5 de abr de 2015

Fugas no Complexo de Pedrinhas passam a ser mais do que em 2013 após resgate de prisioneiros neste domingo

Na sexta-feira dia 27, faltando quatro dias para o encerramento de março, a Secretaria de Administração Penitenciária (Sejap) resolveu apresentar seus números sobre o primeiro trimestre e como em quase tudo que se faz no governo de Flávio Dino o objetivo era mostrar que o Maranhão está muito diferente da época de Roseana Sarney. Diz o texto da Secom distribuído dia 29, sobre as fugas no Sistema Penitenciário, após mostrar que o número de mortes também havia caído: "...Na mesma tendência de queda tem sido observada no número de fugas de detentos custodiados pelo Estado, em que a queda também foi bastante acentuada. Em 2013, 17 presos fugiram dos presídios entre os meses de janeiro e março, número que subiu em 2014 para 24 fugas. Já em 2015, primeiro ano da atual administração, foram registradas 15 fugas".
Pois bem, na madrugada deste domingo o crime organizado resolveu desmoralizar o desempenho do governo e colocou quatro fugas a mais nas estatísticas da nova Sejap e com isto passam a ser duas a mais as fugas de janeiro à primeira semana de abril deste ano (19), em comparação ao mesmo período de 2013 (17). E para desespero do governo, faltam apenas cinco para que os registros de 2015 empatem com os do ano passado. A fuga de quatro prisioneiros na madrugada deste domingo (05) foi ainda mais desmoralizante pela ousadia dos bandidos, que tiraram quatro prisioneiros num confronto direto com as forças de segurança em que a polícia levou a pior.
Na tarde deste domingo, as secretarias de Segurança (SSP) e de Administração Penitenciária (Sejap) resolveram distribuir uma nota conjunta sobre o episódio, que segue abaixo, na íntegra:
A Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Sejap) e a Secretaria de Segurança Pública (SSP) confirmam que:
- Por volta das 4h dessa madrugada, 5 de abril, o Complexo Penitenciário de Pedrinhas foi alvo de forte ataque externo de oito bandidos usando vários veículos fuzis e pistolas, do que resultou o resgate de quatro detentos do Centro de Detenção Provisória.
- Os detentos resgatados são Adeilton Alves Nunes, Ilton Carlos Martins, John Lennon da Silva Lima e John Carlos Campos Silva.
- Meia hora depois da operação, um dos veículos usados pelos bandidos já havia sido localizado e apreendido pela Policia Militar com apoio do GTA e da Polícia Rodoviária Federal.
- Dada a gravidade do episódio, a SSP e a SEJAP seguem com o empenho integral de suas equipes na operação de captura.

São Luís, 5 de abril de 2015
Murilo Andrade
Secretário de Estado da Administração Penitenciária

Jefferson Portela
Secretário de Estado de Segurança Pública

Um comentário:

Emerson Costa disse...

É impossível esses dados se igualarem, pois referem-se aos meses de janeiro a março de cada ano, essa fuga ocorreu em abril. Portando essa sua postagem não informa a verdade.