8 de abr de 2015

Prefeito de Barreirinhas quer apoio do Governo para preparar cidade a fim de receber bem os turistas

Leo Costa (D) quer apoio de Flávio Dino para melhorar cidade de Barreirinhas
GIRO ECONÔMICO

Aproximando-se a data em que o Governo do Estado estima colocar em funcionamento o Aeroporto de Barreirinhas, cujas obras foram iniciadas ainda na administração de Jackson Lago, o prefeito do município, Léo Costa, admite que sem cooperação do Governo do Estado não será possível colocar a cidade em condições de receber bem os turistas que lá vão desembarcar e elenca uma série de investimentos que precisam ser feitos para que os futuros visitantes não saiam decepcionados: melhoria da segurança pública, criação de uma rede para coleta de esgotos, expansão dos serviços de fornecimento de água, recuperação de rodovias para que turista possa se deslocar com mais segurança a lugares próximos, sem falar nas obras necessárias para o bom funcionamento do aeroporto: terminal de passageiros, unidades do corpo de bombeiros, serviços de fornecimento de combustível, sinalização, iluminação do entorno e muitas outras que a Prefeitura não conseguirá arcar sozinha.
De acordo com o prefeito, a companhia aérea que vai explorar a rota dos Lençóis Maranhenses já foi definida, é a Gol, que utilizará aeronaves com capacidade para até 300 passageiros, mas ainda não foi definida a quantidade de voos por semana.

Conselho - Há quase dois meses sem haver reunião, o Conselho Empresarial do Maranhão (Cema) tem encontro agendado com o governador Flávio Dino nesta quinta-feira (09) à tarde, e, embora haja pauta preestabelecida, dois temas devem entrar nas discussões: a crise no setor metalúrgico e da construção civil e a estratégia que o Governo do Estado está montando com vistas a garantir maior cobertura possível do rebanho bovino e bubalino na campanha de vacinação contra febre aftosa, a ser realizada de 1º a 31 de maio. 

Campanha - Indagado sobre como vai ser a mobilização dos criadores maranhenses para a vacinação contra febre aftosa, em maio, o secretário estadual de Agricultura, Márcio Honaiser, disse que o diretor-geral da Agência de Defesa Agropecuária (Aged-MA), Sebastião Anchieta, “vai ter de se virar nos trinta”, pois como o Governo do Estado ainda não licitou a contratação de uma agência de propaganda, não foi possível estabelecer a estratégia para a campanha publicitária em rádio, jornais, revistas, TV e internet.

Hospitais - Ao discursar segunda-feira, na abertura da exposição fotográfica sobre os 80 anos do ex-governador Jackson Lago, o secretário estadual de Saúde, Marcos Pacheco, frisou que todos os hospitais regionais que o Governo do Estado vai inaugurar a partir deste ano foram iniciados ou projetados entre 2007 e 2009, mas que tiveram obras paralisadas por conta do novo modelo implementado na gestão passada.


O presidente da Assembleia Legislativa, Humberto Coutinho (PDT), recebendo da secretária de Planejamento e Orçamento do Estado, Cynthia Mota Lima, a prestação de contas do Estado referente ao exercício de 2014. Ainda no registro o secretário adjunto, Eduardo Cássio Beckman Gomes, e o auditor Rodrigo Vasconcelos


Mr. Beer - A Mr. Beer, rede de franquias de cervejas especiais, está buscando franqueados para ampliar sua atuação no Nordeste e manter o crescimento da marca, que hoje tem 83 lojas no Brasil com previsão de chegar a 110 unidades até o final de 2015. A rede conta com nove unidades na região, nos estados de Alagoas, Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Paraíba e Maranhão, e planeja expandir para todas as capitais nordestinas e cidades com população acima de 80 mil habitantes.

Confraria - Dagoberto Silva (Hotel Luzeiros), Jethro Raposo (Grupo MRS), Marcelo Lobato (Silveira, Athias, Soriano de Mello, Guimarães, Pinheiro & Scaff Advogados) e André Souza (Perspective Investimentos) promovem nesta quarta-feira, a partir das 20h, no Hotel Luzeiros, a Confraria de Negócios, encontro voltado para convidados do meio empresarial, que vez por outra vão se encontrar para uma noite de brindes e análise de temas relevantes. O debate de hoje é Guerra Fiscal, com Fernando Scaff.

Nenhum comentário: