3 de abr de 2016

Associação dos Criadores do Maranhão está a procura de um novo presidente para suceder Assub Neto

GIRO ECONÔMICO

Encerra-se dia 18 o mandato de José Assub Neto na presidência da Associação dos Criadores do Maranhão (Ascem) e a entidade está a procura de um nome para comandar a entidade, já que o atual não pretende concorrer à reeleição, e algumas sugestões começam a brotar no meio agropecuarista, independentemente dos acordos internos para formação da nova diretoria. 

Dentre as sugestões, destacam-se o ex-presidente Cláudio Azevedo (na foto, à esquerda, com o atual presidente), que foi secretário de Agricultura no governo passado e é vice-presidente da Federação das Indústrias(Fiema); Talib Naufel Neto, que preside o núcleo de equinos da Ascem; Raimundo Gaspar, que, além de criador, é diretor da Federação das Indústrias (Fiema) e já presidiu a Associação Maranhense de Supermercados (Amasp); e Eron Simões, médico e pecuarista, além de vereador (suplente) de São Luís.

A Ascem é a responsável pelo maior evento de mercado no setor rural, a Exposição Agropecuária do Maranhão (Expoema), que se realiza todos os anos em setembro.

Equinos - Talib Naufel Neto promove dia 25 deste mês (uma segunda-feira), o Leilão Virtual Haras São Luís, voltado para comercialização de equinos da raça Quarto de Milha, e que terá transmissão para todo o Brasil pelo canal Terra Viva, emissora pertencente ao Grupo Bandeirantes, que pode ser sintonizada pela parabólica, Sky, Oi e Claro. Apesar da transmissão pela TV, os organizadores vão reunir criadores e outros interessados no Parque Independência, a partir das 19h, de onde poderão apresentar seus lances.

Agrobalsas - Um dos maiores eventos de mercado no setor agropecuário, a Agrobalsas, realizada anualmente no município de Balsas, no sul do estado, está em dificuldades para ser montada este ano. Tradicionalmente realizada em maio, já foi adiada para junho, mas, mesmo assim, há problemas na captação de patrocinadores e reunião de expositores de peso, já que o cenário agrícola maranhense não é dos melhores com uma projeção de queda de 13% na colheita de grãos, com forte reflexo na produção de soja.

Via Expressa - Anuncia-se para julho a transformação da Via Expressa numa avenida comum, pois o Governo do Estado está mesmo decidido a criar uma alça para sua ligação com o bairro Maranhão Novo, a altura do Shopping da Ilha, ou seja, passará a ser uma via congestionada. Avante!




Nas solenidades que se realizam em São Luís é sempre assim: convidados assistem apenas a um batalhão de fotógrafos e cinegrafistas no momento de premiação, como atesta este registro na entrega do Prêmio Prefeito Empreendedor, quinta-feira (31)



Municípios - Os municípios vão contar com mais intensidade da assessoria de um órgão que é apontado como o melhor parceiro dos empresários, o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Segundo o presidente do conselho deliberativo do órgão no Maranhão, Edilson Baldez, na última reunião dos presidentes de Condel, semana passada, ficou determinado que 27% do orçamento do órgão devem ser destinados a ações para ajudar os municípios a melhorarem suas gestões.

Automóveis - Teresina fechou março com um volume de vendas de veículos bem acima do registrado em São Luís, segundo dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). De acordo com a estatística, a capital piauiense vendeu 1.270 automóveis contra 1.083 da capital maranhense; os comerciais leves foram 328 contra 152. No total, com a soma também de ônibus, caminhões e motocicletas, foram 2.566 emplacamentos em Teresina contra 1.971 em São Luís.

Nenhum comentário: