19 de abr de 2015

Presidente da Ademi elogia os primeiros cem dias do governo Flávio Dino, pela vontade de construir

GIRO ECONÔMICO

O empresário Osvaldino Pinho (Lastro Engenharia), que preside a Associação dos Dirigentes das Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi-MA), avalia como positivos os cem primeiros dias do governador Flávio Dino à frente do Palácio dos Leões, e destaca a nomeação de Simplício Araújo para a Secretaria de Indústria e Comércio como um dos maiores acertos, pois tem sido um bom interlocutor da classe empresarial com o Governo. Para Osvaldino, a criação do Conselho Empresarial é outro ponto positivo, pois pela primeira vez se criou um canal para estreitamente das relações entre iniciativa privada e poder público. O presidente da Ademi diz que naquilo que é referente ao seu setor, o governo tomou boas iniciativas, como construção de habitações em cidades de baixo IDH, substituição de escolas de taipa por de alvenaria e o programa Mais Asfalto, pois a melhoria de bairros vai impulsionar o setor da construção também nas cidades.
Osvaldino diz que o período de cem dias é muito curto para se ter uma ideia definitiva de como anda um governo, porém como se trata de uma data simbólica e não se pode fugir da avaliação, a nota dada a Flávio Dino tem de ser muito acima de média.

Eventos - Dois grandes eventos vão movimentar o meio empresarial na próxima semana, pois na terça-feira (28), a Associação Comercial do Maranhão realiza a solenidade para entrega do diploma de Empresário do Ano aos vencedores de 2014. No dia seguinte, na Dalcar BMW, na Cohama, a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) promove a solenidade de comemoração dos seus 50 anos de fundação, oportunidade em que o presidente Fábio Ribeiro distinguirá personalidades que contribuíram com seu fortalecimento.

Vacinação - Quinta-feira (1º de maio) da próxima semana será a abertura oficial da primeira etapa da campanha 2015 de vacinação contra febre aftosa no Maranhão. O diretor geral da Agência de Defesa Agropecuária (Aged), Sebastião Anchieta, ainda não sabe onde será o ato simbólico de abertura, mas está inclinado a levar para a Baixada Maranhense, que é uma das regiões mais preocupantes devido à alta quantidade de pequenos criadores, quilombolas e outros que precisam de motivação oficial para vacinar seus animais. 

Vacinação - Os blogs – Conversa Franca (www.aquilesemir.com.br) e Maranhão Agrário (www.maranhaoagrario.com.br) – numa iniciativa para estimular criadores a imunizarem seus animais, vai publicar até 31 de maio um cartaz produzido pelo Ministério da Agricultura, sem retorno financeiro, apenas por entender que ajudar na vacinação de animais é contribuir para elevação do IDH do Maranhão. O fazendeiro rico sabe quando e quanto deve vacinar, o pobre nem sempre. 

O diretor superintendente do Sebrae-MA, João Martins (E), e a diretora de administração e finanças do órgão, Rachel Jordão, com o presidente da Emap, Ted Lago, quando acertaram parceria para atuarem junto aos comerciantes e prestadores de serviços do porto de Cujupe, em Pinheiro, ponto de travessia da Baía de São Marcos para São Luís

Amazônia - O Banco da Amazônia completa hoje 61 anos no Maranhão, mas a comemoração foi sexta-feira, quando o cliente mais antigo, o fazendeiro Belarmino Ribeiro Gomes, foi homenageado. Ele disse que em 1968 contraiu o primeiro empréstimo e desde então seus negócios têm sido financiados pelo banco. Além de bovinos, Belarmino cria búfalos no município de Viana, na Baixada Maranhense, e seu rebanho hoje reune mais de mil animais.

Refinaria - Pelo que foi anunciado em 2010, quando do lançamento, milhares de pessoas estariam trabalhando hoje na Refinaria Premium I, em Bacabeira, e a cidade seria uma das melhores do Maranhão, mas na visita ao município, sexta-feira, deputados da Comissão Externa da Câmara Federal que analisa o fim do projeto encontraram apenas 20 homens da terceirizada Cristal, trabalhando na manutenção, e outros 70 da empresa Vip, vigiando a área. E só!

Nenhum comentário: