5 de set de 2015

Valéria Lauande vira alvo de maldades daqueles que não querem uma mulher no comando da OAB-MA

A advogada Valéria Launde, candidata a presidente da seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MA), ao que tudo indica, vai atravessar a campanha sendo alvo de maldades de blogueiros e outros metidos a comunicadores influenciados por seus adversários e outros que não simpatizam com a ideia de ver a Ordem sendo comandada, pela primeira vez, por uma mulher.

A nova investida contra ela é por conta da utilização da palavra "mais" em seu slogan de campanha, pois estariam associando aos programas do Governo Flávio Dino: Mais Saúde, Mais Cultura, Mais Agricultura etc, ou seja, é como se o governador fosse o dono do vocábulo.

A investida maldosas se justifica apenas por um fato: no Maranhão tudo transpira política. No governo de Roseana Sarney era praticamente impossível alguém usar a palavra "viva" sem receber o carimbo de roseanista, por causa do Viva Saúde, Viva Educação, Viva Cultura etc, como se somente ela e seus simpatizantes pudessem usar a palavra. Nem mesmo "Viva São João" alguém podia dizer sem ser taxado de aliado da governadora. Quanta idiotice!

Vale recordar que nas campanhas passadas na OAB nunca faltaram argumentos para os plantadores de maldades. Na primeira campanha de Mário Macieira, por exemplo, os adversários semeavam para serem colhidas as insinuações de que levaria a OAB para o colo do governo por ser primo de Roseana Sarney. Nada disso ocorreu. Na segunda campanha, para a reeleição, diziam que botaria a Ordem nos braços de Flávio Dino, por ter sido seu sócio num escritório de advocacia, antes do governador ter passado no concurso para juiz federal. Também não se confirmou.

Valéria Lauande que se prepare, pois muitas maldades vão surgir, mas o tempo dirá que a maldade nem sempre impera.

2 comentários:

Anônimo disse...

Valéria Lauande é de longe a melhor candidata, tem mais de 20 anos de advocacia, formada pela UFMA, com Mestrado pela UFPE, professora por mais de 10 anos, tem conduta ilibada em todos aspectos morais e profissionais.
A outra chapa é composta por jovens recém formados em faculdades de segunda linha e um grupo mais velho de advogados capazes de absolutamente tudo !
Não há comparação.

Anônimo disse...

E não é verdade??? Ela era apoiada por Flávio Dino mesmo. Agora aguenta a chacota. E outra, esse negócio de discriminação de gênero não tem nada haver. O Tiago Diaz ganhou por ser a esperança por uma OABMA mais eficiente e atuante.