2 de jun de 2015

Pesquisa Fecomércio revela que 59% da população de São Luís tencionam ir às compras para o Dia dos Namorados

A Federação do Comércio (Fecomércio) e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) fizeram levantamento sobre as intenções de consumo para o Dia dos Namorados 2015 cujo resultado mostra que 59,0% dos consumidores de São Luís devem comprar algum produto para presentear alguém no próximo dia 12, um crescimento de 1,9% em relação ao ano passado.


O aumento, no entanto, não deve trazer maiores expectativas ao setor, já que em 2014, o comércio foi prejudicado por uma crise no sistema público de transporte coletivo que contribuiu para uma queda nas vendas superior a 22% em comparação ao ano de 2013. 

Também aparecem como presentes que deverão ser mais escolhidos pelos consumidores os relógios, com 11,6% da preferência, os aparelhos de celular, com 10,2%, as cestas de café da manhã, com 9,6%, e as flores, com 6,8%. Completam ainda a lista dos entrevistados, os livros (4,8%), carteiras e bolsas (4,3%), jantar romântico (3,9%), calçados (3,8%), lingerie (3,5%) e chocolates (3,2%).

Para os que vão comemorar a data (60,7%), o restaurante com 35,3% deve ser o local mais procurado, seguido de 34,9% que pretendem comemorar em casa, 15,8% que irão para o cinema e 9,1% que escolheram a praia. As viagens (1,9%), hotéis e motéis (1,9%) e as igrejas (1,1%) não pontuaram significativamente. Tomando-se por base a pesquisa realizada em 2014, o destaque positivo deste ano foram os restaurantes, que cresceram 23,4% na escolha dos consumidores, enquanto o destaque negativo ficou com os hotéis e motéis, que experimentaram uma queda de 68,8% no mesmo período.
Os artigos de vestuário (25%) continuam liderando a lista de preferências dos consumidores assim como em 2014, apesar da queda de 11% em relação ao ano anterior. Além disso, os presentes que mais se destacaram este ano foram os itens de cosméticos e perfumaria, que alcançaram 19% das intenções de consumo, registrando um crescimento de 100% em relação ano passado, ou seja, dobraram na preferência dos consumidores de São Luís e saíram da quarta colocação na lista para a segunda posição neste ano.


O valor médio do presente ficou em R$ 154 e o gasto médio da compra, incluindo a comemoração, é de R$ 172. O valor por presente subiu 3,3% e o da compra cresceu 5,5%. No quesito forma de pagamento, as compras a dinheiro são as mais indicadas, segundo 37,1%, enquanto 36,2% apontaram o cartão de débito, o que eleva para para 73,3% os que pretendem comprar os presentes à vista. O cartão de crédito é indicado por apenas 27,9% dos entrevistados. 

O estudo aponta que as lojas de shopping center continuam sendo a preferência, com 65,9% de indicação. Em segundo lugar estão as lojas localizadas no Centro Comercial, com 28,7%. Completam a relação de locais pretendidos pelos entrevistados, as lojas de bairro e galerias (6,2%), as lojas de departamento (3,2%) e a internet (1,8%). Na comparação com 2014, os shopping centers cresceram 22,5% e as lojas do Centro Comercial caíram 8,8%.

Foram entrevistados homens e mulheres maiores de 18 anos nos principais pontos de comércio na capital. O público mais predisposto ao consumo é formado por homens (69,3%), com idade entre 21 a 35 anos (64,6%), com ensino médio (58,0%) e renda familiar mensal entre três a seis salários mínimos (71,2%). Segundo a CDL, o momento é de estratégias para o empresário. “Recomendamos intensificar as ofertas de produtos, promoções e opções à disposição do consumidor, pois o Dia dos Namorados é uma data com forte apelo emocional, e dependendo das ações poderão até modificar esse perfil de consumo indicado pela pesquisa”, explicou o presidente da CDL, Fábio Ribeiro.

Nenhum comentário: