11 de ago de 2015

Para Adriano Sarney, Tegram contempla plano logístico traçado pelo seu avô, Zé Sarney, para o Porto do Itaqui

Ao destacar em pronunciamento nesta terça-feira (11), na Assembleia Legisativa, a inauguração do Terminal de Grãos do Maranhão (Tegram), o deputado estadual Adriano Sarney (PV) disse que essa obra, que é um empreendimento da iniciativa privada, integra todo o sistema logístico idealizado pelo seu avô, o ex-senador José Sarney, quando idealizou o Porto do Itaqui.

“Ontem (segunda-feira) foi inaugurado o Tegram, um investimento da iniciativa privada com ajuda do Governo Federal, que teve um belo pontapé e incentivo da ex-governadora Roseana Sarney. Foi inaugurado pela presidente Dilma, junto com o governador Flávio Dino, e faz parte de todo esse conjunto logístico idealizado por José Sarney”, disse. O deputado Adriano Sarney também elencou em seu discurso os inúmeros benefícios que o terminal trará para o estado, por ser um grande projeto de desenvolvimento do Maranhão.

“O Tegram vai conseguir armazenar um total de cinco milhões de toneladas de grãos. Grãos que não vão vir apenas do Maranhão, mas de todo o Centro-Sul do nosso país. Vai desafogar portos como o Porto de Santos, o Porto de Santa Catarina e outros grandes portos do nosso estado, reduzindo, assim, o custo-Brasil. Ampliando, assim, a nossa competitividade, a nossa força como estado e também como país”, completou.

Nenhum comentário: