23 de abr de 2016

São Luís foi o município que registrou maior número de empregos perdidos no mês março, segundo Caged

São Luís foi o município que mais contribuiu para o alto índice de empregos perdidos no Maranhão no mês de março.

De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Demitidos (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho e Previdência nesta sexta-feira (22), dos mais de 2,3 mil postos de trabalho desativados, São Luís contribuiu com 2.038, resultado de 5 mil 813 admissões contra 7 mil 851 demissões.

Na sequência aparecem os seguintes municípios:
  • São José de Ribamar, -309 
  • Balsas, - 183 
  • Açailândia, -183
  • Santa Inês, - 100
  • Vitória do Mearim, - 67
  • Caxias, -45
  • Itapecuru-Mirim, -44
  • Timon, -35
  • Buriticupu, -28.
Na outra ponta, entre os municípios que conseguiram preservar empregos, na lista dos dez mais, Imperatriz aparece em primeiro lugar, com saldo positivo de 966. 

Em seguida aparecem os seguintes municípios:
  • Codó, 24
  • Coroatá, 12
  • Amarante do Maranhão, 07
  • Bom Jardim, 07
  • Pedreiras, 05
  • Santa Rita, 05
  • Arame, 03
  • Cururupu, 03
  • Santa Helena, 03.

Quanto aos setores produtivos, Construção Civil foi o que mais demitiu, -1.150, vindo, na sequencia, Agropecuária com -252; indústria de transformação (-225), comércio (-149), serviços (-103), extração mineral (-32) e serviços industriais de utilidade pública (-15). Administração Pública foi o único setor a apresentar saldo positivo: 39.


Nenhum comentário: