12 de set de 2015

Agência rebaixa notas de 13 bancos brasileiros, dentre eles Caixa, BB, Bradesco, Itaú e Santander

GIRO ECONÔMICO

Após rebaixar a nota de crédito do Brasil e de 31 empresas, a agência de classificação de risco Standard & Poor's (S&P) comunicou a redução do rating de 13 instituições financeiras, entre as quais os principais bancos públicos do país. Perderam o grau de investimento a Caixa Econômica Federal, o Banco do Brasil e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). As notas dessas instituições foram reduzidas de BBB- para BB+, com perspectiva negativa. No comunicado divulgado sobre o rebaixamento da nota do Brasil, a S&P afirma que a proposta orçamentária para 2016, prevendo déficit em vez do superátiv primário de 0,7% do Produto Interno Bruto (PIB), contribuiu para a decisão. De acordo com a agência, a proposta orçamentária com déficit “reflete desacordo sobre a composição e magnitude das medidas necessárias para reparação da derrapagem das finanças públicas”.

Os com notas diminuídas são Banco Safra, Bradesco, Citibank, Itaú, BTG Pactual, Santander, Banco do Nordeste, Banco do Brasil, Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais, Caixa Econômica e Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES)

Audiência - A audiência pública agendada para este sábado, na Vila Maranhão, foi adiada pelo Instituto da Cidade (Incid), que ainda realizará mais uma, no Parque do Bom Menino, para fechar as consultas à população sobre mudanças na Lei de Uso e Ocupação do Solo Urbano e do Plano Diretor da Cidade. Marcelo do Espírito Santo, presidente do Incid, acredita que até o final do mês todas estejam realizadas e aí passarão a ser debatidas internamente, por 32 conselheiros, e depois irá à Câmara Municipal.

Mudança - A insegurança botou o Instituto da Cidade (Incid) para correr do Centro de São Luís, onde funcionava na Praça Santo Antônio. Há cerca de duas semanas, dois assaltantes, de revólver em punho, invadiram a repartição, dominaram os funcionaram e roubaram tudo o que podiam (celulares, dinheiro, relógios, joias etc) e diante desse quadro de insegurança que se criou, o presidente, Marcelo do Espírito Santo, resolveu se instalar na Rua Grande Oriente (Renascença), no prédio onde funcionou a Faculdade São Luís.

Emprego - A Faculdade Pitágoras vai promover, dia 19,o treinamento Postura e Conduta em Entrevista de Emprego, que será ministrada pela instrutora Zuleide Mohana. O objetivo é oferecer ao público uma análise crítica sobre o atual mercado de trabalho com foco em empregabilidade. 





Na solenidade em que foram comemorados os 25 anos do Código de Defesa do Consumidor, os deputados Wellington do Curso (E) e Luciano Leitoa, ladeando o presidente do Procon (que virou autarquia), Duarte Júnior


Aula - A Assembleia Legislativa e a Secretaria de Ciência de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação assinaram Termo de Cooperação Técnica para a transmissão, via TV Assembleia, das aulas presenciais do Programa Pré-Universitário (PreUNI). As aulas, em São Luís, serão ministradas no Ginásio do Centro Experimental de Ensino Médio Colégio Maranhense Marcelino Champagnat (antigo Marista), no Centro. A primeira aula, com transmissão ao vivo pela TV Assembleia, será neste domingo, a partir das 8h.

Cidadão - A Assembleia Legislativa aprovou nesta quinta-feira (03), projeto de Resolução Legislativa do deputado Júnior Verde (PRB), que concede o Título de Cidadão Maranhense ao diretor do Complexo de Comunicação da Casa, Carlos Alberto Ferreira da Silva. Natural de Caravelas (BA), ele é formado em Economia pela Pontifícia PUC de São Paulo, militou em movimentos sindicais e trabalhou, no Maranhão, na Estação Gráfica, em São Luis, e nas filiadas da Band, em Imperatriz, e do SBT, em Caxias.

Nenhum comentário: