31 de mar. de 2016

Dos 351 prisioneiros liberados para passar a Páscoa em casa, 51 não retornaram, conforme nota da Sejap

Dos 351 detentos beneficiados com a saída temporária no período de Páscoa, que efetivamente deixaram o sistema prisional e delegacias, dia 23 deste mês, 304 retornaram às suas respectivas unidades prisionais, ou seja, 47 não cumpriram o prazo de retorno para às 18h da última terça-feira (29), determinado pela juíza da 1ª Vara de Execuções Penais (VEP), Ana Maria Almeida Vieira, por meio da Portaria 008/2016, que prevê pena de regressão de regime para quem a descumpriu.

A confirmação foi dada pela Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária (Sejag), em nota distribuída nesta quarta-feira (30).

Vale destacar que a portaria da juíza juíza Ana Maria Almeida Vieira previa a saída de 362 detentos, 15 foram impedidos de deixar os cárceres porque havia contra eles novas prisões judiciais, ou seja, 347 poderiam sair, mas de acordo com a Sejap acabaram sendo beneficiados 351, não se sabe por quê.


Nenhum comentário: