2 de jun de 2015

Governo do Estado lança programa voltado para diminuir acidentes de trânsito, principalmente com motocicletas

O Governo do Estado lançou nesta segunda-feira (1º) o programa Mais Vida no Trânsito, coordenado pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MA), que consiste em um conjunto de estratégias desenvolvidas para reduzir o número de acidentes de trânsito em todo o Maranhão, com foco principal nas motocicletas, que correspondem hoje a quase 60% da frota de veículos do estado. Serão três ações emergenciais: entrega do manual técnico de municipalização do trânsito às prefeituras, realização do concurso ‘Prefeito Defensor da Vida no Trânsito’ e o projeto de lei ‘Moto Legal’.

O governador Flávio Dino explicou que o programa ‘Mais Vida no Trânsito’ é um compromisso da gestão para diminuir o alto índice de acidentes, principalmente, envolvendo motociclistas.De acordo com o Mapa da Violência 2014, o Maranhão foi o estado brasileiro com o maior crescimento do número de mortes no trânsito, com aumento de 150% em apenas uma década, passando de 682 mortes em 2002 para 1.705 em 2012. Atualmente, mais da metade dos leitos de UTIs hospitalares no estado (63%) são ocupados por vítimas de acidentes de trânsito, segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde. Quase a metade (42%) dos casos de paralisias físicas ocorre em decorrência de acidentes de trânsito.

O diretor-geral do Detran, Antonio Nunes, destacou que o programa além de reduzir o índice de acidente com motos, irá regularizar a situação dos inadimplentes com o IPVA. “O ‘Mais Vida no Trânsito’ incentiva o condutor a quitar novos e antigos débitos relacionados ao IPVA, e claro, reduzirá significativamente as estatísticas de acidentes com motociclistas”.

O programa ‘Mais Vida no Trânsito’ pretende reforçar a municipalização do trânsito nas cidades do interior. Na cerimônia de lançamento do programa, os prefeitos maranhenses receberam o “Manual de Integração dos Municípios ao Sistema Nacional de Trânsito”, um guia técnico elaborado pelo Detran para orientar as prefeituras na aplicação da gestão do trânsito nos municípios. Atualmente, dos 217 municípios maranhenses, somente 52 tem a gestão do trânsito municipalizada.

Nenhum comentário: