26 de mai. de 2015

Prêmio da Quina do São João pode chegar a mais de R$ 120 milhões, conforme projeções da Caixa Econômica

Em junho, a Quina de São João, um dos concursos especiais das Loterias Caixa, promete pagar o super prêmio de R$ 120 milhões. O concurso nº 3.814 da modalidade será sorteado em 24 de junho, data comemorativa de São João, no Caminhão da Sorte da Caixa. Caso o apostador leve o prêmio sozinho, poderá garantir uma renda de quase R$ 700 mil por mês, cerca de R$ 23 mil por dia, apenas investindo na poupança..
O prêmio da Quina de São João não acumula. Se não houver ganhadores na faixa principal, o prêmio será dividido entre os acertadores da quadra e assim por diante. O preço da aposta simples, com 5 números, é de R$ 1,50. O apostador também pode optar por pagar R$ 7,50 e concorrer com 6 números ou pagar R$ 20,00 e concorrer com 7 números. A partir de 16 de junho, todas as apostas da modalidade serão voltadas para o concurso especial da Quina, inclusive com a utilização dos volantes regulares da modalidade.
Além da Quina de São João, as Loterias Caixa também oferecem mais três concursos especiais temáticos, que garantem aos apostadores um grande prêmio dentro da modalidade. São a Mega da Virada, a Lotofácil da Independência e a Lotomania de Páscoa. Os concursos especiais são sorteios que tem como objetivo mobilizar os apostadores para que participem cada vez mais, concorrendo a prêmios maiores.
Para concorrer ao prêmio em grupo, basta optar pelo Bolão CAIXA, preenchendo a quantidade de pessoas que participarão da aposta no campo específico do volante. Cada participante receberá um recibo de cota ao registrar o jogo na lotérica. Ao optar pelo bolão, o apostador divide as cotas com amigos, familiares, ou mesmo com outras pessoas, e concorre com total segurança, tendo garantia de recebimento da cota parte do prêmio, em qualquer agência da Caixa, no caso da aposta ser premiada. O apostador também pode adquirir uma cota de bolão organizado pelas lotéricas, podendo pagar uma tarifa de serviço adicional de até 35% do valor da cota, a critério da unidade lotérica.

Nenhum comentário: