14 de ago de 2015

Ministério Público quer acabar com farras em postos de gasolina e lojas de conveniência vão fechar à meia-noite

O Ministério Público Estadual apresentou ao Sindicato dos Distribuidores de Combustíveis (Sidcombustíveis) proposta para isolamento das lojas de conveniência e dos estacionamentos em postos, a partir de meia-noite. Segundo o promotor de Justiça José Cláudio Cabral Marques, o objetivo é combater a violência e a "desordem urbana", já que nestes locais há uma grande concentração de pessoas fazendo farras com bebida alcoólica a noite inteira, pondo em risco os demais clientes e até mesmo os funcionários dos postos, bem como tirando o sossego da vizinhança.

Cabral Marques diz que o comércio de bebidas alcoólicas, em lojas de conveniências de postos é permitido, porém o consumo não, e para que haja um maior controle do que diz a lei a sua sugestão seria a retirada das mesas e cadeiras desses estabelecimentos e fechá-los a partir da meia-noite, bem como isolar a área de estacionamento, deixando livre apenas o comércio de combustíveis. De acordo com o promotor, há imagens de pessoas fumando nas proximidades das bombas, gente dançando em cima de veículos e uma série de outros comportamentos que põem em risco a vida das pessoas. Além disso, há aqueles que vão a esses lugares apenas para observar o comportamento de frentistas e balconistas para depois assaltá-los. As concentrações se dão, principalmente, nos fins de semana, pois nestes locais muitos jovens se reúnem para beber antes de seguir para outras festas, shows etc ou então vão encerrar suas noitadas.

Nenhum comentário: