24 de abr de 2015

Por fazer oposição ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior, vereadora Rose Sales é convidada a se desfiliar do PCdoB

Vereadora Rose Sales é abandonada pelo PCdoB, por
fazer oposição ao  prefeito Edivaldo Holanda Júnior
O diretório municipal do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), em nota distribuída na manhã desta sexta-feira (24), decidiu convidar, educadamente, a vereadora Rose Sales a se desfiliar da legenda, por vir tendo, na Câmara Municipal, uma postura de independência em relação à Prefeitura de São Luís.  Vale ressaltar que quando o assunto foi levantado no início do ano, alguns dirigentes do partido, num destempero verbal para tentar desqualificar jornalistas e blogueiros, diziam não haver incompatibilidade entre a atuação da vereadora e o prefeito Edivaldo Holanda Júnior e que a possível saída da parlamentar eram invenções da imprensa.
O presidente do diretório municipal do PCdoB, José Haroldo de Oliveira, no entanto, na distribuída à imprensa, diz que "há vários meses a relação entre a vereadora Rose Sales e o PCdoB, embora respeitosa e de alto nível, tem revelado um distanciamento político cada vez maior entre ambos, fundamentalmente em relação à gestão municipal de São Luís, em que o partido tem uma posição de apoio", por isto o partido está liberando a vereadora para que se desfilie sem perder o mandato, ou seja, não será reivindicado pela legenda.
Apesar de ser contra Edivaldo, que é do PTC, Rose Sales defende Flavio Dino
Eis a íntegra da nota:
Reunida no dia 23 de abril de dois mil e quinze, a Comissão Política do Comitê Municipal do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) no município de São Luís adotou a seguinte resolução:
1) Há vários meses a relação entre a vereadora Rose Sales e o PCdoB, embora respeitosa e de alto nível, tem revelado um distanciamento político cada vez maior entre ambos, fundamentalmente em relação à gestão municipal de São Luís, em que o partido tem uma posição de apoio ao governo do prefeito Edivaldo Holanda Jr., dando-lhe sustentação e dela participando, enquanto que a vereadora, na prática, tem tido um posicionamento de oposição à atual gestão;
2) Esta situação foi e tem sido administrada e tratada no âmbito da direção partidária e com a participação da vereadora, que sempre teve a total possibilidade de se posicionar diante dos fatos, tudo com transparência, democracia e respeito.
3) Entretanto, chegou-se a uma situação em que não se é mais possível a convivência entre o posicionamento partidário de apoio à administração Edivaldo Holanda Jr. com a postura oposicionista da vereadora. Diante disto, o Comitê Municipal do PCdoB de São Luís resolve liberar a vereadora Rose Sales para, querendo, se desfilie das fileiras partidárias, pois suas posições em face da gestão municipal se chocam com as posições do PCdoB.

São Luís-MA, 23 de abril de 2015.
Comissão Política do Comitê Municipal do PCdoB-São Luís
José Haroldo de Oliveira
Presidente

Nenhum comentário: