13 de abr de 2015

Deputado Fábio Macedo garante que seu pai, Dedé Macedo, não é agiota, mas um empresário honesto

O deputado Fábio Macêdo (PDT) rebateu nesta segunda-feira as acusações da deputada Andrea Murad (PMDB), que teria chamado seu pai, Dedé Macêdo, de agiota e financiador da campanha do governador Flávio Dino (PCdoB). "A senhora não conhece meu pai, que é um empresário honesto e vive dos seus negócios”, disse Fábio, que repudiou a atitude da deputada em acusar seu pai quando ele se encontrava fora do plenário. “Durante a minha ausência nesta Casa, que inclusive já foi justificada na Mesa Diretora, fiquei muito triste com a atitude covarde da deputada Andréa Murad em acusar sem prova alguma o meu pai Dedé Macêdo de agiotagem. Eu quero dizer a Vossa Excelência, deputada Andréa, que.
O deputado ainda relembrou que a perseguição política contra o seu pai e toda sua família que começou em 2010, quando resolveram abandonar o grupo político do PMDB. “Essas acusações infundadas começaram a surgir desde que abandonamos o grupo político ao qual a senhora faz parte, deputada, e eu queria lhe dizer que em quatro anos o seu pai Ricardo Murad não conseguiu provar absolutamente nada contra meu pai e se o governador Flávio Dino quiser, também pode abrir investigação, tenho certeza que também não vai encontrar nada, sabe por quê? Porque Dedé Macedo não é agiota, ele é um empresário trabalhador e homem sério”, finalizou.
Andrea Murad pediu que a investigação contra o empresário seja levada da mesma forma que a da ex-prefeita de Dom Pedro Arlene Barros e seu filho Eduardo DP, comprovadamente envolvidos e presos por esquemas de agiotagem. Eles fazem parte do seu grupo político da deputada e de seu pai Ricardo Murad.  Além disso, a parlamentar ainda desferiu ataques a vários colegas deputados como o próprio presidente da Assembleia Legislativa, Humberto Coutinho (PDT) e o primeiro vice-presidente da casa, deputado Othelino Neto (PC do B).

Nenhum comentário: