23 de mai de 2016

Com a cidade desprotegida e pegando fogo com ações de bandidos enlouquecidos, turismo de São Luís vira fumaça

GIRO ECONÔMICO

A onda de ataques a ônibus que fazem o transporte coletivo de São Luís, com repercussão já na mídia nacional, preocupa, e muito, os empresários de turismo, pois isto ocorre às vésperas do que é considerada alta temporada na cidade, os festejos juninos, ou seja, pode complicar para operadores de turismo e agentes de viagem tentar convencer alguém a vir para o Maranhão num clima de insegurança como este por que passa a população local. 

Falta menos de um mês para que as festividades de São João e São Pedro sejam iniciadas e a grande pergunta que fica é saber se a polícia local, com reforço da Força Nacional, terá condições de garantir segurança aos moradores e visitantes da capital maranhense.

Violência há em toda parte do mundo, mas São Luís tem um turismo tão frágil que qualquer pequeno abalo o deixa debilitado, até porque não foi feita nenhuma campanha de atração de turistas, ou seja, ninguém comprou pacotes com antecedência e quem não comprou não quer mais.

Encontro - Guias de turismo de todos os estados começaram a desembarcar em São Luís neste domingo para o 36º Congresso Brasileiro de Guias de Turismo (CBGTUR), que será realiza desta segunda-feira (23) até o próximo domingo (29). O evento, que este ano tem como tema “Cultura, Diversidade e Acessibilidade”, vai servir para que sejam debatidos atendimentos a diferentes públicos, a exemplo do público LGBT, pessoas da terceira idade, além de portadores de deficiência ou mobilidade reduzida. 

Ruralista - A visita que o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, fez ao seu colega da pasta da Agricultura, Blario Maggi, serviu para acalmar os ruralistas, que estavam temerosos com sua intransigência em algumas questões ambientais, porém o anúncio de que vai estender a prorrogação do Cadastro Ambiental Rural (CAR) aos demais produtores, e não apenas aos pequenos, serviu para mostrar que Sarney Filho não vê os investidores do agronegócio como inimigos e sim como aliados.

Prejuízo - Os lojistas localizados em shopping centers estão apavorados, pois sexta-feira e sábado seus estabelecimentos estavam às moscas, com suspensão do transporte coletivo e quem tem locomoção própria preferindo se proteger em casa a ter de cruzar com bandidos dispostos a tocar fogo na cidade.









Heliete Lago, da Agetur, mostra toda sua felicidade enquanto curte mais um passeio por um dos destinos mais desejados no Mundo, a Itália.



Cervejaria - Uma semana depois da Secretaria de Fazenda denunciar uma suposta sonegação de ICMS em indústrias de bebidas, os deputados Vinicius Louro (PR) e Edilázio Júnior (PV) acompanhados de diretores da Assembleia Legislativa visitaram, quinta-feira(19), a fábrica da Ambev no Campo Industrial de São Luís. A cervejaria foi inaugurada há 25 anos, em 1991, e é responsável pela geração de milhares de empregos diretos e indiretos e por uma das maiores arrecadações de impostos para o Estado.

Orquestra - A orquestra filarmônica mantida pela indústria FC Oliveira, sediada em Codó, criada com apoio do Serviço Social da Indústria (Sesi), órgão vinculado ao Sistema Federação das Indústrias (Fiema), será uma das atrações do Quarta Cultural que a Assembleia Legislativa realiza na próxima quarta-feira (25). A outra atração é o deputado estadual Edivaldo Holanda (PTC), que é considerado um dos maiores cantores de ópera no estado, voltado para o segmento gospel.

Nenhum comentário: