23 de abr de 2016

Feirão da Casa Própria da Caixa Econômica Federal será realizado pela primeira vez em São Luís no mês de junho

GIRO ECONÔMICO

A Caixa Econômica Federal promove, de 29 de abril a 19 de junho, a 12ª edição do Feirão da Casa Própria, que em São Luis, agora integrante do calendário oficial, será realizado de 10 a 12 de junho. O evento começa pelo Rio de Janeiro, de 29 de abril e 1º de maio (Dia do Trabalho), e em seguida serão realizados, de 13 a 15 de maio, os de Belém (PA), Brasília (DF) e Curitiba (PR). De 20 a 22 de maio, serão os de Porto Alegre (RS) e Recife (PE) e após o feriado de Corpus Christi (26), de 27 a 29 de maio, Florianópolis (SC) e Uberlândia (MG) recebem o evento. No período de 03 a 05 de junho, será a vez de Belo Horizonte (MG), Fortaleza (CE) e São Paulo (SP). Para encerrar, de 17 a 19 de junho, será realizado o de Salvador (BA).

O Feirão conta com mais de 1.153 parceiros: cerca de 579 construtoras, 338 correspondentes imobiliários e 236 imobiliárias e serão 711 empreendimentos novos em oferta nas 14 cidades onde será realizado. 

Reforma - O governo do estado fez uma pintura na fachada do Centro de Ensino Professor Paulo Freire, em Afonso Cunha, só para tirar o nome do ex-deputado Magno Bacelar, mas esqueceu de melhorar suas instalações, por isto o deputado Fábio Braga (SD) protocolou indicação na Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, solicitando ao secretário estadual de Educação, Felipe Camarão, providências para uma reforma completa a fim de que os alunos passem a se sentir numa escola digna.

Norte-Sul - Dezenas de colaboradores da VLI, acompanhados dos seus funcionários, participaram, em Imperatriz, da primeira edição deste ano do programa Braços Abertos, e puderam conhecer suas instalações na Ferrovia Norte-Sul. A VLI é uma empresa especializada em operações logísticas que integram terminais, ferrovias e portos, responsável por alavancar o crescimento do corredor logístico Centro-Norte, uma importante fronteira de produção agrícola, que engloba os estados do Tocantins e Maranhão. 

Internet - Pode ser mera especulação, mas a insistência das operadoras de internet em querer limitar o uso desse serviço tem a ver com a outra ponta dos seus negócios: TV paga. Todas elas sentem o peso da concorrência das emissoras que podem ser sintonizadas em computador.










A marchand Silvânia Tamer recebeu a visita do deputado Vinícius Louro à exposição Sob Olhares, que ela coordenou na Assembleia Legislativa do Estado



Balcão - Já estão disponíveis no site da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) os novos procedimentos para o Programa Vendas em Balcão. As novas regras facilitam acesso de criadores e agroindústrias de pequeno porte ao programa, mas tornam o controle mais rigoroso. Os interessados que ainda não possuírem Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) podem ser contemplados, desde que atendam os critérios de ser proprietário da terra que explora e não possuir renda acima de R$ 360 mil. 

Paralisação - João Pedro Stédile, que preside a organização clandestina mais famosa do Brasil, o Movimento dos Trabalhadores sem Terra (MST), ameaça uma paralisação nacional, antes mesmo de encerrado o julgamento do impeachment da presidente Dilma no Senado, para desde já inviabilizar um eventual governo de Michel Temer (PMDB). Colocando-se acima dos poderes Legislativo e Judiciário, Stédile não aceita um governo patrocinado pela burguesia, portanto vai decidir o que deve ou não funcionar no país.

Nenhum comentário: