25 de mai de 2016

Falta de educação: professores tumultuam trânsito na Ponte do São Francisco em protesto contra o prefeito

Ponte do São Francisco ocupada por professores em protesto contra prefeito
Os professores da rede municipal de ensino de São Luís deram início nesta quarta-feira ao movimento de paralisação de suas atividades numa reivindicação pela melhoria na qualidade de ensino.

O primeiro ato, no entanto, foi marcado por desconforto a quem não tem nada a ver com o problema: os trabalhadores de outras categorias que se utilizam de transporte próprio ou coletivo; pessoas que estavam se deslocando entre o centro da cidade e o bairro do São Francisco para motivações diversas; e até mesmo os serviços essenciais, como de segurança e de saúde, pois viaturas e ambulâncias foram impedidas de transitar livremente pela ponte do São Francisco, ocupada que estava, esta manhã, pela marcha dos educadores, reforçada por carros de som em que eram gritadas palavras de ordem contra a administração municipal.

Trânsito tumultuado enquanto professores protestam por Educação
A marcha saiu do bairro do São Francisco até a Avenida Pedro II, onde fica a sede da administração municipal. Ali houve a concentração para que os manifestantes fizessem seus discursos e apresentassem suas exigências por melhorias no setor da Educação.

Os professores reivindicam, além de aumento de salários, melhorias nos estabelecimentos de ensino. Segundo o sindicato da categoria em pelo 12 escolas ainda não foram iniciadas as aulas por falta de infraestrutura e de segurança, já que até o momento não houve licitação para contratar empresa de vigilância, ou seja, reivindicações mais do que justas, desde que os protestam não afetem outros que também são desprotegidos do poder público.


Nenhum comentário: