27 de abr de 2015

Empresários apresentam sugestões para melhorar projeto Mais Empresas do Governo do Estado

GIRO ECONÔMICO

O empresário Fábio Nahuz (foto), presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon), acredita que a equipe econômica do governador Flávio Dino (PCdoB) tenha passado o fim de semana e ainda vai precisar de mais alguns dias para refazer a redação do projeto de lei que cria o programa Mais Empresas, que prevê incentivos fiscais e outros benefícios para a iniciativa privada e que deverá ser apresentado na próxima quinta-feira, dia 29, na Federação das Indústrias. De acordo com Nahuz, vários artigos foram questionados e os sindicatos ligados à Fiema já apresentaram suas sugestões para corrigi-los, bem como acrescentaram outras medidas que devem ser tomadas, de modo a se fazer uma lei que realmente atenda à classe produtora. As demais entidades também apresentaram pedidos de mudança, portanto pouco sobrará da redação original, elaborada com “muito zelo”, segundo Simplício Araújo (secretário de Indústria e Comércio), caso o objetivo seja, realmente, atender aos anseios das classes produtoras.
Vale destacar que o Mais Empresas é um aperfeiçoamento, se é que se pode chamar assim, do Pró-Maranhão, programa lançado pela ex-governadora Roseana Sarney, mas que o atual governo não o considera abrangente. As entidades que ora se ocupam de revisar o novo aplaudiam o anterior, pois seus dirigentes o achavam apenas bom, mas perfeito. 

Homenagem  - A Associação Comercial do Maranhão realiza amanhã à noite, em sua sede, na Praça Benedito Leite, a grande solenidade para diplomação dos eleitos em 2014 para receber o título de Empresário do Ano. A premiação é a primeira sob novo formato, já que antes era eleito apenas um e desta vez serão três. Na categoria Grande/Média Empresa, a escolhida foi a Safemed; no segmento Pequena Empresa, a distinção vai para a Lavamatic, enquanto a Casa Prática recebe na categoria Microempresa.

Mateus - O empresário Ilson Mateus visitou semana passada a cidade de Caxias para sondar o mercado, a fim de expandir para o município sua rede supermercadista, e ficou impressionado com o potencial econômico da região, já que a partir dali poderá atender empresas e clientes individuais de vários municípios. O empresário estaria inclinado a instalar em Caxias não uma loja focada apenas no consumidor final, daí porque tudo indica que seu novo empreendimento será um Mix Mateus, loja de atacarejo.

Vacinação do rebanho - Os diretores da Associação dos Criadores debateRAm hoje à noite a estratégia que vão utilizar com vistas a fortalecer a campanha de vacinação contra aftosa, que começa na próxima sexta-feira, dia 1º de maio. O objetivo é compensar a falta de mobilização pelo Governo do Estado, que, pela primeira vez nos últimos 12 anos, deixou de fazer uma campanha publicitária sobre a importância se vacinar todo o rebanho bovino e bubalino.

O deputado Fábio Braga (PTdoB) participou, em Brasília (DF), da sessão solene da Câmara dos Deputados que marcou as comemorações do Dia do Índio (19 de abril). Na oportunidade, Fábio Braga manteve contatos com deputado federal e ex-ministro, Sarney Filho (PV-MA), e com a ex-ministra, Marina Silva. 

Perizes - Quem trafega com regularidade pela BR 135 foi surpreendido neste fim de semana ao chegar a Perizes de Baixos, no município de Bacabeira, às margens da BR 135, e não encontrar a tradicional venda de café e outros alimentos. É que o Dnit mandou jogar abaixo quase todas as construções em que havia estabelecimentos deste ramo, para facilitar o alargamento da rodovia, que está sendo duplicada de Estiva (São Luís) à cidade de Bacabeira. Antes o projeto indicava que o trecho duplicado passaria por fora do povoado, mas mudou o planos por medidas econômicas.

Shopping - Um dos compromissos assumidos pelo grupo político de Santa Inês que semana passada assinou ficha de filiação ao PSDB, liderado pelos ex-prefeitos Valdivino Cabral e Robert Bringel, pela ex-deputada Viany Bringel e pelo empresário João Rolim, é viabilizar a construção de um shopping Center na cidade. Sem que se saiba porque, o atual prefeito, Ribamar Alves, faz de tudo para impedir que a Lastro Engenharia construa um empreendimento do gênero, embora tenha terreno e financiamento para isto. Falta apenas o alvará, que o prefeito se recusa assinar.

Nenhum comentário: