4 de jun de 2015

Tim lança plano corporativo com tarifa única para o segmento PME nas ligações local e nacional

GIRO ECONÔMICO

A Tim lançou um plano corporativo, o Tim Empresa Tarifa Flat, que oferece tarifa única local e longa distância nacional (pelo código 41), dentro e fora do pacote de minutos contratado, sendo a estratégia da operadora ampliar sua participação no segmento PME, de melhor atender às necessidades de funcionários, executivos e empreendedores. A dinâmica da oferta do TIM Empresa Tarifa Flat é completamente nova no mercado corporativo: contrata-se um pacote mínimo de 100 minutos para falar com todas as direções e para qualquer operadora no Brasil a R$ 0,29 o minuto, mais R$ 16,90 por mês para ter 100 MB de internet e chamadas intragrupo locais ilimitadas (entre números TIM dos funcionários da empresa). A novidade é que o valor da tarifa após o pacote de minutos terminar se mantém a R$ 0,29, permitindo aos clientes uma total transparência e maior previsibilidade de gastos no seu plano. 
A oferta nasceu de pesquisas realizadas com empresários de pequenas e médias empresas, em novembro de 2014 e operadora pretende aumentar sua presença e relevância no mercado corporativo.

Sefaz - O secretário estadual de Fazenda, Marcellus Ribeiro, será o próximo convidado da assembleia mensal da Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL), dia 24 de junho, onde fará um detalhamento da medida que suspende do cadastro do ICMS as empresas que apresentarem nos últimos doze meses de atividade, por três meses consecutivos, declarações com valor do faturamento acumulado, inferior a 100% do valor calculado pelas entradas de mercadorias nos estabelecimentos, no mesmo período. 

Feriado (?) - Apenas os trabalhadores do comércio lojista estão protegidos para receber hora extra dobrada e mais gratificação, caso sejam convocados para trabalhar nesta quinta-feira (04), data em que se comemora Corpus Christi. As demais empresas podem funcionar livremente, pois este dia deixou de ser feriado em São Luís desde ou anos 1980, quando, para manter a guarda da Fundação de São Luís o 08 de setembro foi transformado de feriado cívico em religioso, como Dia da Natividade de Nossa Senhora.

Farol da Ilha - O incêndio ocorrido terça-feira (02) em um dos prédios do Condomínio Farol da Ilha levantou uma apreensão entre os moradores, pois ficou constatado que na há facilidade de trafego de carros do Corpo de Bombeiro dentro da área, o que teria sido uma falha no projeto de construção, aprovado tanto pela Prefeitura quanto pelo próprio Corpo de Bombeiro e ainda com aval do Crea-MA.





No encontro com o secretário estadual da Fazenda, Marcellus Ribeiro (C), Socorro Noronha (FCDL) e Fábio Ribeiro (CDL São Luís) agendaram um encontro para dia 14 de junho quando vai detalhar mudanças nas inscrições de ICMS no Estado


Cinema - As operadoras de cinema vão ter que se adaptar e o Governo do Estado contratar serviço especial de comunicação para atender as exigências do projeto de lei do deputado Wellington do Curso (PPS) para que antes de todas as exibições de filme seja veiculada uma mensagem contra a prostituição infantil. O assunto ainda deverá ser apreciado pelas comissões técnicas da Assembleia Legislativa para depois ser levado a plenário e se aprovada ainda dependerá do veto ou da sanção do governador do Estado.

Fardamento - O Governo do Estado vai trocar um fornecedor privado para fabricar os faradamentos de presidiários com a implantação de uma fábrica que deverá funcionar no presídio feminino e absorverá a força de trabalho das detentas. Para o desembargador Froz Sobrinho, presidente do GMF e autor do projeto, a medida significa redução de gastos para o sistema penitenciário, além de remição de pena e geração de renda para as detentas recrutadas para trabalhar na fábrica, que deverá ser inaugurada ainda este ano.

Nenhum comentário: