8 de dez de 2015

Ministro do Supremo suspende comissão especial do impeachment eleita nesta terça pela Câmara Federal

Horas depois da oposição comemorar a aprovação da Comissão Especial do Impeachment, nesta terça-feira (08), o ministro  Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, suspendeu, em decisão monocrática, sua formação e instalação.

Fachin suspendeu o funcionamento da comissão até a próxima quarta-feira (16) e pediu esclarecimentos ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). No dia 16, o plenário do Supremo analisará a ação de descumprimento de preceito fundamental protocolada pelo PCdoB em defesa de Dilma.
(Com dados da Veja)

Nenhum comentário: