22 de mai de 2016

Com a cidade em desordem, Flávio Dino joga a toalha e pede ajuda da Força Nacional para pacificar São Luís

Governador tenta passar tranquilidade para população, mas violência continua
De nada adiantou o governador Flávio Dino (PCdoB) e seu aparelho de Comunicação Social passar o dia de sábado espalhando informação de que a população de São Luís estava segura, pois no início da noite deste sábado (21), empresários e rodoviários concordaram em mais uma vez deixar a cidade sem transporte coletivo, já que as ameaças de incêndio e depredação dos veículos continuam e em alguns bairros houve até ordens para toque de recolher e o comércio suspender as atividades.

Sentindo que seu aparelho policial, apesar de mais de trinta prisões, não vai dar conta do recado, o governador Flávio Dino viu-se obrigado a pedir ajuda ao Ministério da Justiça para que a Força Nacional passe a patrulhar a cidade já a partir deste domingo. O pedido foi prontamente atendido.

O governador chegou a visitar alguns bairros, na tarde deste sábado, para pedir ajuda da população e tentar mostrar tranquilidade, porém o clima nos quatro municípios da Ilha é de apreensão e a polícia, até agora, não consegue saber de onde estão partindo essas ordens de violência, tampouco demonstra poder de controlar a cidade.

Talvez a Força Nacional resolva essa questão.

Nenhum comentário: