30 de abr de 2016

Hotel não suporta baixa movimentação de turistas em São Luís e fecha as portas às vésperas das festas de São João

No instante em que o Governo do Estado anuncia a reativação do Conselho Estadual de Turismo, que ficou mais de um ano inoperante, por razões nunca justificadas, o setor de hotelaria mostra sua fragilidade com a falta de uma política clara de incentivo ao turismo: o BHG Tulip Inn Bellagio, localizado na Ponta d´Areia, bateu as portas.

O hotel, que nasceu com a concepção do bom, bonito e barato, não suportou a falta de hóspedes e decidiu sair do mercado às vésperas da alta temporada, que se dá com as festas de São João.

Quando assumiu o Governo do Estado, em 2015, o governador Flávio Dino (PCdoB), que era presidente do Instituto Brasileiro do Turismo (Embratur), na promessa de fazer uma das mais ousadas políticas de incentivo ao setor, trouxe para o Maranhão a técnica Delma Andrade, funcionária da Embratur, que andou metendo os pés pelas mãos, quando criticou o que até então vinha sendo feito, prometeu botar o Maranhão na vitrine do turismo mundial, atrair companhias aéreas, porém teve de ser afastada do cargo, pois o Maranhão em nada avançou com ela. Em seu lugar agora está Diogo Galdino. É torcer!

Para a crise não avançar, as entidades que representam o trade turístico - Abav, ABIH, Sehama, Sindtur, Convention Bureau etc - precisam de uma ação forte junto ao poder público. Do contrário...

Nenhum comentário: