19 de mar de 2016

Confederação Nacional da Indústria lança manifesto de preocupação com a crise política do país

GIRO ECONÔMICO

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) e as federações das indústrias nos estados divulgaram nesta quinta-feira (17) nota na qual manifestam "extrema preocupação" com o "agravamento da crise política e econômica que o Brasil atravessa". De acordo com a nota, os empresários, assim como todos os brasileiros, "estão perplexos diante da grave deterioração do cenário político", que submete o país a uma situação sem precedentes em sua história recente. Segundo os empresários, o caos em que mergulhou a política nacional gera um quadro de profundas incertezas, que piora as perspectivas da economia, já abalada pela mais séria recessão dos últimos 25 anos. De acordo com eles, "o país vem sendo duramente prejudicado pela paralisia decisória que o afastou do caminho do crescimento, provocando o aumento do desemprego, a elevação da inflação e o fechamento de empresas".

A nota diz também que a indústria nacional não pode aceitar que disputas e desavenças políticas se sobreponham aos interesses maiores da nação.

Saúde - Com capacidade para atender cerca de 220 mil pessoas, por mês, foi inaugurado, em Barra do Corda, o Centro de Especialidades Médicas (CEM), cuja gestão financeira é de responsabilidade do Instituto de Desenvolvimento e Apoio a Cidadania (IDAC), órgão que é referência na gestão de finanças em hospitais públicos do Maranhão. O Centro oferece consultas clínicas em diversas especialidades médicas, assistência multidisciplinar e serviços de apoio diagnóstico e terapêutico.

Reclamadas - No ranking das empresas mais reclamadas em 2015, divulgado pelo Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor do Maranhão (Procon-MA), a Oi (telefonia fixa e móvel) e a Companhia de Saneamento Ambiental (Caema) encabeçam a lista. A divulgação dos dados ocorreu durante a II Semana de Prevenção e Combate ao Superendividamento no Rio Anil Shopping, em São Luís. O ranking é resultado da consolidação das reclamações fundamentadas pelo Procon. 







Levi Pontes, Fábio Braga, Ricardo Rios e Simplício Araújo fortalecem no Maranhão o Solidariedade, um dos partidos que mais trabalham pelo impeachment da presidente Dilma


Solidariedade
- O secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo, que preside no estado o Solidariedade, partido fundado pelo líder sindical Paulinho da Força e que é um dos que mais trabalham pela deposição da presidente Dilma, fortaleceu a legenda com as filiações de três deputados estaduais: Fábio Braga (ex-PTdoB), Levi Pontes (ex-SD) e Ricardo Rios (ex-PEN). De acordo com os novos filiados, o fortalecimento da legenda contrária a Dilma foi avalizada pelo governador Flávio Dino.

Turismo - A Secretaria Municipal de Turismo (Setur) capacitou recepcionistas da hotelaria e policiais militares da Companhia de Policiamento Turístico (Cptur) com o objetivo de melhorar a prestação dos serviços ofertados aos turistas. Os participantes receberam treinamento nas áreas de Excelência na Prestação dos Serviços, Informações Turísticas e Atrativos Históricos e Culturais. A primeira etapa foi realizada com participação dos hotéis e pousadas das regiões Centro Histórico e São Francisco.

Nenhum comentário: