15 de abr de 2016

Conab diz que produção de cana-de-açúcar no Maranhão vai cair 7,2% na safra deste ano em comparação a 2015


GIRO ECONÔMICO

Não é apenas na produção de grãos que a produção agrícola no Maranhão vai mal, pois o levantamento sobre a safra 2015/16 de cana-de-açúcar, divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) nesta quinta-feira (14), aponta para uma queda de 7,2%. De acordo com o estudo, serão colhidas este ano 2,279 milhões de toneladas contra 2,455 milhões da safra anterior. A queda se dá apesar de um ligeiro aumento na área plantada, pois em 2015 foram destinados para o plantio 40,3 mil hectares e agora 2016 foram 40,4 mil hectares, o que resulta numa variação positiva de 0,4%, mas o problema foi verificado na produtividade, porque de 60.921 quilos por hectare obtidos na safra passada este ano estão sendo 56.355 quilos por hectare, isto é, uma retração de 7,5%

De acordo com a Conab, da produção maranhense serão fabricação 12,5 mil toneladas de açúcar e 172 milhos de litros de etanol, sendo 142,8 milhões de anidro e 29,184 milhões de hidratado.

Exposições  - O Governo do Estado trabalha para destravar a transferência dos recursos prometidos para as exposições agropecuárias do ano passado, que até o momento não chegaram aos cofres das instituições organizadoras desses eventos. Ainda estariam esperando pela grana as exposições Agrobalsas (Balsas), Expofran (Porto Franca), Expoagra (Grajaú), Expoimp (Imperatriz) e Expoema (São Luís). Sem o pagamento do patrocínio de 2015, as versões deste ano podem ficar comprometidas por falta de recursos.

Rodovia - A Secretaria Estadual da Infraestrutura vai corrigir uma das maiores barbeiragens de engenharia já identificadas no Maranhão: o prosseguimento da Avenida dos Holandeses (Transmetropolitana), onde as pistas de rolamento cabem mal dois automóveis e são divididas por um enorme canteiro, que agora será estreitada para ceder lugar à passagem dos veículos. Ainda como parte da retomada das obras, o elevado na bifurcação das rodovias que vão para Raposa e Paço do Lumiar está sendo continuado.

Impeachment - A Confederação Nacional do Transporte (CNT) declarou o apoio ao impeachment de Dilma Rousseff, dentre outras razões, “incapacidade da presidente e do seu governo em solucionar a grave crise econômica que assola o país, com reflexos danosos ao setor transportador.”

Na homenagem ao médico Salomão Rocha, pelo Rotary Club São Luís - Praia Grande, de quem recebeu a medalha Acyr Marques, Pedro Ivo Viana, a presidente Aracelis Ribeiro, Fabiola com o pai condecorado, o promotor Carlos Augusto e genro Marcelo Brasil (Potiguar)
Duplicação - As obras de duplicação da BR 135, entre São Luís e Bacabeira, devem ser retomadas na próxima semana, pois as equipes do consórcio construtor já estão no trecho retirando o entulho e realizando a limpeza da área, segunda informação do diretor de infraestrutura rodoviária do DNIT, Luiz Antônio Ehret Garcia. “Vamos fiscalizar para que o cronograma de conclusão dos trabalhos seja cumprido, pois essa obra é muito importante para o desenvolvimento do Maranhão e do Brasil”, promete. 

Reciclagem - A VLI, empresa especializada em operações logísticas que integram terminais, ferrovias e portos, firmou parceria com a Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Imperatriz (Ascamari), vinculada à instituição religiosa Caritas Brasileira, para incentivar o processo de coleta seletiva no corredor logístico Centro-Norte, por meio de programa Atitude Ambiental, direcionado à preservação do meio ambiente. O primeiro posto de entrega de resíduos foi instalado no pátio da Ferrovia Norte Sul, em Imperatriz.

Nenhum comentário: