6 de fev de 2016

Empresas descumprem acordo com rodoviários e não pagam os salários de janeiro, apenas vale de R$ 100

Apesar do acordo firmado sexta-feira com a diretoria do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão, algumas empresas não efetuaram o pagamentos dos salários de motoristas, cobradores e fiscais, o que pode provocar a suspensão, pelo menos parcial do transporte coletivo em São Luís.

Na garagem da 1001 Expresso, houve o descontentamento geral, já que a empresa depositou os salários de apenas 10% dos funcionários. Em outras empresas, foram destinados a categoria vales com valores variáveis de R$ 100,00 e R$ 200,00. 

O presidente do Sindicato dos Rodoviários, Isaias Castelo Branco, está pessoalmente acompanhando toda essa situação. “Ontem nos reunimos com o SET e durante esse encontro, acordamos uma coisa e neste sábado somos surpreendidos, com empresários adotando postura completamente diferente. Não vamos permitir que a categoria seja desrespeitada, diante da negativa do pagamento dos salários. Vamos continuar pressionando, para que esse acordo seja devidamente cumprido. Se o dinheiro não cair na conta dos trabalhadores, não teremos outra alternativa, motoristas, cobradores e fiscais dessas empresas, cruzarão os braços”.

Relação das empresas que até agora não efetuaram o pagamento de salários dos trabalhadores:
  • Gonçalves
  • Moraújo
  • Transpremium
  • 1001 Expresso
  • Expresso Solemar

Nenhum comentário: