25 de dez de 2015

Maranhão registrou este ano 41 incêndios em terras de índios Araribóia, Cana Brava, Porquinhos e Bacurizinho

O Maranhão registrou cerca de 41 mil focos de incêndio, em 2015, somente em terras indígenas. O Estado possui 21 áreas consideradas Indígenas, distribuídas em 30 municípios.

As áreas com maiores registros de queimadas no Estado foram as aldeias Araribóia, Cana Brava, Porquinhos e Bacurizinho. Também houve ocorrências nas terras Morro Branco e Kanela.

Em todo o país, o Instituto de Pesquisas Especiais registrou 228 mil focos de queimadas. Segundo o Instituto /nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), eles são provocados sobretudo pela ausência de chuvas e secas constantes.

No Maranhão, além desses aspectos, os excessos de roças de toco, os tipos de técnica de queimada na colheita da cana, além da identificação de pontos de desmatamento ilegal, colaboraram para os incêndios.
(Agência Brasil)

Nenhum comentário: