2 de jul de 2015

Waldir Maranhão sobre seu voto na Câmara a favor da maioridade penal: "mudei porque o texto mudou"

Único deputado a mudar sua posição na votação do Projeto de Emenda Constitucional (PEC) que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos, Waldir Maranhão (PP), vice-presidente da Câmara Federal, diz que mudou porque o texto apreciado nesta quinta-feira (02) pela madrugada era diferente do que foi votado na madrugada de quarta-feira (01).

"Mudei meu voto porque o texto mudou. Na primeira votação, posicionei-me contrariamente à proposta por entender que alguns crimes de menor potencial ofensivo alcançariam jovens que transgridem em decorrência da necessidade de sobrevivência e da falta de oportunidades que impera no cotidiano do país. Contudo, no momento em que o novo texto suprimiu os crimes menos gravosos, meu posicionamento em relação à PEC não poderia ser outro, que não a favor da matéria".

Além de Waldir Maranhão, da bancada maranhense votaram a favor do projeto os seguintes deputados: Alberto Filho (PMDB), Aluísio Menes (PSDCE), André Fufuca (PEN), Cleber Verde (PRB), João Castelo (PSDB), Junior Marreca (PEN), Zé Reinaldo (PSB), Juscelino Filho (PRP), Hildo Rocha (PMDB) e Waldir Maranhão (PP). Os que votaram contra são Rubens Júnior (PCdoB), Wewerton Rocha (PDT), João Marcelo (PMDB), Eliziane Gama (PPS), Zé Carlos (PT), Pedro Fernandes (PTB) e Sarney Filho (PV). Apenas Victor Mendes (PV) não votou.

Nenhum comentário: