11 de mar de 2016

Iphan ainda depende de licença da Secretaria Municipal de Urbanismo para iniciar reforma da Rua Grande

GIRO ECONÔMICO

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) está dependendo de apenas uma licença, a da Secretaria Municipal de Urbanismo, para dar autorização das obras de reforma da Rua Grande, que deveriam ter começado em fevereiro. A informação é do superintendente, Alfredo Costa, que acredita, até o final do mês, estar de posse dessa licença. Ele diz que já foram expedidas as licenças das companhias de Água e Saneamento (Caema) e da Energética do Maranhão (Cemar), não havendo, segundo ele, necessidade, por enquanto, das autorizações do Corpo de Bombeiros, Conselho de Engenharia (CREA) e das secretarias, tanto estadual quanto municipal, de Meio Ambiente.

Caso receba a licença da Secretaria de Urbanismo até o final de março, Alfredo Costa acredita que será possível interditar, ainda em abril, a primeira quadra para execução das obras.

Exportação - Na próxima Sexta-feira (18), o Centro Internacional de Negócios (CIN) da Federação das Indústrias (Fiema) realizará o curso de Planejamento Estratégico para Exportação, voltado para micro, pequenos e médios empresários interessados em iniciar processo de internacionalização. A iniciativa faz parte do Projeto Inserção Internacional Competitiva de Pequenos Negócios (Inseri), mantido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e o Sebrae Nacional com foco na internacionalização das empresas.

Litorânea - Comerciantes da Avenida Litorânea, principalmente proprietários de restaurantes, bares e outros estabelecimentos voltados para o lazer, estão apreensivos com as movimentações do próximo domingo, pois simpatizantes e opositores da presidente Dilma decidiram marcar para o mesmo local atos de protestos contra e a favor do seu impeachment. Os riscos de um confronto por esta insensatez política afastam clientes e põem sob ameaça o patrimônio desses empresários.

Arroz - Os números divulgados nesta quinta-feira pela Conab (leia reportagem ao lado) apontam que o Maranhão, de terceiro, caiu para quinto maior produtor de arroz, estando atrás de Mato Grosso, Tocantins, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.







O deputado Fábio Braga (PTdoB) mediou reunião entre o secretário da Saúde, Marcos Pacheco (C), e o prefeito de Presidente Juscelino, Afonso Celso (D), para debaterem ações contra o aedes aegypti



Cheque - Ex-deputado federal, ex-prefeito de Coelho Neto e ex-proprietário da Rádio e TV Difusora, Magno Bacelar teve seus direitos políticos suspensos, pelo Tribunal de Justiça, por três por causa da emissão de um cheque sem fundos no valor de R$ 910, quando exercia cargo de prefeito. Para o desembargador Paulo Velten, relator do processo, a conduta de um gestor que age dessa forma viola deveres de honestidade, moralidade, legalidade e lealdade à pessoa jurídica da qual era mandatário.

Aviação - A Secretaria de Aviação Civil (SAC) elegeu as companhias aéreas Azul e Gol as mais eficientes em dois quesitos aplicados na pesquisa para o Prêmio Aeroporto + Brasil. A primeira, pela agilidade nos serviços de check-in (menos tempo de espera nos balcões), e a segunda, pela rapidez na devolução de bagagens (menos tempo nas esteiras). Na mesma premiação, o Aeroporto Afonso Pena, de Curitiba (PR), foi eleito o melhor do Brasil, pela eficiência em devolução de bagagem, cordialidade e serviços de Raio X.

Nenhum comentário: