11 de set de 2015

Insegurança na Praça Santo Antônio obriga Instituto da Cidade a se mudar para o bairro do Renascença

Se o deputado federal Waldir Maranhão (PP) tivesse feito uma pesquisa mais apurada e não confiasse tanto nas estatísticas oficiais teria evitado a veiculação desse discurso de elogios à Segurança Pública do Maranhão que está levando ao ar em seu programa de rádio e TV. Para que ele tenha uma ideia, o Instituto da Cidade (Incid), órgão da Prefeitura de São Luís, acaba de mudar-se da Praça Antônio Lobo (foto), no Centro, para o bairro do Renascença, por exigência dos servidores que estavam traumatizados com a onda da violência naquela região da cidade.

Há cerca de duas semanas, dois bandidos fortemente armados invadiram a sede do órgão, dominaram os funcionários por várias horas e roubaram tudo o que queriam: celulares, relógios, joias, dinheiro etc. Os servidores foram feitos reféns e trancados numa sala, enquanto a dupla agia para levar o que podia.

O mais surpreendente é que um diretor que estava trancado em seu gabinete, sem saber o que se passava com seus auxilaires, ainda chegou a ser alertado pelo celular, por uma funcionária feita refém, e imediatamente acionou o 190 pedindo socorro à Polícia Militar. Até hoje aguarda pela chegada de uma viatura. Diante desta situação, desde a semana passada o Incid está sem funcionar porque ainda estão providenciando a mudança para a Rua Grande Oriente (Renascença), onde vai se instalar no prédio em que funcionou a Faculdade São Luís.

Nenhum comentário: