23 de mar de 2016

Dos 362 presos autorizados pela Justiça para passar Páscoa em casa, 15 têm novos pedidos de prisão

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Sejap) informa que dos 362 detentos beneficiados com a saída temporária de Páscoa, concedida pela Justiça, na manhã desta quarta-feira (23), 347 saíram efetivamente, já que 15 foram impedidos por haver novas ordens de prisões judiciais.

O retorno dos internos ao sistema prisional deverá ocorrer até às 18h de terça-feira (29), prazo este determinado pela juíza da 1ª Vara de Execuções Penais (VEP), Ana Maria Almeida Vieira, por meio daPortaria 008/2016, que prevê pena de regressão de regime, para os internos que descumpri-la.

A juíza Ana Maria Almeida Vieira (foto), titular da 1ª Vara de Execuções Penais de São Luís, divulgou a portaria nesta terça-feira (22) e enviou cópias da portaria para a Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária, Secretaria de Estado de Segurança Pública, Superintendência da Polícia Federal, Superintendência da Polícia Rodoviária Federal, e direção dos estabelecimentos penais da Comarca da Ilha de São Luís.


Nenhum comentário: