13 de jun de 2015

Aeroporto de São Luís registra, de janeiro a maio, o pior movimento de passageiros desde o ano de 2012

O Aeroporto Internacional Hugo da Cunha Machado, em São Luís, registrou, de janeiro a maio deste ano, um dos piores desempenhos na movimentação de passageiros, segundo estatística divulgada nesta sexta-feira (12) pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). De acordo com a estatal, o desempenho dos cinco meses, em 2015, teve 126 mil 147 embarques e desembarques a menos do que o registrado no mesmo período do ano passado. 

Segundo os dados, passaram pelo aeroporto de São Luís 639 mil 649 passageiros (embarques e desembarques), enquanto no ano passado, nos mesmos cinco meses, tinham sido 765 mil 796, o que representa uma variação negativa de 16,47%. Os números são preocupantes porque mostram uma queda acentuada e contínua nos últimos quatro anos. 

Para que se tenha ideia, entre janeiro e maio de 2012, portanto há três anos, o movimento de passageiros no aeroporto de São Luís foi de 813 mil 412 (embarques e desembarques), ou seja, mais de 200 mil do que o movimentado este ano. Em 2013, o desempenho do período foi menor que o do ano anterior, já que foram registrados 702 mil 605 embarques e desembarques, porém é bem maior do que o deste ano.

Os números foram apurados dois meses após a tentativa do Governo do Estado de estimular a criação de mais voos e a entrada de novas companhias aéreas no Estado, com a redução do ICMS sobre o querosene de aviação. Desde que o decreto foi baixado, apenas uma empresa, a Sete Linhas Aéreas, se interessou pelo Maranhão, com a criação de um voo semanal, de São Luís para Brasília, com escala em Imperatriz, enquanto a Azul criou um voo de Marabá (PA) a Fortaleza (CE), com escalas em Belém (PA), São Luís (MA) e Teresina (PI).

De acordo com os números da Infraero, maio de 2015 também registrou queda nos embarques e desembarques em comparação com o mesmo mês do ano passado. Este ano, passaram pelo Aeroporto de São Luís, 132 mil 981 passageiros, contra 152 mil 871 de 2014, ou seja, uma variação negativa de 13%. A estatística mostra que houve queda também no movimento de passageiros em Imperatriz. De janeiro a maio de 2015, passaram pelo Aeroporto Prefeito Renato Cortez Moreira 128 mil 750 passageiro contra 133 mil 345 no ano passado, isto é, menos 5 mil embarques e desembarques.

Desempenho regional

Com este desempenho, o Aeroporto de São Luís movimentou em 2015 mais passageiros do que apenas três capitais nordestinas – Aracaju (SE), João Pessoa (PB) e Teresina (PI) – mas vale ressaltar que quase todas elas tiveram variação positiva este ano em comparação a 2014, como pode ser visto no quadro abaixo:

CIDADE
2014
2015
VARIAÇÃO
Aracaju (SE)
577.138
535.617
-7,19%
Fortaleza (CE)
2.583.633
2.646.691
2,43%
João Pessoa (PB)
532.092
612.093
15,0%
Maceió (AL)
796.631
838.020
5,32%
Natal(RN)*
1.019.654
-
-
Recife (PE)
2.895.281
2.834.047
-2,10%
Salvador (BA)
3.704.001
3.947.882
7,84%
São Luís (MA)
765.796
639.649
- 16,4%
Teresina (PI)
464.378
491.761
5,89%

·         A Infraero não informou os dados de Natal porque o aeroporto foi privatizado

Nenhum comentário: