7 de abr de 2015

Detentos da Penitenciária de Pedrinhas estariam ameaçando espalhar violência em protesto contra Sejap


Mulheres de presidiários apresentam reivindicações a secretários do Governo
O jornalista Silva Alves, apresentador do programa Bandeira 2, na TV Difusora, e de um programa policial na Rádio Difusora AM, emissoras de propriedade do senador Lobão Filho (PMDB), que disputou o Governo do Estado com Flávio Dino, divulgou nesta terça-feira (07) um áudio em que um suposto presidiário manda um recado às autoridades. Ele diz: “Vou mandar um recado pra população, pros Direitos Humanos e pros órgãos competentes, para vir olhar aqui pelos encarcerados. Vai rolar caos na rua se não derem um jeito de resolver esses problemas. Aqui tá cheio de problemas, cheio de opressão, muita opressão em cima da gente. E nós não sabe até quando nós vamos aguaentar isso calado. Tá demais o desrespeito aqui, com nossas visitas, com a gente. Tá rolando muito desrespeito aqui”, diz o detento.
Bandidos ameaçam volta a incendiar ônibus em São Luís
O teor da ameaça da pessoa que possivelmente seria um encarcerado é uma reação ao tratamento que estaria sendo dispensado aos presidiários. No alerta, a voz chega até a declarar que pode voltar a onda de incêndio a ônibus, assaltos, arrastões na cidade, caso a Secretaria de Justiça Penitenciária não mude as regras do presídio.
Verdade ou não sobre a auteticidade do áudio, certo é que nesta segunda-feira, em pleno clima de tensão pelo resgate de quatro prisioneiros na madrugada de domingo, uma comissão de mulheres de presidiários esteve no Palácio dos Leões, onde foi apresentada uma lista de exigências ao secretário de Administração Penitenciária, Murilo de Andrade, como melhoria da alimentação, novo fardamento, melhoria das instalações para recebimento de visitas sociais e íntimas, kit de higiene etc. O secretário disse que todas as reivindicações serão atendidas.


Nenhum comentário: