19 de fev de 2016

Toyota apresenta nova geração da SW4, líder no segmento de SUV´s ao mercado brasileiro

GIRO ECONÔMICO

A Toyota do Brasil, que em São Luís é representada pelo Grupo Páteo, lançou a versão 2016 da SW4, líder no segmento de SUV’s médios no mercado nacional há quatro anos. Desde sua chegada ao País, em 1998, e, principalmente, depois da revolucionária geração de 2005, a SW4 conquistou clientes fiéis, que reconheceram seu pioneirismo, ao combinar característica de uso misto, sem perder sua vocação off-road, e a força da marca Toyota no segmento.Com identidade própria, a nova SW4 é a representação exata de um verdadeiro SUV, destacada pelodesign externo e interno reestilizados, mais conforto, equipamentos, motor e transmissão inéditos, além de completo sistema de segurança. A capacidade off-road, uma de suas marcas registradas, também foi aprimorada.

O modelo, produzido na planta de Zárate, Argentina, chega à rede de distribuidores em todo o Brasil a partir de 18 de fevereiro.

Auvepar - O empresário Carlos Gaspar, que é concessionário da montadora coreana Kia, pela Auvepar, está aumentando seu portfólio no setor automotivo com a aquisição de mais duas representações de marcas orientais, as chinesas Chery e Lifan, que vão funcionar num mesmo endereço, na Avenida dos Holandeses (Calhau), próximo à nova sede da Federação do Comércio. Os modelos dessas marcas têm preço de mercado igual ao praticado pelas montadoras nacionais, apesar de contar com mais itens de fábrica.

Economia - A atividade econômica em 2015 apresentou o pior desempenho já registrado pelo Banco Central. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) teve queda de 4,08% no ano passado, o pior resultado da série histórica, que teve início em 2003. O segundo pior resultado ocorreu em 2009, período de crise econômica mundial, quando houve retração de 1,71%. Em 2014, comparado com o ano anterior, a queda ficou em 0,15%, de acordo com dados revisados divulgados nesta quinta-feira (18) pelo BC.






O presidente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-China (CCIBC), Charles Andrew Tang, com o presidente da Fiema, Edilson Baldez, que dia 25 promovem mais uma edição do Maranhão for Business



Rua Grande - O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) ainda não conseguiu reunir todas as licenças – Corpo de Bombeiros, Secretaria de Meio Ambiente, Crea etc -para que possa autorizar o início das obras de recuperação e modernização da Rua Grande, principal via de comércio em São Luís. O superintendente do órgão, Alfredo Costa, informou que espera estar com estes documentos em mão até a próxima semana, porém o mais provável é que as obras sejam iniciadas somente em março. 

Prefeito - O empresário Ednaldo Alves Lima, o Dino Alves, que teve nos três primeiros meses da atual gestão em Santa Inês participação tímida, não sendo sequer mencionado no site oficial da Prefeitura, apesar de ser vice-prefeito, é quem está agora à frente da administração municipal. Ontem, o presidente da Câmara Municipal, Orlando Mendes, cumpriu decisão judicial para afastar Ribamar Alves (PSB) e empossou seu substituto, o que deveria ter sido feito segunda-feira (15), quando concedeu licença ao titular.

Nenhum comentário: