15 de abr de 2015

Movimentação no comércio registra queda de 0,1% de janeiro a fevereiro, segundo pesquisa do IBGE

GIRO ECONÔMICO

O volume de vendas do comércio varejista caiu 0,1% de janeiro para fevereiro deste ano. A receita nominal teve crescimento de 0,7% no período, conforme dados da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), divulgada nesta terça-feira (14), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Cinco das oito atividades varejistas pesquisadas pelo IBGE tiveram queda no volume de vendas de janeiro para fevereiro, sendo a maior delas observada no setor de combustíveis e lubrificantes: -5,3%. Outros setores com queda no volume de vendas foram móveis e eletrodomésticos (-1,3%), equipamento e material para escritório, informática e comunicação (-1,3%), tecidos, vestuário e calçados (-0,7%) e hiper e supermercados (-0,2%). Três setores tiveram crescimento no volume de vendas: outros artigos de uso pessoal e doméstico (1,8%), livros, jornais, revistas e papelaria (1%) e artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria (0,8%).
O volume de vendas do comércio varejista teve quedas de 3,1% na comparação com fevereiro do ano passado e de 1,2% no acumulado do ano. Em 12 meses, entretanto, o comércio acumula alta de 0,9%.

Empresas - O governador Flávio Dino (PCdoB) decidiu mudar o nome de um dos programas mais badalados pelo seu secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo. A partir de agora, o Mais Empreendimento passa a se chamar Mais Empresas, pois o Estado precisa passar a ideia para a população de que está ampliando o número de benefícios e, consequentemente, de empreendimentos. A novidade foi anunciada na última reunião do Conselho Empresarial do Maranhão (Cema), segunda-feira (13)

Alimentação  - A Assembleia Legislativa aprovou, segunda-feira (13), projeto de lei do Poder Executivo, que altera concessão do auxílio-alimentação a servidores da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão. Com a mudança, o valor nominal, que era R$ 330, agora acompanhará as variações da política econômica e será disciplinado por decreto governamental. Segundo o presidente do sindicato da categoria, Francisco Saraiva Júnior, foi corrigida uma distorção que vinha se mantendo desde 2011.

Frente da construção - Foi lançada na noite desta terça-feira, em Brasília (DF), a Frente Parlamentar Mista do Mercado Imobiliário. O grupo, que já tem o apoio de quase 200 deputados e 30 senadores, deve ser presidido pelo deputado Izalci (PSDB-DF). A nova frente quer recuperar o segmento. Hoje, a queda nas vendas de imóveis reflete-se diretamente na economia local. 


Em visita ao Forum Sarney Costa, os diretores da Associação Maranhense de Advogados (AMAd) João Batista Ericeira, Roberto Feitosa e Sergio Tamer foram recebidos pelo diretor, juiz Osmar Gomes, com quem trataram extensa pauta ligada a administração judicial, em especial o aparelhamento das varas judiciais 

Deficientes - O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) está com seis vagas disponíveis para cursos de Agente Administrativo, Auxiliar de Recepção e Auxiliar Operacional para pessoas portadoras de deficiência física. As vagas estão sendo distribuídas nos municípios de São Luís, Bacabal, Caxias e Imperatriz. As inscrições tem início segunda-feira, 20, e devem ser realizadas até o dia 30 de abril, das 8h30 às 11h30 e das 14h30 às 17h30, nos municípios em que o Senac disponibiliza vagas.

Exploração de gás  - Ao apresentar, segunda-feira (13), o plano de produção da Parnaíba Gás Natural, pioneira no país em transformar gás em energia elétrica e que será a responsável pela exploração do combustível em Lima Campos, o seu presidente, Pedro Zinner, disse que o início das operações está previsto para julho de 2016. O campo a ser explorado tem volume estimado de mais de 1 bilhão de metros cúbicos de gás. O investimento deve impulsionar o desenvolvimento energético e econômico do Estado.

Nenhum comentário: