7 de abr de 2015

Assembleia Legislativa realiza audiência pública para debater demissão em massa no Consórcio Alumar

Está marcada para esta quarta-feira (08), a partir das 15h, a audiência pública na Assembleia Legislativa para debater a demissão em massa no Consórcio Alumar, que nesta segunda-feira (06) deu início ao processo de demissão 650 trabalhadores anunciado no último dia 30 de março. De acordo com a diretoria do  Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos (Sindmetal), o setor de Recursos Humanos da empresa está notificando de forma individual os trabalhadores da Redução (produção de alumínio), setor que segundo a Multinacional, terá as atividades encerradas.
Apesar de ter anunciado as demissões, está colocando os trabalhadores em uma espécie de
“licença remunerada”, onde os mesmos são dispensados de comparecer à empresa nos próximos trinta dias. “A empresa está mandando os trabalhadores para casa com o único intuito de isolá-los e
desmobilizar a categoria que luta pela manutenção dos seus empregos”, denuncia José Maria Araújo, presidente do sindicato.
O anúncio de demissão em massa por parte da multinacional causou espanto em toda a sociedade maranhense e brasileira. Veículos locais e nacionais de comunicação vêm dando destaque à falta de compromisso da Alcoa no Brasil, empresa que possui diversos benefícios e isenções
fiscais.
Diversos deputados estaduais do Maranhão fizeram discursos reiterando a perplexidade pelo número de demitidos. “Convidamos toda a sociedade para esta audiência que se faz necessária em virtude de cobrarmos respeito ao povo maranhense que acolheu a multinacional em nosso Estado desde a década de 80, ofertando recursos naturais e mão de obra para o crescimento da mesma”, comentou Araújo.

Nenhum comentário: