29 de dez de 2015

Especulações sobre provável saída de Delma Andrade da Setur deixam o trade turístico em estado de euforia

Parece que é mais torcida do que propriamente informação confiável, mas o trade turístico entrou em estado de euforia nesta reta final do ano com as informações que passaram a circular nos últimos dias dando conta de que a secretária de Turismo, Delma Andrade (foto), integra o time dos que não vão emplacar 2016 com a reforma a ser anunciada em janeiro pelo governador Flávio Dino (PCdoB).

Um dos nomes mais cotados para ocupar o cargo seria militante da política empresarial do setor, bem relacionado com os empresários e profundo conhecedor das carências do turismo local, portanto pronto para apontar as melhores soluções.

Profissional de carreira da Embratur, Delma Andrade, desde que assumiu a Setur, não conseguiu apresentar um plano convincente aos empresários do setor e foi neste ano que o Maranhão amargou os piores desempenhos em transporte aéreo, ocupação em hotelaria e outros indicadores que servem para se medir o desempenho turístico do estado.

Internamente, comprou brigas com servidores da Setur, chegou a ser denunciada numa delegacia de polícia por funcionário que teriam sido maltratados por ela. A secretária optou por trazer uma equipe de fora, e isto faz com que mantenha uma distância do meio. Apesar de todas as queixas, é um dos nomes mais defendidos por Flávio Dino, o que não o impediria de fazer a mudança, já que a aposta não teria dado resultado desejado.

Nenhum comentário: