que os produtos e o trabalhador  rural recebam serviços com qualidade e excelência. “Uma das principais metas deste curso é  buscar novas estratégias para fortalecer a estrutura que temos aqui, com foco sempre no produtor rural”, destacou  Luiz Figueiredo, superintendente do Senar-MA.
Além de dirigentes sindicais, o seminário contou com a participação também de representantes das instituições parceiras, dentre elas a  Agência de Defesa Agropecuária do Maranhão(Aged), Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão (Agerp), Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Sagrima), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento(Mapa), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Secretaria de Trabalho e Economia Solidária (Setres), Secretaria de Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar (Sedes), Secretaria do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (Sedinc),  agentes financeiros como o Banco do Brasil e Banco da Amazônia. Do Instituto CNA, contribuíram o coordenador de projetos, Clodoaldo Martins Júnior, Ademar dos Anjos e Francisco Melo. O moderador  do seminário foi o consultor, José Gabriel Pesce Júnior.

Igual a fevereiro, o detento "Diferente" consegue fugir pela segunda do Presídio São Luís, admite Sejap em nota

Ainda sem conseguir explicar o porquê de quatro detentos terem sido regatados, no início de abril, do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, fato que o governador Flávio Dino (PCdoB) classificou com incompetência, convivência ou omissão da polícia, a Secretaria da Administração Penitenciária (Sejap) veio a público nesta quinta-feira (23) para informar mais uma fuga no Presídio São Luís. Por volta das 17h30, o detento Nilson da Silva Sousa, mais conhecido como "Diferente", fugiu, porém o curioso é que está a segunda vez, somente este ano, que ele consegue sair, pois já tinha feito o mesmo no mês de fevereiro.
Eis a nota da Sejap:
A Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Sejap) informa que as equipes de segurança estão empenhadas na recaptura do detento Nilson da Silva Sousa, conhecido como ‘Diferente’, que fugiu por volta das 17h30 do Presídio São Luís 3. A Sejap já determinou a investigação detalhada do episódio e a apuração das responsabilidades.

São Luís, 23 de abril de 2015.
Murilo Andrade
Secretário de Estado da Administração Penitenciária
(Com imagem do G1)

23 de abr de 2015

Deputada Eliziane Gama diz que vai se eleger prefeita de São Luís com o apoio do governador Flávio Dino

Em entrevista concedida à revista Maranhão Hoje de abril, a deputada Eliziane Gama (PPS) diz, com toda convicção, que vai se eleger prefeita de São Luís com o apoio do governador Flávio Dino (PCdoB). Se ele não apoiá-la, diz Eliziane, o governador, em nome da coerência, terá de manter neutralidade, até porque quando ela decidiu desistir de concorrer ao Governo do Estado, ano passado, deixou bem clara sua disposição de concorrer à sucessão de Edivaldo Holanda Júnior em 2016. A deputada diz ainda neste entrevista que, caso tivesse mantido sua candidatura ao Palácio dos Leões, dificultaria a eleição de Flávio Dino e o senador Lobão Filho (PMDB) levaria a eleição para o segundo turno, quando o resultado seria imprevisível. A deputada admite que suas chances de vitória eram pequenas, mas teria votos suficientes para estragar os planos da oposição de derrotar o Grupo Sarney.
Eliziane Gama nesta entrevista diz que acha o prefeito Edivaldo Holanda Júnior um "bom menino, mas faltou a ele governar". Sobre o perfil político de cada um, diz não haver a menor comparação entre o que ela fez em dois meses como deputada federal e o que Edivaldo fez em dois anos na Câmara Federal. Também diz que sua atuação na Assembleia Legislativa foi bem mais destacada que a do prefeito na Câmara Municipal de São Luís.
A revista já está disponibilizada nas principais bancas da cidade, e no fim de semana chega ao interior do Estado: Imperatriz, Santa Inês, Caxias, Timon, Bacabal, São Mateus, Miranda do Norte, Rosário e até mesmo a Teresina (capital do Piauí).

Assembleia Legislativa presta homenagem à Câmara de Lojistas de São Luís pelos seus 50 anos de fundação

Foi realiza na manhã desta quinta-feira (23), na Assembleia Legislativa uma sessão solene em homenagem aos 50 anos da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de São Luís, proposta pelo deputado Edilázio Júnior (PV), cabendo ao deputado Sousa Neto (PTN) a presidência dos trabalhos, que foram presenciados por diretores da entidade, Federação das Indústrias, Associação Comercial, Federação do Comércio e de grupos empresariais com forte atuação no Estado. Em seu discurso, Edilázio lembrou a história da CDL, fundada por 22 empresários em 1965. “Sinto-me hoje extremamente honrado e feliz por poder render essa homenagem à CDL e para essas pessoas que aqui estão. Durante a minha infância e adolescência pude conviver com muitos de vocês. Muitas vezes acompanhei meu pai, que era lojista na época, proprietário da Karla Calçados, em reuniões da CDL. E hoje tenho muita tranquilidade em reconhecer que se tive eu uma boa educação, uma formação moral, ética, e se consegui chegar a este mandato eletivo para representar o povo do nosso estado, foi fruto desta história, que está diretamente ligada aos lojistas, ao comércio da Rua Grande, que está ligada a CDL”, disse.
Edilázio destacou ações importantes da CDL São Luís, como a criação do Serviço de Proteção ao Crédito, que ocorreu em 1968 e que passou a garantir segurança aos lojistas nas vendas feitas por meio de crediário, a aquisição de uma sede própria e moderna, situada no Centro Histórico e o fortalecimento do setor. “Nós queremos, excelentíssimo senhor Fábio Ribeiro, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís, parabenizar a instituição, mostrar todo o nosso apreço, todo o nosso respeito e admiração aos empresários que fazem o comércio da capital e nos colocar à disposição, enquanto parlamentares, para ajudar naquilo que for preciso”, destacou.
Fábio Ribeiro, presidente da instituição, agradeceu as homenagens da Casa, destacou a importância da CDL e ainda lembrou da trajetória do deputado Edilázio Júnior, Edilázio Gomes, que por mais de 20 anos atuou no comércio da capital. “Agradeço em nome da Câmara de Dirigentes Lojistas essa honrosa homenagem, que tanto significa para cada um de nós que fazemos o comércio de São Luís e que fazemos a CDL. Agradeço também ao deputado Edilázio e quero externar esse sentimento aos demais parlamentares da Assembleia Legislativa do Maranhão”, finalizou.